Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2711
Tipo: Dissertação
Título: Elaboração de fórmulas enterais artesanais de baixo custo adequadas em fluidez e osmolalidade
Título(s) alternativo(s): Developing of handmade enteral formulations of lower cost adequate in fluidity and osmolarity
Autor(es): Ferreira, Renata de Souza
Primeiro Orientador: Rosado, Gilberto Paixão
Primeiro coorientador: Pereira, Conceição Angelina dos Santos
Segundo coorientador: Rosado, Lina Enriqueta Frandsen Paez de Lima
Primeiro avaliador: Henriques, Gilberto Simeone
Segundo avaliador: Souza, Eliana Carla Gomes de
Abstract: A nutrição enteral consiste na administração de nutrientes (por meio de alimentos e ou suplementos nutricionais) através do trato gastrointestinal, com auxílio de sonda, quando a ingestão oral não está adequada. Alternativa de dieta enteral são as preparações artesanais, que consistem em soluções nas quais são utilizados alimentos in natura, produtos alimentícios e ou módulos de nutrientes. As dietas enterais artesanais apresentam vantagens, tais como a individualização da fórmula quanto à composição de nutrientes e ou volume, além de menor custo em relação à industrializada. Este trabalho objetivou elaborar fórmulas enterais artesanais, quimicamente definida, de baixo custo, com controle de estabilidade, fluidez e osmolalidade. Para tal procedeu-se a seleção dos alimentos, higienização, cocção (dos que requeriam este processo), liquidificação, homogeneização e passagem por peneira para produção das fórmulas. Foram elaborados 4 tipos de formulações: mingaus, coquetéis de fruta com leite, coquetéis e preparações à base de vegetais adicionadas de uma fonte protéica. A osmolalidade foi determinada pelo método crioscópico. A fluidez das fórmulas foi avaliada considerando seu fluxo por sonda naso-gástrica pediátrica de 2,1 mm de diâmetro interno e a composição nutricional foi obtida utilizando-se tabelas de composição química de alimentos. Obteve-se 52 formulações adequadas quanto à fluidez, estabilidade e osmolalidade (< 450 mOsm/ L), sendo 4 denominadas mingaus, 12 coquetéis de fruta com leite, 8 coquetéis e 28 preparações à base de vegetais. As preparações à base de vegetais foram as que tiveram menores valores de osmolalidade. Os mingaus apresentaram densidade calórica em torno de 1Kcal/ mL, o que representou a maior densidade calórica dentre todas as fórmulas. Os coquetéis de fruta com leite tiveram valores de osmolalidade menores que os mingaus, mas a densidade calórica apresentou-se mais baixa. As quantidades de alguns ingredientes foram reduzidas para adequar a osmolalidade das formulações, como suco de laranja, melancia, farinha láctea e suplementos alimentares industrializados. Os coquetéis apresentaram densidade calórica muito baixa, tendo como principal fonte energética os carboidratos, sendo estes também ricos em fibras. As preparações denominadas coquetéis e à base de vegetais são isentas de lactose. As formulações em geral apresentaram bons teores preditivos de fibras. Ocorre diferença de fluidez dependendo do alimento utilizado, mesmo sendo do mesmo grupo. As preparações enterais artesanais tiveram custo pelo menos 3,7 vezes menor que as dietas industrializadas em pó, representando uma alternativa aos pacientes com menor poder aquisitivo para receber suporte nutricional domiciliar, reduzindo assim o tempo de hospitalização e o risco de se desnutrirem após alta hospitalar.
The enteral nutrition consists in the administration of nutrients (food and/or nutritional supplements) into the gastrointestinal tract by using a probe when the oral ingestion is inadequate. Handmade preparations represent an option of enteral diet, which consist in solutions in which the foods are used freshly, or food products and/or modules of nutrients. The handmade enteral diets exhibit some advantages, such as possibility of changing the composition and the volume of nutrients depending on the patient needs, besides the lower cost, in comparison with the manufactured one. This study aimed at developing inexpensive handmade enteral formulations, with known chemical composition, control of stability, fluidity and osmolarity. In order to meet this goal, the foods were submitted to selection, hygiene, cooking (if required), liquefying, homogenizing and passage through a sieve to prepare the formulas. Four different formulations were prepared: porridges, fruit milkshakes, cocktails and preparations containing vegetables plus a source of protein. The osmolarity was assessed by cryoscopy. The fluidity of the formulations was evaluated considering their flow through pediatric probe (2.1 mm internal diameter) and the nutritional composition was determined using tables of chemical composition of foods. Fifty-two formulations were in a suitable range of fluidity, stability and osmolarity (< 450 mOsm/l). Among them, 4 were porridges, 12 milkshakes, 8 cocktails and 28 preparations containing vegetables. The vegetables-based preparations yielded the lowest values of osmolarity. The porridges yielded caloric density of approximately 1 Kcal/ml, which represents the highest value when compared with the other formulations. The milkshakes with fruits yielded osmolarity values lower than those found for porridges, but the caloric density was lower. The amounts of some ingredients were reduced to adjust the osmolarity of the formulations, such as orange or watermelon juice, flour milk powder and manufactured food supplements. The cocktails yielded very low caloric density, having carbohydrates as main source of energy, and representing a good source of fibers. The cocktails and the vegetables- based preparations are free of lactose. The formulations yielded overall good predictable content of fibers. There is difference in fluidity depending upon the food used, even from the same group. The handmade enteral preparations had at least 3.7 times lower cost than the manufactured powder products, representing a choice for patients who have lower purchasingpower to afford domestic nutritional support, thus reducing the duration of hospitalization and the risk of malnutrition after leaving hospital.
Palavras-chave: Dietética
Nutrição enteral
Dietoterapia
Custo
Avaliação
Entral nutrition
Dietotherapy
Diet
Cost
Evaluation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis
Programa: Mestrado em Ciência da Nutrição
Citação: FERREIRA, Renata de Souza. Developing of handmade enteral formulations of lower cost adequate in fluidity and osmolarity. 2009. 98 f. Dissertação (Mestrado em Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2711
Data do documento: 30-Mar-2009
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf410,72 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.