Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/25379
Tipo: Artigo
Título: Updating the ranking of the coefficients of variation from maize experiments
Autor(es): Fritsche-Neto, Roberto
Vieira, Rafael Augusto
Scapim, Carlos Alberto
Miranda, Glauco Vieira
Rezende, Luciano Moreira
Abstract: The objective of this study was to update the ranking of the coefficients of variation (CVs) from maize experiments and evaluate the accuracy of the data from the latest Brazilian publications. We rank-ordered the CVs for grain yield, plant and ear heights, number of ears per plant, and weight of commercial ears, except for the weight of 100 grains. The data were obtained from 143 scientific papers published from 2005 to 2010. The classification was based on the average (m) and standard deviation (SD) and the CVs were ranked as low, intermediate, high and very high. All of the random variables had the CVs normally distributed. For most of the traits, we observed a large difference between the ranks from Scapim and Pimentel Gomes. In summary, the coefficients of variation have to be classified for each variable, significant improvement occurred in the accuracy of the national maize experiments in the last 15 years, and they still require periodic updating.
O objetivo desse trabalho foi fazer a atualização na proposta de classificação dos coeficientes de variação (CV) para a cultura do milho e avaliar a qualidade dos dados dos artigos mais recentes publicados no Brasil. Os CV das diferentes variáveis aleatórias foram obtidos a partir da consulta de 143 artigos científicos publicados de 2005 e 2010. As faixas de classificação dos (CV) foram baseadas na média (m) e no desvio-padrão (DP) da seguinte forma: baixo; médio; alto; muito alto. Todos os cv das variáveis aleatórias apresentaram distribuição normal. Foi possível observar que para a maioria dos caracteres avaliados houve uma grande diferença entre a classificação proposta e a de Pimentel-Gomes. Houve melhoria significativa na qualidade experimental na cultura do milho para os principais caracteres produtividade de grãos, alturas de planta e espiga, número de espigas por planta e peso de espigas comerciais, sendo a única exceção o peso de 100 grãos. Conclui-se que as faixas de classificação de coeficientes de variação têm que ser específica para cada variável, é necessária atualização periódica da classificação dos coeficientes de variação e nos últimos 15 anos, no Brasil, a qualidade da experimentação com cultura do milho teve uma melhora significativa.
Palavras-chave: Experimental precision
Experimental design
Precisão experimental
Delineamento experimental
Editor: Acta Scientiarum. Agronomy
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.4025/actasciagron.v34i1.13115
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/25379
Data do documento: Jan-2012
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdftexto completo531,88 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.