Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/25852
Tipo: Dissertação
Título: Do morro à reta: a trajetória da dança de rua da periferia à Universidade Federal de Viçosa
From the hill to the straight: the street dance trajectory from the periphery to the Universidade Federal de Viçosa
Autor(es): Eclache, Deise
Abstract: O movimento hip hop no Brasil, cuja composição marca a presença expressiva das periferias brasileiras, adquiriu características próprias, expressas nas letras de músicas e nos movimentos de dança. Esta cultura é praticada principalmente nos espaços públicos urbanos, através da dança e do rap. A sua disseminação associa-se a uma demanda dos jovens das periferias das cidades que anseiam, cada vez mais, por um espaço na esfera pública e, por meio da arte, acabam produzindo novos sentidos ao espaço urbano. Sinteticamente, esse movimento, que pode ser considerado como uma nova forma de apropriação dos espaços públicos, tem como ritual a atuação dos B.boys, que dançam nas ruas, tornando-as “teatros para a juventude”, e os Dj's, que iniciam as festas nas ruas transformando as vias públicas em centros de livre expressão. O presente trabalho analisa a relação entre a cena do movimento hip hop e a produção do espaço na cidade de Viçosa-MG, assim como a forma pela qual os grupos se organizam, constituem redes sociais e políticas e vêm conquistando cada vez mais os espaços das ruas e o direito à cidade. Nesse sentido, tem-se a intenção de compreender a maneira que a juventude de Viçosa-MG vem reconstruindo as práticas culturais da cidade a partir do hip hop.
The hip hop movement in Brazil whose formation marks its expressive presence in cities peripheries acquired its own characteristics expressed through lyrics and dance. This culture is practiced mainly in urban public spaces through dance and rap. Its dissemination is linked with periphery youth demand to increasingly covet for space in public sphere through art which adds new significance to urban spaces. Briefly, this movement that can be considered as a new form of appropriation of public space ritually presents the performances of the B. Boys, who dance on streets, using them as “ theaters for the youth” and of the Dj’s who begins the street festivities transforming the public ways into free expression centers. This paper analyses how the scene of the hip hop movement is related to the production of space in Viçosa-MG and how the groups organize themselves constituting social and political networks which are increasingly acquiring the spaces of the street and, consequently, the right to occupy the city. In this wise, it is our intention to understand how the youth of Viçosa – MG has been rebuilding the city cultural practices from the hip hop community members.
Palavras-chave: Paisagens
Cultura
Periferia
Hip-hop (Cultura popular)
Movimentos da juventude
CNPq: História
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: ECLACHE, Deise. Do morro à reta: a trajetória da dança de rua da periferia à Universidade Federal de Viçosa. 2018. 202f. Dissertação (Mestrado em Patrimônio Cultural, Paisagens e Cidadania) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br//handle/123456789/25852
Data do documento: 14-Ago-2018
Aparece nas coleções:Patrimônio Cultural, Paisagens e Cidadania

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo12,98 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.