Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2518
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorRossini, Josiene
dc.date.accessioned2015-03-26T13:08:46Z-
dc.date.available2011-08-31
dc.date.available2015-03-26T13:08:46Z-
dc.date.issued2010-03-05
dc.identifier.citationROSSINI, Josiene. Floristic survey of Gesneriaceae of the municipality Santa Teresa, Espírito Santo, Brazil. 2010. 77 f. Dissertação (Mestrado em Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/2518-
dc.description.abstractEste trabalho consiste do tratamento taxonômico e de uma análise da distribuição geográfica das Gesneriaceae no município de Santa Teresa (19°56 10 S e 40°36 06 W), Espírito Santo, Brasil. Além do exame detalhado da coleção das Gesneriaceae já registrada no acervo do herbário MBML, coletas complementares foram executadas, mensalmente, de fevereiro de 2009 a dezembro de 2009, no município de Santa Teresa, ES, em áreas de preservação ou em remanescentes de vegetação bem conservada situados em propriedades particulares. As amostras consistiram em ramos férteis ou estéreis, e foram depositadas no herbário VIC, da Universidade Federal de Viçosa, com duplicatas no herbário MBML. A identificação das espécies ocorreu por meio de literatura taxonômica, auxílio de especialistas e comparação de exsicatas do herbário MBML. Foram elaboradas chaves para identificação de gêneros e espécies, além de comentários taxonômicos, de fenologia, ecologia, distribuição e confeccionadas ilustrações para cada espécie. O número de espécies encontrado na área de estudo totalizou 24, distribuídas em 6 gêneros. Sinningia Nees. constitui o gênero mais diverso (9 spp.), seguido de Nematanthus Schard. (7 spp.). Nematanthus crassifolius (Schott) Wiehler e Sinningia villosa Lindl. possuem o maior número de amostras ocorrendo em diferentes localidades e microhabitats do município. Das espécies estudadas foram estabelecidos seis padrões de distribuição: Columnea sanguinea (Pers.) Steud. apresenta distribuição Neotropical (1%), e as espécies restantes ocorrem exclusivamente no Brasil (99%). O padrão "Brasil Sudeste" é o mais freqüente (33% das espécies). Cinco espécies são endêmicas para o estado do ES, e uma nova espécie, em fase de publicação, é restrita ao município de Santa Teresa. Os táxons estudados habitam os biomas: Floresta Atlântica, Floresta Amazônica, Cerrado e Caatinga, sendo que 67 % (16) destes táxons são exclusivos da Floresta Atlântica. Os resultados deste revelam que o município de Santa Teresa, além de ter sido considerado como umas das áreas piloto da Reserva da Biosfera da Floresta Atlântica no Espírito Santo, consiste também em reduto de diversidade e endemismo de espécies de Gesneriaceae para o estado do Espírito Santo e para a região de sudeste do Brasil.pt_BR
dc.description.abstractThis work comprises a taxonomic treatment and an analysis of the geographical distribution of the family Gesneriaceae in Santa Teresa (19°56'10"S and 40°36'06"W), Espírito Santo, Brazil. Besides a detailed survey of the already existing collection of Gesneriaceae hold by the MBML herbarium, additional field collections were conducted monthly, from February 2009 to January 2010, in Santa Teresa, ES, in areas under official preservation and in well kept remnants located in private properties. The samples consisted of fertile or sterile branches, and were deposited in the herbarium VIC, Federal University of Viçosa, with duplicates in the herbarium MBML. The identification were based on taxonomic literature, experts collaboration and comparison with specimens at the herbarium MBML. Identification keys to genera and species were elaborated, followed by comments about taxonomy, phenology, ecology and distribution. Each species was illustraded. The study revealed 24 species, distributed in six genera. Sinningia Nees. is the most diverse genus (9 spp.) followed by Nematanthus Schard. (7 spp.). Nematanthus crassifolius (Schott) Wiehler and Sinningia villosa Lindl. were the most frequently encountered taxa, as they occur in different localities and microhabitats of the municipality. Among the species studied, six distribution patterns were established: Columnea sanguinea (Pers.) Steud. presents a Neotropical distribution (1%), and the remaining species occur exclusively in Brazil (99%). The pattern "endemic Southeast" is the most frequent (representing 33% of the species), five species are endemic to the state of the ES and a new species (publication submitted), is restricted to Santa Teresa. Studied taxa inhabiting biomes: Atlantic Forest, Amazon Forest, Cerrado and Caatinga, and 67% (16) of these taxa are unique to the Atlantic Forest. The results of this show that the municipality of Santa Teresa, and has been regarded as one of the pilot areas of the Biosphere Reserve of the Atlantic Forest in Espírito Santo, is also a stronghold of diversity and endemism of species of Gesneriaceae from the state of Espirito Santo and the region of southeastern Brazil.eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectGesneriaceaepor
dc.subjectTaxonomiapor
dc.subjectSanta Teresapor
dc.subjectGesneriaceaeeng
dc.subjectTaxonomyeng
dc.subjectSanta Teresaeng
dc.titleLevantamento florístico das Gesneriaceae do município de Santa Teresa, Espírito Santo, Brasilpor
dc.title.alternativeFloristic survey of Gesneriaceae of the municipality Santa Teresa, Espírito Santo, Brazileng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9168859970962278por
dc.contributor.advisor-co1Okano, Rita Maria de Carvalho
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4727455H2por
dc.contributor.advisor-co2Chautems, Alain Philippe
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentBotânica estrutural; Ecologia e Sistemáticapor
dc.publisher.programMestrado em Botânicapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICApor
dc.contributor.advisor1Garcia, Flávia Cristina Pinto
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4785078H2por
dc.contributor.referee1Vieira, Milene Faria
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4793214A6por
dc.contributor.referee2Paula, Cláudio Coelho de
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4782749E4por
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,49 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.