Locus  

Absenteísmo: doença dos servidores de uma instituição de ensino federal no estado de minas gerais

Show simple item record

dc.contributor Moreira, Tiago Ricardo
dc.contributor Pereira, Debora de Carvalho
dc.contributor.advisor Henriques, Bruno David
dc.creator Pinto, Carolina de Mendonça Brandão
dc.date.accessioned 2019-09-12T11:46:41Z
dc.date.available 2019-09-12T11:46:41Z
dc.date.issued 2019-07-01
dc.identifier.citation PINTO, Carolina de Mendonça Brandão. Absenteísmo: doença dos servidores de uma instituição de ensino federal no estado de minas gerais. 2019. 57 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2019. pt-BR
dc.identifier.uri https://locus.ufv.br//handle/123456789/26973
dc.description.abstract Introdução: Absenteísmo-doença é a ausência ao trabalho ocorrida por motivo de saúde e pode ter relação com fator ambiental. O registro das licenças para tratamento da saúde (LTS) do servidor público federal é realizado no Subsistema Integrado da Saúde do Servidor (SIASS), o que possibilita conhecer o perfil de adoecimento na instituição, para fins de subsidiar ações de promoção da saúde e prevenção de acidentes. Desta forma, pretende-se conhecer sobre o absenteísmo-doença de uma Instituição de Ensino Federal de Minas Gerais, registrados no SIASS entre 2013 e 2018. Métodos: Realizou-se estudo observacional transversal e em série temporal das LTS registradas no SIASS de uma instituição no período de 2013 a 2018. As variáveis estudas foram cargo, sexo, número de dias de afastamento e o código (CID) motivador da licença. Foram calculados os índices de frequências (IF) e gravidade (IG), além de análises descritiva e estatística inferencial com a regressão linear e a regressão de Poisson. Resultados: Não houve variação nos IF e IG do absenteísmo-doença ao longo dos anos e o grupo de docentes apresentam menores índices do que o grupo de técnico-administrativos (TA). As LTS foram principalmente motivadas por transtorno osteomuscular, seguido pela saúde mental no grupo de docentes e por afecções respiratórias no grupo dos TA. Os servidores TA com até 50 anos de idade estão associados aos afastamentos por afecção da via respiratória e acima de 50 anos para motivos osteomusculares. No desfecho por transtorno psíquico não houve diferença na idade para nenhum grupo de servidor. O risco ergonômico classificado como estático foi associado aos desfechos respiratórios e psíquicos, e o risco ergonômico dinâmico associado com transtornos osteomusculares. Conclusões: O estudo do absenteísmo-doença registrado no SIASS permitiu conhecer sobre o perfil de adoecimento dos servidores da instituição. Os técnico-administrativos apresentaram maior frequência e gravidade. A doenças osteomusculares são a grande causa de afastamentos nos dois grupos. Os transtornos mentais e as doenças respiratórias são causas importantes de adoecimento. A partir dos dados apresentados é possível propor medidas em forma de Política de Saúde, que visem melhorias no ambiente e processo de trabalho, minimizando seus riscos e protegendo a saúde do servidor. Palavras-chave: Absenteísmo. Perfil de saúde. Saúde do trabalhador. pt-BR
dc.description.abstract Introduction: Absenteeism-sickness is the absence from work due to health issues and may be related to environmental factor. The federal public servant registration of licenses for health treatment (LTS) is performed in the Integrated Server Health Subsystem (SIASS), which allows to know the disease profile in the institution, for the purpose of subsidizing health promotion actions. Thus, it is intended to know the absenteeism-sickness in a Federal Education Institution of Minas Gerais registered in SIASS between 2013 and 2018. Methods: A cross-sectional and time series observational study of the LTS registered at SIASS in an institution from 2013 to 2018 was performed. The variables studied were position, gender, number of days off and the motivator license code (ICD). Frequency indices (IF) and severity (IG) were calculated, as well as descriptive and inferential statistical analyzes with linear regression and Poisson regression. Results: There were no variations in the IF and GI of absenteeism-sickness over the years and the group of teachers presented lower rates than the group of technical-administrative (TA). TA servers up to 50 years old were more prevalent for respiratory tract leave, while those over 50 years old for musculoskeletal reasons. The outcome for psychic disorder showed no difference in age for any server group. Ergonomic risk classified as static was associated with respiratory and psychic outcomes, and dynamic ergonomic risk was associated with musculoskeletal disorders. Conclusions: The study of absenteeism-sickness registered in SIASS allowed to know about the disease profile of the institution's employees. The administrative technicians had higher frequency and severity. Musculoskeletal diseases are the major cause of sick leave in both groups. Mental disorders and respiratory problems are important causes of illness. From the data presented, it is possible to propose measures in the form of Health Policy aimed at improvements in the environment and work process, minimizing their risks and protecting the health of the server. Keyword: Absenteeism. Health profile. Occupational health. en
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Absenteísmo pt-BR
dc.subject Servidores públicos - Saúde e higiene pt-BR
dc.subject Medicina do trabalho pt-BR
dc.title Absenteísmo: doença dos servidores de uma instituição de ensino federal no estado de minas gerais pt-BR
dc.title Workers absenteeism: sickness in a federal educational institution in the state of Minas Gerais en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Saúde Publica pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/7511702423366175 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Medicina e Enfermagem pt-BR
dc.degree.program Mestre em Ciências da Saúde pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2019-07-01
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Ciências da Saúde [42]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account