Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/26712
Tipo: Dissertação
Título: Deslocamento dos operários de cupins em função do contexto social
Displacement of termite workers related with the social context
Autor(es): Ruiz Rojas, Daniela Anita
Abstract: Operários de cupins são responsáveis de executar diversas tarefas na colônia, entre estas o cuidado da prole parece ter uma proeminente significância sobre a sua ati- vidade. Operários deveriam então, otimizar o seu deslocamento, de modo atender todas as demandas que permitam garantir o funcionamento da colônia. Assim é es- perado que a presença de larvas poderia elicitar maiores efeitos no deslocamento de operários de cupins. Para testar esta hipótese avaliamos o deslocamento individual dos operários de Cornitermes cumulans, em arenas experimentais contendo diferen- tes densidades de larvas e operários. O comportamento exploratório foi medido (1) expoente alfa do Deslocamento Quadrático Médio (DQM) em função dos diferen- tes intervalos de tempo e (ii) velocidade média. O comportamento exploratório dos operários exibiu características superdifusivas, em todas as condições registradas. O expoente alfa foi afetado tanto pelo incremento na densidade de larvas como pelo incremento na densidade operários confinados nas arenas. A densidade de larvas não afetou a velocidade média mas se correlacionou negativamente com o aumento na densidade de operários. Os nossos resultados indicam que a presença de coespe- cíficos nas arenas afeta o deslocamento de operários tanto em termos físicos como biológicos. O efeito físico na restrição dos deslocamentos pode ser caracterizado pela ocupação do espaço pelos corpos dos indivíduos, dependente da densidade nas arenas. Enquanto o efeito biológico pode ser caracterizado pelas interações operário- operário que teriam restringido a velocidade. A demanda por interações com larvas parece não ser um fator determinante no deslocamento de operários. Esta tendên- cia no padrão de interatividade interindividual pode determinar na importância da conectividade entre operários, mas não entre operários e larvas para a regulação de trabalho na colônia.
Termite workers are responsible to perform various tasks in the colony, among this tasks the care of offspring seems to have a prominent significance in their activity. Workers must, then displace themselves effectively to meet all these demands in or- der to guarantee a well-functioning colony. Thus it is expected that the presence of larvae should elicit major effects over the displacement of termite workers. To test this hypothesis, we evaluated the individual displacement of workers of Corniter- mes cumulans, kept in arenas containing different densities of larvae and workers. Exploratory behavior was measured by (1) alpha exponent of the Mean Square Dis- placement (MSD) in function of different intervals of the time and (ii) average speed. The exploratory behavior of the workers exhibited superdifusive characteristics, in all conditions recorded. “The alpha exponent was affected by both the increase in the density of larvae and the increase in density workers confined in arenas. The density of larvaes did not affect the average speed, it was negatively correlated with the increase in density of workers. Our results indicate that the presence of con- specifics in arenas affects the displacement of workers both in physical and biological terms. The physical effect on the restriction of displacement can be characterized by the occupation of space for the bodies of individuals associated with the increase in density of larvae and workers. While the biological effect can be characterized by worker-worker interactions that restrict the average speed. The demand for inter- actions with larvae appears to have no significant effects on workers displacement. The trend in the pattern of interindividuals interactivity may underlie the impor- tance of connectivity of between workers, but not between workers and larvae in the regulation of the colony work.
Palavras-chave: Térmita
Cornitermes cumulans
Térmita - Comportamento
Térmita - População
Sociedade de insetos
CNPq: Ciencia entomologica
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: RUIZ ROJAS, Daniela Anita. Deslocamento dos operários de cupins em função do contexto social. 2016. 38 f. Dissertação (Mestrado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://locus.ufv.br//handle/123456789/26712
Data do documento: 16-Mai-2016
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo3,55 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.