Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2559
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação de técnicas de histolocalização do alumínio em folhas de espécies de Cerrado
Título(s) alternativo(s): Analysis of histolocalization techniques of aluminum in leaves of Cerrado species
Autor(es): Carvalho Júnior, Wellington Geraldo Oliveira
Primeiro Orientador: Azevedo, Aristéa Alves
Primeiro avaliador: Ribeiro, Cleberson
Segundo avaliador: Meira, Renata Maria Strozi Alves
Abstract: As técnicas de histolocalização são ferramentas importantes para o entendimento das estratégias de acúmulo de alumínio em espécies vegetais com ocorrência em solos ácidos, condição comum no Cerrado. Objetivou-se identificar a presença dessa estratégia em espécies de Cerrado, detectar e quantificar os sítios de acúmulo, testando a eficiência de cinco reagentes (aluminon, azurine, chrome azurol S, hematoxilina e pirocatecol violeta) e duas técnicas de processamento (sem inclusão e com inclusão em metacrilato), além de avaliar a presença de alumínio nos sítios de acúmulo de compostos fenólicos. Amostras foliares de nove espécies selecionadas foram submetidas à quantificação de alumínio. Para estudo anatômico, os fragmentos foram fixados em FAA50 e seccionados transversalmente, sem e com inclusão em metacrilato. Os cortes foram submetidos aos reagentes para detecção de alumínio e compostos fenólicos. Entre as espécies estudadas, Miconia albicans, Palicourea rigida, Qualea grandiflora, Salvertia convallariodora e Symplocos nitens podem ser consideradas acumuladoras de alumínio, sendo notada variação no teor do elemento de 1 292,0 a 4 852,4 mg.kg-1. No entanto, não há relação entre o teor de alumínio e a intensidade da reação conferida pelos reagentes, bem como do número de sítios evidenciados. As paredes pecto-celulósicas e os cloroplastos são os principais sítios de acúmulo. Além de mais eficazes, a hematoxilina, o chrome azurol S e o pirocatecol violeta fornecem resultados mais homogêneos, sendo mais indicados para uso. A inclusão em metacrilato não prejudicou a histolocalização do alumínio. Das espécies acumuladoras de alumínio, somente P. rigida não possui compostos fenólicos. Nas demais espécies, os sítios de acúmulo de compostos fenólicos diferem dos do alumínio, sugerindo a não complexação entre essas substâncias nas espécies estudadas.
Histolocalization techniques are important tools for understanding the accumulation strategies of aluminum in plant species occurring in acid soils, a common condition in Cerrado. The objective of this work was to identify the presence of this strategy in Cerrado species, detect and quantify the sites of accumulation, testing the effectiveness of five reagents (aluminon, azurine, chrome azurol S, hematoxylin and pyrocatechol violet) and two processing techniques (without inclusion and with inclusion in methacrylate), and to evaluate the presence of aluminum at the site of accumulation of phenolic compounds. Leaf samples of nine selected species were subjected to quantification of aluminum. For anatomical study, the fragments were fixed in FAA50 and sectioned, with and without inclusion in methacrylate. The sections were submitted to reagents for detection of aluminum and phenolic compounds. Among the studied species Miconia albicans, Palicourea rigida, Qualea grandiflora, Symplocos nitens and Salvertia convallariodora can be considered as aluminum-accumulating species, with a variation in the content of the element from 1 292.0 to 4 852.4 mg.kg-1. However, there is no relation between the content of aluminum and the intensity of the response afforded by the reagents and the number of sites shown. The pectin-cellulosic walls and chloroplasts are the main sites of accumulation. Besides being more effective, hematoxylin, chrome azurol S and pyrocatechol violet provides more homogeneous results, being more suitable for use. The inclusion in methacrylate did not harm aluminum histolocalization. Among aluminum- accumulating species, only P. rigida does not present any phenolic compounds. In the other species, the sites of accumulation of phenolic compounds differ from those of aluminum, not suggesting the complexation of these substances in the studied species.
Palavras-chave: Acumuladoras de alumínio
Hematoxilina
Chrome azurol S
Accumulating aluminum
Hematoxylin
Azurol Chrome S
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática
Programa: Mestrado em Botânica
Citação: CARVALHO JÚNIOR, Wellington Geraldo Oliveira. Analysis of histolocalization techniques of aluminum in leaves of Cerrado species. 2012. 50 f. Dissertação (Mestrado em Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2559
Data do documento: 30-Jul-2012
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,99 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.