Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/25467
Tipo: Artigo
Título: Prevalência e fatores associados à anemia ferropriva e hipovitaminose A em crianças menores de um ano
Autor(es): Silva, Mariane Alves
Carvalho, Carolina Abreu de
Fonsêca, Poliana Cristina de Almeida
Vieira, Sarah Aparecida
Ribeiro, Andreia Queiroz
Priore, Silvia Eloiza
Franceschini, Sylvia do Carmo Castro
Abstract: Avaliar a prevalência e os fatores associados à anemia ferropriva e hipovitaminose A em menores de um ano. Estudo transversal com amostra de 93 crianças. Foram consideradas anêmicas crianças com hemoglobina < 11 g/dL. O ponto de corte utilizado para a classificação de valores baixos de vitamina A foi < 0,70 mMol/L, e para caracterizar deficiência < 0,35 mMol/L. As análises estatísticas foram processadas no software Stata 10.0. As variáveis estão apresentadas em frequência simples, a associação entre os fatores analisados e as deficiências de ferro e vitamina A foi realizada por meio do teste do qui-quadrado de Pearson. Para a comparação de médias de hemoglobina e vitamina A, utilizaram-se os testes t de Student para variáveis paramétricas e o de Mann-Whitney para as não paramétricas. A prevalência, de anemia e de hipovitaminose A, foi de 29,03% e de 19,10%, respectivamente. Encontraram-se ainda, valores baixos de vitamina A em 90,32% das crianças. Baixa idade e baixa escolaridade materna associaram-se com a presença de anemia ferropriva. Valores baixos de vitamina A foram significativos em mães não brancas. As prevalências de inadequação do consumo de ferro e vitamina A foram de 23,66% e 22,58%, respectivamente. Evidencia-se elevada prevalência dessas enfermidades, ressaltando-se a importância da adoção de medidas preventivas.
To assess the iron deficiency anemia and vitamin A deficiency prevalence and associated factors in children under one year. Cross-sectional study with a sample of 93 children. Children with hemoglobin <11 g/dL were considered anemic. The cutoff point used for the classification of low levels of vitamin A was < 0.70 mMol/L and to characterize disability < 0.35 mmol/L. Statistical analyzes were carried out using Stata 10.0 software. Variables were presented in simple frequency and the association among the factors and deficiencies of iron and vitamin A was performed by the Pearson chi- square test. Mean hemoglobin and vitamin A were compared using the Student t test for parametric variables and Mann-Whitney test for nonparametric. The prevalence of anemia and vitamin A deficiency was 29.03% and 19.10%, respectively. It was found also low vitamin A values in 90.32% of children. The presence of iron deficiency anemia was associated to low maternal age and education. Low values of vitamin Awere significant in non-white mothers. The prevalence of inadequate iron intake and vitamin A was 23.66% and 22.58%, respectively. This study evidences the high prevalence of these diseases, highlighting the importance of adopting preventive measures.
Palavras-chave: Alimentação infantil
Anemia
Vitamina A
Infant feeding
Vitamin A
Editor: Cadernos Saúde Coletiva
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/1414-462X2015000100047
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/25467
Data do documento: Out-2015
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdfartigo639,09 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.