Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/26273
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorCargnin, Adeliano
dc.contributor.authorSouza, Moacil Alves de
dc.contributor.authorCarneiro, Pedro Crescêncio Souza
dc.contributor.authorSofiatti, Valdinei
dc.date.accessioned2019-07-19T13:18:33Z
dc.date.available2019-07-19T13:18:33Z
dc.date.issued2006-06
dc.identifier.issn1678-3921
dc.identifier.urihttp://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2006000600014
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br//handle/123456789/26273
dc.description.abstractO objetivo deste trabalho foi quantificar o componente da interação genótipos x ambientes e avaliar seus reflexos no progresso genético com diferentes critérios de seleção de linhagens de trigo adaptadas às condições do Brasil Central. Foram avaliadas 240 famílias F2:4 oriundas de oito populações segregantes de trigo. Os experimentos foram conduzidos em campo, com semeaduras realizadas no verão e no inverno, em 2004. Foi utilizado o delineamento em látice com duas repetições. Avaliaram-se os caracteres espigamento, altura de planta, massa do grão e produtividade de grãos. Realizou-se a decomposição da interação genótipos x ambientes e foram estimados os ganhos com a seleção nos dois ambientes. O grau de tolerância ao calor foi determinado com base em dois índices. A porcentagem da interação de natureza complexa foi maior do que a simples, e ganhos com seleção indireta, em um ambiente, não foram eficientes, principalmente quanto à produtividade de grãos. Apesar da interação genótipos x ambientes, o uso do índice de tolerância ao calor com base na regressão permite detectar genótipos produtivos sob condição de estresse de calor, pela melhoria da adaptabilidade dos genótipos a esse ambiente, sem alterar o comportamento desses genótipos em condições favoráveis.pt-BR
dc.description.abstractThe objective of this work was to quantify the component of the genotypes x environments interaction, as well as to evaluate its reflexes on the genetic progress with different selection criteria for those wheat lines adapted to the Brazilian midland conditions. Two hundred and forty F2:4 families descending from eight segregant populations of wheat were evaluated. Experiments were conducted under field conditions, and sowings were accomplished in the summer and winter, 2004. The lattice design was used with two replicates. The following characters were evaluated: earing, plant height, grain weight, and grain yield. Decomposition of the genotypes x environments interaction was performed, and the gains with selection in both environments were estimated. The determination of the tolerance level to the heat was based on two indexes. The percentage of the complex-nature interaction was higher than the simple one, whereas the gains with indirect selection in an environment were not efficient, mainly for grain yield. Although the genotypes x environments interaction, use of the tolerance index to the heat based on regression allows detecting the productive genotypes under heat stress by the improvement of the genotype adaptability to this environment, without changing these genotypes' behavior under favorable conditions.en
dc.formatpdfpt-BR
dc.language.isoporpt-BR
dc.publisherPesquisa Agropecuária Brasileirapt-BR
dc.relation.ispartofseriesv. 41, n. 6, p. 987- 993, jun. 2006pt-BR
dc.rightsOpen Accesspt-BR
dc.subjectTriticum aestivumpt-BR
dc.subjectGanho genéticopt-BR
dc.subjectCritério de seleçãopt-BR
dc.subjectAdaptabilidadept-BR
dc.subjectGenetic gainspt-BR
dc.subjectSelection criterionpt-BR
dc.subjectAdaptabilitypt-BR
dc.titleInteração entre genótipos e ambientes e implicações em ganhos com seleção em trigopt-BR
dc.typeArtigopt-BR
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdftexto completo471,85 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.