Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/25408
Tipo: Artigo
Título: Estimates of the leaf area index (LAI) using LAI-2000 and hemispherical photos in Eucalyptus plantations
Autor(es): Rody, Yhasmin Paiva
Ribeiro, Aristides
Pezzopane, José Eduardo Macedo
Gleriani, José Marinaldo
Almeida, André Quintão
Leite, Fernando Palha
Abstract: The objective of this study was to estimate the Leaf Area Index (LAI) by indirect methods in plantations of Eucalyptus clones in two distinct physical-climatic sites, during the dry and rainy periods. The study was performed in four young and adult Eucalyptus stands, located in Rio Doce basin, eastern Minas Gerais state (Brazil) situated in areas of lower and higher altitudes. Nine plots were allocated in each stand. Experimental data were collected in months representing the driest and the wettest periods. LAI indirect measurements were performed using the LAI-2000 equipment and cameras with hemispherical lens. To verify the accuracy of estimation, a destructive analysis was also performed. The LAI measurements by the LAI-2000 was the one which best correlated with the observed LAI (R =0.90), although the hemispherical photos had presented good potential use. It is verified that the LAI of stands in the higher altitudes region, surpassed those of lower altitudes, which was also observed by the indirect methods. The destructive analysis indicates lower values ​​of LAI measured in the dry season although this variation is only significant for higher altitudes. This behavior is also observed for estimates with the LAI-2000, different from the hemispherical photographs which did not identify seasonality of LAI.
O objetivo deste estudo foi estimar o Índice de Área Foliar (IAF) por métodos indiretos em plantios clonais de eucalipto em dois distintos sítios físico-climáticos, durante as estações seca e chuvosa. O estudo foi feito em quatro talhões, dois jovens e dois adultos, localizado na bacia do Rio Doce, leste de Minas Gerais, situados em áreas de baixas e altas altitudes. Nove parcelas foram alocadas em cada talhão. Dados experimentais foram coletados em períodos secos e chuvosos. As medidas indiretas do IAF foram feitas usando o LAI-2000 e câmeras com lentes hemisféricas. Para verificar a precisão da estimativa foi realizada a análise destrutiva. As medias do LAI-2000 foram aquelas que melhores correlacionaram com os dados de IAF observados (R=0,9), embora as fotos hemisféricas apresentem bom potencial de uso. Foi verificado que os valores de IAF dos talhões de maiores altitudes foram maiores comparados às regiões baixas, o que também foi observado pelos métodos indiretos. A análise destrutiva indica baixos valores de IAF medidos na época seca, embora esta variação seja significativamente somente nos talhões das regiões mais altas. Este comportamento é também observado nas estimativas do LAI-2000, diferente das fotografias hemisféricas que não identificaram a sazonalidade do LAI.
Palavras-chave: Forest canopy
Indirect methods
Clones
Altitude
Dossel florestal
Métodos indiretos
Editor: Ciência Florestal
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509816604
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/25408
Data do documento: Out-2014
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdfartigo520,41 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.