Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/26456
Tipo: Artigo
Título: Desempenho zootécnico de girinos de rã-touro com diferentes níveis de proteína e energia digestíveis
Autor(es): Seixas Filho, José Teixeira de
Navarro, Rodrigo Diana
Pereira, Marcelo Maia
Mello, Sílvia Conceição Reis Pereira
Lanna, Eduardo Arruda Teixeira
Lima, Jorge Luiz Pereira
Abstract: A partir dos valores de digestibilidade de alguns ingredientes foram propostas dietas, com diferentes níveis de proteína e energia digestíveis, em esquema fatorial 3 x 3, destinadas a girinos de rã-touro para avaliar o desempenho zootécnico. O experimento, com duração de 60 dias, foi conduzido com 810 girinos, oriundos da mesma desova, distribuídos em 27 caixas de polipropileno, em uma densidade de 1girino/L. O delineamento experimental foi um esquema fatorial com três níveis de proteína digestível (27; 31 e 35%) e três níveis de energia digestível (2.700; 2.800 e 2.900kcal/kg) com três réplicas. Os parâmetros avaliados aos 60 dias foram ganho de peso, consumo da dieta, consumo em proteína da dieta, conversão alimentar, taxa de eficiência proteica e índice de sobrevivência. Os resultados foram submetidos à análise de variância e ao teste de Duncan (95% de precisão). Os resultados encontrados não apresentaram interação entre proteína e energia digestível para nenhum parâmetro avaliado. Em relação à proteína digestível, foram verificadas diferenças nos parâmetros consumo em proteína da dieta e taxa de eficiência proteica (TEP), o que demonstra ineficiência das dietas com altos valores proteicos. Deve-se oferecer aos girinos de rã-touro dietas com 27% de proteína digestível, por apresentarem melhor resultado para taxa de eficiência proteica e para consumo em proteína da dieta.
From the digestibility values of some ingredients, it was proposed diets with different levels of digestible protein and energy, in a 3x3 factorial design for bullfrog tadpoles, aiming at evaluate the zootechnical performance. The experiment was conducted during 60 days with 810 tadpoles from the same spawning distributed into 27 polypropylene boxes at a density of 1 tadpole/L. The experimental design consisted of a factorial arrangement with three levels of digestible protein (27; 31 and 35%) and three levels of digestible energy (2700; 2800 and 2900kcal/kg) with three repetitions. Parameters evaluated at 60 days were weight gain, feed intake, dietary protein intake, feed conversion, protein efficiency rate and survival rate. Results were subjected to analysis of variance and Duncan test (95% accuracy), and presented no interaction between digestible protein and digestible energy for any parameter evaluated. As for the digestible protein, significant differences were detected in the dietary protein intake, and protein efficiency rate, evidencing inefficiency of diets with high protein values. Bullfrog tadpoles should be given diets with 27% digestible protein by having the best result for the protein efficiency rate and for the dietary protein intake, with the lowest value and similar to other levels among evaluated parameters.
Palavras-chave: Exigências de energia
Exigências proteica
Nutrição
Ranicultura
Frog culture
Frogs diets
Energy requirements
Protein requirements
Nutrition
Editor: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S1519-99402012000400023
https://locus.ufv.br//handle/123456789/26456
Data do documento: Out-2012
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdftexto completo68,46 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.