Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/25121
Tipo: Artigo
Título: Análise do perfil dos incêndios florestais no parque estadual da serra do brigadeiro e entorno (MG)
Autor(es): Torres, Fillipe Tamiozzo Pereira
Torres, Carlos Moreira Miquelito Eleto
Lima, Gumercindo Souza
Martins, Sebastião Venâncio
Mendes, Ana Eurica de Oliveira
Padovani, Michele Tidisco
Siqueira, Rafael Gomes
Moreira, Gilberto Fialho
Valverde, Sebastião Renato
Abstract: O fogo é um dos principais problemas do bioma Mata Atlântica, mesmo em áreas protegidas, como as Unidades de Conservação (UCs). Sendo assim, o objetivo deste estudo foi conhecer o perfil dos incêndios florestais no Parque Estadual da Serra do Brigadeiro (PESB) e entorno, bem como suas respostas frente às variações ambientais. Para isto, foram analisadas as informações dos Registros de Ocorrências de Incêndios (ROIs) e suas inter-relações com os sistemas ambientais do PESB, por meio das análises dos planos espaciais (uso e cobertura do solo e relevo) e temporais (elementos climatológicos). De acordo com os resultados, 38% dos registros apresentaram as causas dos incêndios, destas, 77% foram identificadas como antrópicas. Analisando-se a área queimada, observou-se o maior número de ocorrências dentro da classe III (4,1 - 40,0 ha). A vegetação herbácea, por conta de suas características favoráveis, foi a mais atingida. O relevo também influenciou as ocorrências, a declividade, exposição das vertentes e altitude participaram significativamente do regime de incêndios no parque. A atividade antrópica mostrou sua influência com o aumento do tamanho da área queimada nas proximidades de vias de acesso (trilhas e estradas). Já o clima controlou a disposição temporal das ocorrências, no qual períodos de menor umidade relativa do ar tornaram os meses de agosto e setembro como os pertencentes à estação normal de perigo de incêndios e a precipitação acumulada determinou os anos mais problemáticos. Os resultados aqui apresentados fornecerão informações para subsidiar a tomada de decisões de forma mais segura e confiável na prevenção das ocorrências de incêndios florestais no PESB e entorno, visto que contribuem com um melhor entendimento dos fatores que controlam as ocorrências de incêndios na região.
Fire is one of the main problems of the Atlantic Rainforest biome, even in protected areas such as Protected Areas (PAs or UC, in Portuguese). Thus, the aim of this study was to know the profile of forest fires in the Serra do Brigadeiro State Park (PESB-MG) and surroundings, as well as their responses in environmental variations. For this, we analyzed the information of Fire Incident Report (FIR or ROI, in Portuguese) and their interrelations with the environmental PESB systems through the analysis of spatial plans (land use and land cover and topography) and temporal (climatological elements). According to the results, only 38% of the records showed the causes of fires, of these, 77% were identified as anthropic. Analyzing the burned area, there was the highest number of occurrences within the class III (4.1 – 40.0 ha). The herbaceous vegetation, because of their favorable characteristics, was hardest hit. The relief also influenced the events, slope, aspect and height participated significantly in the fire regime in the Park. The anthropic activity showed its influence to increase the size of the area burned in the vicinity of access routes. The climate controlled the temporal arrangement of events, where periods of lower Relative humidity of air, made the months of August and September as belonging to the normal fire season and accumulated rainfall determined the most problematic years. The results presented here provide information to support the making of more safe and reliable decisions in the prevention of forest fire occurrences in PESB and surroundings, as they contribute to a better understanding of the factors that control the fire occurrences in the region.
Palavras-chave: Fogo
PESB
Prevenção de incêndios
Causas
Fire
Fire prevention
Causes
Editor: Ciência Florestal
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509833384
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/25121
Data do documento: Jul-2018
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdfartigo388,63 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.