Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/24956
Tipo: Artigo
Título: Concentrações de citocinina e carvão ativado na micropropagação de pimenta-do-reino
Autor(es): Moura, Elisa Ferreira
Menezes, Ilmarina Campos de
Lemos, Oriel Filgueira de
Abstract: A pimenta-do-reino (Piper nigrum) tem grande importância para a economia do Norte do Brasil. A pimenta-do-reino é propagada principalmente por estaquia que, além de ser pouco eficiente, pode possibilitar a propagação da doença fusariose. Dessa forma, testes para verificar a eficiência da micropropagação são pertinentes. O objetivo do trabalho foi testar concentrações de BAP - 6-benzilaminopurina (0,5, 1,5, 3,0 e 4,5mg L-1) e a adição de carvão ativado a 0,2% ao meio de cultura na micropropagação de pimenta-do-reino. O meio de cultura foi composto de sais e vitaminas de Murashige & Skoog, 3% de sacarose e 8g L-1 de ágar. Foram utilizados como explantes ápices caulinares de plântulas da cultivar “Bragantina” germinadas in vitro. Os tratamentos foram avaliados em esquema fatorial 4x2, em delineamento inteiramente casualizado. Após 45 dias no estabelecimento, foi avaliado o número de brotos, mas não foi observada diferença significativa entre os tratamentos, considerando-se os dois fatores e a interação entre eles. Após 45 dias no primeiro subcultivo, foram avaliados o número de brotos e de explantes (segmentos nodais). A interação entre BAP e carvão ativado teve efeito significativo para número de brotos e de explantes, sendo que o carvão influenciou o efeito das concentrações de BAP. A concentração de 0,5mg L-1 de BAP na ausência de carvão ativado gerou maior número de brotos e de explantes. O carvão ativado não é necessário na fase de proliferação de gemas de pimenta-do-reino da cultivar “Bragantina”.
Black pepper (Piper nigrum) has great importance for the Northern Brazil’s economy. Black pepper is mainly propagated by mass propagation, which is not very efficient and may spread fusariosis. Thus, micropropagation efficiency tests are pertinent. The objective of this research paper was to test BAP - 6-benzilaminopurine concentrations (0.5, 1.5, 3.0 and 4.5mg L-1) and activated charcoal at 0.2% addition to the culture medium for black pepper’s micropropagation. Culture medium was composed of Murashige & Skoog’s salts and vitamins, 3% sucrose and 8g L-1 agar. Shoot tips from Bragantina black pepper seedlings germinated in vitro were used as explants. Treatments were evaluated in a 4x2 factorial scheme in a fully randomized design. Forty-five days after establishment, the number of shoots were evaluated, but there was no significative difference between treatments, considering the two factors and the interaction between them. Forty-five days after the first subculture, the number of shoot and explants (nodal segments) were evaluated. Interaction between BAP and activated charcoal had a significative effect on the number of shoots and explants, however, activated charcoal had an influence on BAP concentrations. The concentration of 0.5mg L-1 generated the highest number of shoots and explants. Activated charcoal is not necessary during the Bragantina black pepper shoot bud proliferation phase.
Palavras-chave: Cultura de tecidos vegetais
Piper nigrum
Planta aromática
Plant cell culture
Aromatic plant
Editor: Ciência Rural
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782008000100012
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/24956
Data do documento: Jan-2008
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdfTexto completo203,81 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.