Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/26168
Tipo: Artigo
Título: Tolerância de linhagens de arroz de terras altas à seca
Autor(es): Terra, Thiago Gledson Rios
Leal, Tarcísio Castro Alves de Barros
Borém, Aluízio
Rangel, Paulo Hideo Nakano
Abstract: O estresse por deficiência hídrica pode acarretar sérios danos à cultura do arroz de terras altas, principalmente na redução da produtividade. Por isto, a seleção de genótipos mais adaptados a esta condição faz-se necessária. Este trabalho avaliou as características agronômicas e temperatura foliar, em linhagens F7 de arroz de terras altas submetidas a duas condições de irrigação (com e sem estresse de deficiência hídrica), no sentido de possibilitar a seleção de materiais mais tolerantes a este estresse abiótico. Em 142 linhagens endogâmicas e seus dois genitores, Bico Ganga Curto e Chorinho, foram avaliados a temperatura foliar (ºC), dias até o florescimento, número de perfilhos e de panículas por metro linear, esterilidade das espiguetas (%), altura da planta (cm), massa de mil espiguetas (g) e produtividade (kg ha-1). O delineamento experimental utilizado foi o látice triplo 12x12, com e sem estresse de deficiência hídrica. Foram selecionadas 15 linhagens, por meio do Índice de Susceptibilidade à Seca, as quais foram comparadas com seus genitores, pelo teste Tukey. Verificou-se que houve aumento no número de dias para o florescimento e para a esterilidade das espiguetas, em condições de deficiência hídrica. Nesta mesma condição, houve redução na altura da planta e número de perfilhos e de panículas por metro linear. Dentre as linhagens, destacou-se a 51, que apresentou boa produtividade, em ambas as condições de cultivo.
Water deficiency stress can seriously damage the upland rice crop, mainly reducing its yield. Therefore, the selection of genotypes better adapted to drought is relevant. This study aimed at evaluating agronomic traits and leaf temperature, in F7 upland rice lines under two irrigation conditions (with and without water deficit stress), in order to allow the selection of lines more tolerant to this abiotic stress. In 142 recombinant inbred lines and their two parents, Bico Ganga Curto and Chorinho, the leaf temperature (ºC), days to flowering, number of tillers and panicles per linear meter, spikelet sterility (%), plant height (cm), one thousand spikelets weight (g) and yield (kg ha-1) were evaluated. The experimental design used was a 12x12 triple lattice, with or without water stress. Fifteen lines were selected by using the Drought Susceptibility Index and compared with their parents by the Tukey test. An increase was observed in the number of days to flowering and spikelet sterility, under water deficit stress. Under the same condition, there was a reduction for plant height and number of tillers and panicles per linear meter. Among all lines, the 51 distinguished itself by presenting a high yield, concerning both environments.
Palavras-chave: Oryza sativa L.
Déficit hídrico
Índice de susceptibilidade à seca
Water deficit
Drought susceptibility index
Editor: Pesquisa Agropecuária Tropical
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S1983-40632013000200013
http://locus.ufv.br//handle/123456789/26168
Data do documento: Abr-2013
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdfartigo240,37 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.