Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/25668
Tipo: Dissertação
Título: Filmes híbridos de alginato de sódio e Hidróxidos Duplos Lamelares intercalados com ácido 1-naftalenoacético para uso na agricultura
Hybrid films of sodium alginate and Layered Double Hydroxides intercalated with 1-naphthaleneacetic acid for use in agriculture
Autor(es): Castro, Vander Alencar de
Abstract: A utilização de auxinas é uma excelente alternativa para melhorar o desenvolvimento fisiológico de plantas, mesmo que os modos de aplicação sejam ineficientes em alguns casos. Assim, encontrar alternativas para a aplicação homogênea e para a liberação sustentada das mesmas se faz necessário. Nesse sentido, os objetivos deste trabalho foram sintetizar e caracterizar Hidróxidos Duplos Lamelares (HDLs) de zinco e alumínio com diferentes razões molares entre esses cátions, intercalados com ácido 1-naftalenoacético (ANA), avaliar a taxa de liberação in vitro da auxina pura e intercalada em soluções aquosas com diferentes valores de pH e realizar bioensaios em ágar e vasos com solo. Os HDLs foram sintetizados utilizando o método de coprecipitação a pH constante. A caracterização dos materiais sintetizados ocorreu por meio de um conjunto de técnicas de análises, dentre elas: DRXP, FTIR-ATR, TGA-DSC-MS, ASE, MEV e análise elementar. O Zn 2 Al-ANA-HDL foi avaliado em estudos de liberação in vitro. Para a realização dos bioensaios, sementes de feijão (Phaseolus vulgaris L.) utilizadas como planta teste, foram recobertas com filmes poliméricos contendo Zn 2 Al-ANA-HDL. Os bioensaios foram realizados em vasos contendo 3,0 dm 3 de solo e caixas minirhizotron com 0,2 L de ágar. Os valores obtidos foram avaliados estatisticamente. As caracterizações mostraram que os materiais sintetizados possuem organização estrutural e pureza de fase. Os testes de liberação in vitro evidenciaram que o Zn 2 Al-ANA-HDL apresentou maior faixa de liberação de ANA em pH = 10. Os bioensaios realizados em vasos com solo e caixas minirhizotron com ágar mostraram que as sementes encapsuladas com Zn 2 Al-ANA- HDL foram eficientes no comprimento de parte aérea, na produção de matéria fresca e no comprimento de raiz do feijão. Assim sendo, pode-se afirmar que o filme polimérico contendo Zn 2 Al-ANA-HDL foi eficiente quando comparado ao controle e a auxina pura. Portanto, a utilização de filmes de alginato contendo HDL como matriz inorgânica hospedeira para liberação sustentada de ANA na cultura do feijão, se mostrou eficiente e pode ser uma alternativa interessante para ser utilizada na agricultura.
The use of auxins is an excellent alternative to the plant’s physiological development, even though the use of auxins in plants is inefficient in certain applications. Taking this into account, finding an alternative for auxins homogeneous application and their sustained release to the plant is necessary. Thereby, the aim of this work was to synthesize and characterize zinc and aluminum Layered Double Hydroxides (LDHs), with different molar ratios between these cations intercalated with 1- naphthaleneacetic acid (NAA), to evaluate the rate of in vitro release of pure auxin and intercalated into LDHs in aqueous solutions with different pH values and to perform bioassays in acrylic boxes with agar, vessels with soil and trays with sand. The LDHs were synthesized using the coprecipitation method at constant pH. The synthesized materials were characterized by a set of analysis techniques, amongst them: XRDP, FTIR-ATR, TGA-DSC-MS, SSA, SEM and Elemental Analysis. Furthermore, the Zn 2 Al-NAA-LDH was evaluated in vitro release studies in aqueous solutions with pH values = 4. 7. and 10. To perform the bioassays, bean seeds (Phaseolus vulgaris L.) used as test plants were coated with polymer films of sodium alginate containing Zn 2 Al-ANA- HDL. The bioassays were carried out in pots containing 3.0 dm 3 of soil and boxes of minirhizotron with 0.2 L of agar. The values obtained were statistically evaluated. The characterization results showed that the synthesized materials have satisfactory structural organization and phase purity. In vitro release results showed that Zn 2 Al-NAA-LDH has a higher release range at pH = 10. The bioassays performed in soil pots and boxes of minirhizotron with agar showed that alginate film containing Zn 2 Al-NAA-LDH is efficient shoot lenght, to produce fresh matter and root length of common bean. Therefore, it can be stated that the alginate film containing Zn 2 Al-NAA-LDH was efficient when compared to the control and pure auxin. Therefore, the use alginate films containing LDH as an inorganic matrix for sustained release of NAA in bean culture has proved to be efficient, which may be an interesting alternative can be used in agriculture.
Palavras-chave: Hidróxidos Duplos Lamelares
Alginato de sódio
Ácido 1-naftalenoacético
Bioensaios
Liberação in vitro
CNPq: Química do Estado Condensado
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Titulação: Mestre em Química
Citação: CASTRO, Vander Alencar de. Filmes híbridos de alginato de sódio e Hidróxidos Duplos Lamelares intercalados com ácido 1-naftalenoacético para uso na agricultura. 2019. 69 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal de Viçosa, Rio Paranaíba. 2019.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/25668
Data do documento: 22-Fev-2019
Aparece nas coleções:Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo3,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.