Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2668
Tipo: Dissertação
Título: APRImora: uma infraestrutura semântica para reuso de artefatos computacionais
Título(s) alternativo(s): APRImora: a semantic infrastructure for computational artifact reuse
Autor(es): Ribeiro, Angélica Aparecida de Almeida
Primeiro Orientador: Lisboa Filho, Jugurta
Primeiro coorientador: Oliveira, Alcione de Paiva
Primeiro avaliador: Braga, José Luis
Segundo avaliador: Pontes, Flavio Vieira
Abstract: A Infraestrutura de Reuso de Padrões de Análise (APRI) foi proposta por Vegi (2012) para possibilitar a disseminação e evolução de padrões de análise usando uma abordagem voltada a Web Services. Os padrões de análise são armazenados em um repositório e documentados utilizando um perfil de metadados específicos denominado Perfil de Aplicação do Dublin Core para Padrões de Análise (DC2AP). Atualmente, a APRI é composta apenas por padrões de análise, sendo assim, essa dissertação propõe estender a estrutura da APRI para uma infraestrutura que seja capaz de suportar padrões de projeto. Padrões de projeto identificam os principais aspectos de uma estrutura de projeto que seja comum e capaz de ser útil para a criação de outros projetos orientados a objetos, descrevendo como, onde e em qual situação eles devem ser aplicados e quais as consequências de seu uso. Com a adição de padrões de projeto na APRI será possível auxiliar na catalogação e busca desses padrões, facilitando a sua descoberta, estudo e o reuso mais amplo do mesmo. Dentre os objetivos específicos está o desenvolvimento de um perfil de metadados para documentar padrões de projeto, denominado Perfil de Aplicação Dublin Core para documentar Padrões de Projeto (DC2DP). Mas não basta apenas adicionar repositórios à estrutura da APRI, é necessário dar subsídios para que os padrões possam ser recuperados e dessa forma reutilizados. Sendo assim, essa dissertação propõe estender a APRI para uma infraestrutura semântica para reuso de artefatos computacionais, que recebe o nome de APRImora. Dessa forma pretende-se melhorar o potencial de reuso dos padrões presentes nessa infraestrutura, através da utilização das camadas da Web Semântica para adicionar semântica aos elementos e apoiar na recuperação de forma precisa dos padrões. Esta arquitetura irá auxiliar os projetistas a encontrar de forma mais eficiente os padrões existentes, levando-os a adicionar estes padrões em seus projetos, poupando assim tempo no desenvolvimento sem a necessidade de iniciar o projeto do zero.
The Analysis Pattern Reuse Infraestructure (APRI) was proposed by Vegi (2012) to enable the dissemination and evolution of analysis patterns using a focused approach aimed at Web Services. The analysis patterns are stored in a repository and documented using a specific metadata profile called Dublin Core Application Profile to Analysis Patterns (DC2AP).Currently, the APRI is composed only by Analysis Patterns, thus this thesis proposes an extension of the APRI structure to an infrastructure that can be capable of supporting design patterns. Design Patterns are patterns that identify the primary aspects of a project structure that are common and capable of being useful in the creation of other object oriented projects, describe ng how, where and in which situations they must be applied and are the consequences of its use. With the addition of design patterns in the APRI it will be possible to help in the cataloging and search of this patterns, facilitating their detection, study and a wider reuse of it. Among the specific objectives there is the development of a metadata profile to document design patterns, called Dublin Core Application Profile to Design Patterns (DC2DP).But just adding more repositories to the APRI structure is not enough, it is necessary to give subsidies so that the standards can be retrieved and in this way reused. Thus, this thesis also proposes the APRI extension to a Semantic Infrastructure for reuse of computational artifacts, that receives the name of APRImora. Thus it is intended to improve the potential of reusing patterns that are on this infrastructure, through the use of Semantic Web layers to add semantic elements and support the retrieving of patterns in a more precise way. This architecture will help the designers to find in the most efficient way the existing patterns, leading them to add this patterns in your projects, thus saving time without the need of starting development from scratch.
Palavras-chave: Programação
Web semântica
Sistemas de recuperação de informação
Projeto
Programming
Semantic web
Information retrieval systems
Project
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::CIENCIA DA COMPUTACAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Metodologias e técnicas da Computação; Sistemas de Computação
Programa: Mestrado em Ciência da Computação
Citação: RIBEIRO, Angélica Aparecida de Almeida. APRImora: a semantic infrastructure for computational artifact reuse. 2014. 99 f. Dissertação (Mestrado em Metodologias e técnicas da Computação; Sistemas de Computação) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2668
Data do documento: 11-Jun-2014
Aparece nas coleções:Ciência da Computação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,02 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.