Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/261
Tipo: Tese
Título: Morfologia dos espermatozoides de Campoletis flavicincta (Hymenoptera: Icheneumonidae) e de Megastigmus transvaalensis (Hymenoptera: Chalcidoidea: Torymidae)
Título(s) alternativo(s): Morphology of spermatozoa of Campoletis flavicincta (Hymenoptera: Ichneumonidae) and Megastigmus transvaalensis (Hymenoptera: Chalcidoidea: Torymidae)
Autor(es): Gonçalves, Max Pereira
Primeiro Orientador: Lino Neto, José
Primeiro avaliador: Zama, Uyrá dos Santos
Segundo avaliador: Mancini, Karina Carvalho
Terceiro avaliador: Araújo, Vinícius Albano
Quarto avaliador: Moreira, Jane Carla Soares
Abstract: Neste trabalho descrevemos a morfologia dos espermatozoides de Campoletis flavicincta e Megastigmus transvaalensis. Há diferenças ultra-estruturais entre os espermatozoides e poucos trabalhos sobre a morfologia desta célula nas famílias estudadas. Na família Torymidae, este é o primeiro trabalho descrevendo a ultra- estrutura de espermatozoides e na família Ichneumonidae há poucos trabalhos sobre está célula. Os espermatozoides de C. flavicincta são células finas e longas, medem aproximadamente 80 μm de comprimento e estão dentro da média observada em Ichneumonidae. Eles são formados por uma região de cabeça e uma de cauda. A região de cabeça é formada pelo acrossomo e o núcleo e uma camada extracelular que envolve todo acrossomo e parte do núcleo. O flagelo do espermatozoide é formado, em quase toda sua extensão, pelo axonema (9+9+2), dois derivados mitocondriais e dois corpos acessórios localizados entre o axonema e os derivados mitocondriais. Os espermatozoides de M. transvaalensis apresentam morfologia básica semelhante àquela de outros Chalcidoidea. São espiralados e formados pelas regiões de cabeça e de flagelo. A cabeça é formada pelos acrossomo e núcleo. O flagelo é formado por dois derivados mitocondriais iguais e um axonema de padrão 9 + 9 + 2. O estudo da ultra- estrutura dos espermatozoides dos Hymenoptera tem demonstrado a diversidade de informações que essas estruturas reprodutivas podem fornecer, as quais podem ser usadas em estudos de taxonomia e filogenia desse grupo de insetos logo, este trabalho tem como objetivo descrever a ultra-estrutura dos espermatozoides de C. flavicincta e M. transvaalensis.
In this work, the morphology of spermatozoa of Campoletis flavicincta and Megastigmus transvaalensis. In the families Ichneumonidae and Torymidae, ultrastrutural differences are found between spermatozoa, but small quantity of works about your morphology. In the family Torymidae, this is the first work about the ultrastructure of spermatozoa and in the family Ichneumonidae, one of the first. The spermatozoa of C. flavicincta are long thin cells, measuring approximately 80 μm in length, within the range observed in Ichneumonidae. The spermatozoa have a head and a tail. The head is formed by the acrosome and nucleus and an extracellular layer surrounds totally the acrosome and partially the nucleus. The flagellum of spermatozoa are formed, almost its entire length, by axoneme (9+9+2), two mitochondrial derivatives and two bodies accessories located between the axoneme and mitochondrial derivatives. The spermatozoa of M. transvaalensis shows similar morphological characteristics to the others Chalcidoidea. They are spiral-like and are consisted of a head and a flagellum. The head is consisted of an acrosome and nucleus. The flagellum is formed for two mitochondrial derivatives and an axoneme with 9+9+2 microtubular arrangement. The ultrastructure of spermatozoa of Hymenoptera has demonstrated the diversity of information that these reproductive structure can provide, which can be used in phylogenetic and taxonomic studies of these groups of insects, so this work aims to describe the ultrastructure of spermatozoa of C. flavicincta and M. transvaalensis.
Palavras-chave: Espermatozoide
Parasitoide
Testículos
Glândulas acessórias
Filogenia
Spermatozoon
Parasitoid
Testicles
Accessory glands
Phylogeny
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos
Programa: Doutorado em Biologia Celular e Estrutural
Citação: GONÇALVES, Max Pereira. Morphology of spermatozoa of Campoletis flavicincta (Hymenoptera: Ichneumonidae) and Megastigmus transvaalensis (Hymenoptera: Chalcidoidea: Torymidae). 2012. 60 f. Tese (Doutorado em Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/261
Data do documento: 23-Nov-2012
Aparece nas coleções:Biologia Celular e Estrutural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf991,19 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.