Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/25
Tipo: Dissertação
Título: Eficiência técnica e de escala das cooperativas agropecuárias do Estado do Paraná
Título(s) alternativo(s): Technical and scale efficieny of agricultural cooperatives in state Paraná
Autor(es): Souza, Uemerson Rodrigues de
Primeiro Orientador: Braga, Marcelo José
Primeiro coorientador: Ferreira, Marco Aurélio Marques
Segundo coorientador: Lima, João Eustáquio de
Primeiro avaliador: Gomes, Marília Fernandes Maciel
Segundo avaliador: Vieira, Wilson da Cruz
Terceiro avaliador: Bressan, Aureliano Angel
Abstract: O cooperativismo agropecuário brasileiro ao longo dos anos passou por transformações que influenciaram significativamente o rumo dos negócios praticados pelas cooperativas. Cooperativas de muitos estados experimentaram mudanças em seu foco de atuação, passaram a atuar em novas bases produtivas e seguindo a tendência dos mercados direcionaram suas atividades para o processamento e comercialização de produtos agrícolas que proporcionassem maiores níveis de retorno de suas atividades. No entanto, as mudanças não ocorreram apenas em termos de foco dos negócios, mas também nos processos de produção industrial, no perfil da gestão das cooperativas e nas estratégias para se tornarem mais competitivas. Tais transformações ocorreram como resposta ao aumento da concorrência entre as empresas do agronegócio, às exigências dos mercados internacionais e da necessidade de se tornarem mais eficientes, como forma de garantir a longevidade dos negócios cooperativos. Nesses aspectos, foram selecionadas as cooperativas agropecuárias do Estado do Paraná, que a partir da forte tradição agrícola do Estado experimentaram novas experiências em termos de gestão, modernização tecnológica, crescimento de participação de mercado e também as barreiras existentes ao desenvolvimento de tais cooperativas no Brasil. Dessa forma, buscou-se analisar os níveis de eficiência técnica e de escala, além dos fatores que conferem maior eficiência a tais cooperativas. A investigação da eficiência e de seus determinantes faz-se relevante, pois as cooperativas agropecuárias no Brasil enfrentam grandes desafios em termos de financiamento de suas atividades e também pelas políticas de financiamento de seus cooperados, que de certo modo influenciam significativamente em seu desempenho operacional. Portanto, a proposta deste estudo foi identificar a relação entre eficiência e as necessidades de financiamento das cooperativas agropecuárias paranaenses, como forma de avaliar a capacidade de expansão de suas atividades e os fatores que diferenciavam as cooperativas mais eficientes. Como suporte teórico, utilizaram-se os conceitos de eficiência e de gestão financeira, os quais refletem os aspectos técnicos e financeiros das cooperativas. Foram pesquisadas 49 cooperativas agropecuárias do Estado do Paraná, amostra que representou 62% do total de cooperativas do Estado. Os dados financeiros levantados corresponderam ao período de 2006. A metodologia utilizada para mensurar a eficiência foi análise envoltória de dados (DEA) e para identificar os fatores que diferenciam as cooperativas mais eficientes foi empregada a técnica de análise discriminante. A análise foi feita de forma global e estratificada, como forma de mensurar a eficiência das cooperativas conjuntamente e também de acordo com seus respectivos tamanhos. Desse modo, a partir da análise estratificada verificou-se que as cooperativas consideradas de grande porte apresentaram maiores níveis de eficiência em relação às cooperativas menores. A segunda inferência realizada foi de que as cooperativas superutilizam suas unidades de produção, sendo necessária a realização de investimentos em sua capacidade produtiva, especificamente em termos de redimensionamento das plantas produtivas, construção de novas unidades e modernização tecnológica. Após a mensuração dos níveis de eficiência, buscou-se analisar os fatores financeiros que diferenciavam os grupos de cooperativas eficientes e não eficientes. A partir da discriminação, identificou-se que as cooperativas mais eficientes são aquelas que possuíam maior nível de capital de giro, apresentaram maior rentabilidade de suas vendas, de seus investimentos e também de seu patrimônio líquido. Além disso, as cooperativas classificadas pelo modelo como eficientes apresentaram maior necessidade de capital de giro e possuíam menores prazos para pagamento de suas obrigações. Em síntese, a realidade identificada mostrou que as cooperativas agropecuárias paranaenses avançaram em termos de maior retorno de suas operações; no entanto, estas buscaram capital de terceiros de longo prazo para financiar seus investimentos produtivos e também necessitavam de maior nível de capital de giro para financiar suas operações de curto prazo, que são caracterizadas principalmente pelo financiamento das atividades de seus cooperados. Para que as cooperativas consigam avançar de forma ainda mais significativa, é necessária a formulação de políticas de financiamento mais bem definidas (considerando o montante de capital próprio e de terceiros), manutenção de maior nível de capital de giro e o ajustamento de suas políticas de crédito ao perfil de cada cooperativa.
