Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/26583
Tipo: Artigo
Título: Adsorção de arsenato (HAsO42-) pela fração argila de solos das Penínsulas Keller e Barton, ilha Rei George, Antártica Marítima
Autor(es): Francelino, Márcio Rocha
Poggere, Giovana Clarice
Melo, Vander de Freitas
Simas, Felipe Nogueira Bello
Schaefer, Carlos Ernesto Gonçalves Reynaud
Abstract: Objetivou-se determinar a capacidade máxima de adsorção de As(V) na forma de HAsO42- (CMAAs) pela fração argila de solos em diferentes ambientes nas Penínsulas Keller e Barton, Ilha Rei George, Antártica Marítima. Foram realizadas análises química e granulométrica na terra fina seca ao ar, e na fração argila quantificou-se o material amorfo e a CMAAs. Os dados das análises químicas, granulometrica e da fração argila foram correlacionados com a CMAAs. A CMAAs foi baixa (3.554 mg kg-1), sendo o perfil com influência ornitogênica de pinguins o que apresentou os maiores valores. O pH básico das soluções de saturação não favoreceu a adsorção da espécie desprotonada HAsO42-. A quantidade de argila dos solos foi menos importante que a composição mineralógica na dinâmica de retenção de HAsO42-, sendo que os óxidos de Al e Fe amorfos foram os principais responsáveis pela adsorção desse poluente.
The aim of this study was to determine the maximum capacity for the adsorption of As(V) in the form of HAsO42- (MACAs) by the clay fraction of soils in different environments of the Keller and Barton Peninsulas, King George Island, Maritime Antarctic. Chemical and particle size analyses were carried out on air-dried fine earth. The amorphous material and MACAs in the clay fraction were quantified. Data from the chemical analysis, particle size analysis and clay fraction were correlated with the MACAs. The MACAs was low (3,554 mg kg-1), with the profile under the ornithological influence of penguins displaying the highest values. The basic pH of the saturated solutions did not favour the adsorption of the deprotonated HAsO42- species. The amount of clay in the soil was less important than the mineralogical composition in the dynamics of HAsO42- retention, with the amorphous oxides of Al and Fe being mainly responsible for the adsorption of the pollutant.
Palavras-chave: Poluição ambiental
Adsorção específica e não específica
Material amorfo
Environmental pollution
Specific and non-specific adsorption
Amorphous material
Editor: Revista Ciência Agronômica
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.5935/1806-6690.20170002
https://locus.ufv.br//handle/123456789/26583
Data do documento: Jan-2017
Aparece nas coleções:Solos - Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdftexto completo217,13 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.