Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2522
Tipo: Dissertação
Título: Acacieae Benth. (Leguminosae Mimosoideae) em Minas Gerais, Brasil
Título(s) alternativo(s): Acacieae Benth. (Leguminosae Mimosoideae) in Minas Gerais, Brazil
Autor(es): Santos, Vanessa Terra dos
Primeiro Orientador: Garcia, Flávia Cristina Pinto
Primeiro coorientador: Okano, Rita Maria de Carvalho
Segundo coorientador: Neri, Andreza Viana
Primeiro avaliador: Vieira, Milene Faria
Segundo avaliador: Dutra, Valquíria Ferreira
Abstract: Acacieae Benth. está composta por um único gênero, Acacia Miller, que faz parte de Leguminosae, a terceira maior família das angiospermas. Apresenta mais de 1450 espécies, distribuídas através de regiões tropicais e temperadas de todo o mundo. São reconhecidas por serem lianas, árvores ou arbustos; as folhas são bipinadas; a inflorescência axilar, espiciforme ou capitada; flores hermafroditas, usualmente 4-5- meras, brancas ou amarelas; estames de 15-150 por flor, livres desde a base; os frutos são do tipo legume, papiráceos, coriáceos ou lenhosos; as sementes possuem pleurograma. Neste trabalho são apresentados a diversidade e os padrões de distribuição geográfica das espécies do gênero Acacia no estado de Minas Gerais. Os estudos foram baseados na análise de cerca de 800 espécimes de 21 herbários, observações de campo e coleta de material botânico em 27 Unidades de Conservação de Minas Gerais. São fornecidas descrições, ilustrações, chave de identificação, nomes populares, distribuição geográfica, padrões de distribuição e dados sobre a floração e frutificação destas espécies. Foram reconhecidas 17 táxons dos quais somente Acacia farnesiana (L.) Willd. é introduzida, ocorrendo espontaneamente no estado e, sendo também, a única espécie pertencente ao subgênero Acacia, já que as demais pertencem ao subgênero Aculeiferum. Acacia velutina DC. tem aqui sua primeira citação de ocorrência para Minas Gerais. As espécies distribuem-se nos três biomas existentes no estado: Floresta Atlântica, Cerrado e Caatinga. Acacia farnesiana, A. martiusiana, A. polyphylla e A. tenuifolia ocorreram nos três biomas. As espécies encontradas exclusivamente na Floresta Atlântica foram A. grandistipula, A. lacerans, A. pteridifolia A. polyphylla var. giganticarpa e A. serra. As espécies exclusivas da Caatinga foram A. bahiensis e A. limae. Acacia martii e A. velutina foram exclusivas do Cerrado. Foram definidos oito padrões de distribuição geográfica para estas espécies: Ampla distribuição (5,88%), Neotropical (17,65%), América do Sul ocidental-centro-oriental (29.41%), Brasil Oriental Nordeste-Sudeste-Sul (5,88%), Brasil Atlântico Sudeste-Nordeste (23.53%), Brasil Atlântico Sudeste-Sul (5,88%), Endêmico Sudeste (5,88%), Endêmico Minas Gerais (5,88%). Acacia lacerans, A. lewisii, A. martii, A. polyphylla var. giganticarpa, A. pteridifolia, A. serra e A. velutina estão sendo indicadas para a lista de espécies ameaçadas de extinção em Minas Gerais, na categoria criticamente em perigo. Acacia bahiensis é também indicada para a lista, na categoria em perigo, e A. limae e A. monacantha indicadas na categoria vulnerável. As espécies de Acacia de Minas Gerais possuem diversos usos, sendo que a utilização como plantas medicinais e o uso da madeira na construção civil e fornecimento de lenha e carvão são os mais freqüentemente citados na literatura. Tais dados demonstram a necessidade da criação de novas unidades de conservação e a implementação de programas de conservação em áreas não protegidas.
Acacieae Benth. consists of a single genus, Acacia Miller, belonging to Leguminosae, the third largest family of angiosperms. It comprises more than 1450 species, distributed through tropical and temperate regions worldwide. Lianas, trees or shrubs, leaves bipinnate, inflorescence axillary, spiciform or capitate; flowers hermaphrodite, usually 4-5 mere, white or yellow, stamens 15-150 per flower, free from the base; fruit a legume, papyraceous, leathery or woody, seed with pleurogram. This work describes the diversity and distribution patterns of the genus Acacia in the state of Minas Gerais. The studies were based on analysis of about 800 specimens from 21 herbaria, field observations and collection of botanical material from 27 protected areas of Minas Gerais. The study provides descriptions, illustrations, identification key, common names, geographic distribution, distribution patterns and data on flowering and fruiting of these species. Seventeen taxa were recognized, of which only Acacia farnesiana (L.) Willd. is introduced, occurring spontaneously in the state and, also, the only species belonging to subgenus Acacia, since the remaining belong to the subgenus Aculeiferum. Here we report for the first time, the occurrence of Acacia velutina DC. in Minas Gerais. The species are distributed in the three biomes in the state: Atlantic Forest, Cerrado and Caatinga. Acacia farnesiana, A. martiusiana, A. polyphylla and A. tenuifolia occurred in the three biomes. The species that were found exclusively in the Atlantic Forest were A. grandistipula, A. lacerans, A. pteridifolia A. polyphylla var. giganticarpa and A. serra. A. bahiensis and A. limae were exclusive to the Caatinga. Acacia martii and A. velutina were unique to the Cerrado. Eight geographic distribution patterns were defined for these species: Broad distribution (5.88%), Neotropical (17.65%), Western-Central-Eastern South America (29.41%), Eastern-Northeastern-Southeastern-Southern Brazil (5.88%), Atlantic-Southeastern-Northeastern Brazil (23:53%), Atlantic Southeastern-Southern Brazil (5.88%), endemic Southeastern (5.88%) and Endemic Minas Gerais (5.88%). Acacia lacerans, A. lewisii, A. martii, A. polyphylla var. giganticarpa, A. pteridifolia, A. Serra and A. velutina have been indicated to be included to the list of endangered species in Minas Gerais, in the critically endangered category. Acacia bahiensis has also been indicated to be included to the endangered category, and A. limae and A. monacantha have been indicated to be included to the vulnerable category. Acacia species from Minas Gerais have several uses such as medicinal plants, lumber in construction, firewood and charcoal, which are the most frequently cited in the literature. These data show the need for the creation of new protected areas and implementation of conservation programs in non-protected areas.
Palavras-chave: Acacia
Leguminosae
Minas Gerais
Distribuição
Acacia
Leguminosae
Minas Gerais
Distribution
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática
Programa: Mestrado em Botânica
Citação: SANTOS, Vanessa Terra dos. Acacieae Benth. (Leguminosae Mimosoideae) in Minas Gerais, Brazil. 2010. 81 f. Dissertação (Mestrado em Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2522
Data do documento: 24-Fev-2010
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,05 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.