The Brazilian agricultural cooperatives over the years has changed that significantly influenced the course of business carried by the cooperatives. Cooperatives in many states have experienced changes in its focus of action, began to act in new production bases and markets following the trend of its activities directed to the processing and marketing of agricultural products that offered higher levels of return on their activities. However, changes occurred not only in terms of focus of business, but also in industrial production processes, the profile of the management of cooperatives and strategies to become more competitive. These changes occurred in response to increased competition between companies in the agribusiness, the requirements of international markets and the need to become more efficient in order to ensure the longevity of business cooperative. These aspects were selected agricultural cooperatives in the state of Paraná, which from the state's strong agricultural tradition, tried new experiences in terms of management, technological modernization, growth of market share and barriers to the development of such cooperatives in the Brazil. Thus, we tried to analyze the levels of technical efficiency and scale, in addition to the factors that give greater efficiency to such cooperatives. The investigation of efficiency and its determinants it is relevant, because the agricultural cooperatives in Brazil face great challenges in terms of financing its activities and policy-funding of their cooperators, to a certain extent, influence significantly in their operational performance . Therefore, the purpose of this study was to identify the relationship between efficiency and the financing needs of the agricultural cooperatives Paraná, as a measure of the capacity expansion of its activities and the factors that differentiate cooperatives more efficient. How to theoretical support using the concepts of efficiency and financial management, which reflect the technical and financial aspects of cooperatives. Were surveyed 49 agricultural cooperatives in the state of Paraná, sample that represented 62% of all cooperatives in the state. The financial data collected corresponded to the period of 2006. The methodology used to measure the efficiency is data envelopment analysis (DEA) and to identify factors that differentiate cooperatives more efficient the technique of discriminant analysis. The analysis was done on a global and stratified, as a way of measuring the efficiency of cooperatives jointly and also according to their sizes. Thus, from the stratified analysis found that the cooperatives as of large size had higher levels of efficiency for smaller cooperatives. The second inference was made that the cooperative superutilizam its production units, requiring the investment in their productive capacity, specifically in terms of reorganization of production plants, construction of new units and upgrading technology. After measuring the levels of efficiency, we tried to analyze the financial factors that differentiate the groups of efficient and inefficient cooperatives. From the breakdown, it was identified that cooperatives are more efficient those who had higher level of capital, had higher profitability of its sales of its investments and also of its net worth. Moreover, cooperatives classified as efficient by the model had greater need for working capital and have less time to pay their obligations. In summary, the reality showed that the identified agricultural cooperatives Paraná advanced in terms of greater return on their operations, however, they sought capital from third parties to finance their long-term productive investments and also required higher level of working capital to finance Short-term operations, which are characterized mainly by financing the activities of its cooperated. For the cooperatives can move more significantly, it required the formulation of policies for financing better defined (considering the amount of equity and others), maintaining the highest level of working capital and the adjustment of their policies on credit the profile of each cooperative.
Palavras-chave: Análise de desempenho
Cooperativas agropecuárias
Gestão financeira
Performance analysis
Agricultural cooperatives
Financial management
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIAS AGRARIA E DOS RECURSOS NATURAIS::ECONOMIA AGRARIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos
Programa: Mestrado em Economia Aplicada
Citação: SOUZA, Uemerson Rodrigues de. Technical and scale efficieny of agricultural cooperatives in state Paraná. 2008. 106 f. Dissertação (Mestrado em Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/25
Data do documento: 3-Nov-2008
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf528,04 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.