Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2719
Tipo: Dissertação
Título: Vitaminas antioxidantes, citocinas e câncer de mama: um estudo casocontrole
Título(s) alternativo(s): Antioxidant vitamins, cytokines and breast cancer: a case-control study
Autor(es): Abranches, Monise Viana
Primeiro Orientador: Peluzio, Maria do Carmo Gouveia
Primeiro coorientador: Franceschini, Sylvia do Carmo Castro
Segundo coorientador: Paula, Sérgio Oliveira de
Primeiro avaliador: Moreira, Ana Vládia Bandeira
Segundo avaliador: Ribeiro, Andréia Queiroz
Abstract: Células tumorais e do sistema imune estimulam a secreção de uma variedade de citocinas e radicais livres que exacerbam o processo inflamatório, podendo culminar com a propagação do câncer. Diversos fatores ambientais podem resguardar o organismo contra o câncer. Dentre estes, o aumento do consumo de compostos antioxidantes, como as vitaminas A e E, parece diminuir o estresse oxidativo por decréscimo do dano celular causado por radicais livres formados durante as reações inflamatórias e modular a resposta imunológica. Avaliar níveis plasmáticos e teciduais de α-tocoferol, retinol e β-caroteno e diferentes mediadores inflamatórios em mulheres com câncer. A amostra foi composta por 75 mulheres, sendo 25 casos de câncer de mama (grupo CA), 26 com doença benigna da mama (grupo DBM) e 24 controles (grupo CO). Realizou-se a análise de variáveis socioeconômicas, clínicas, ginecológicas, obstétricas, antropométricas, comportamentais, além da ingestão de α-tocoferol, retinol e β-caroteno. Foram mensuradas as concentrações plasmáticas e teciduais destes compostos e dos marcadores inflamatórios IL-8, IL-10 e IFN- γ no tecido adiposo mamário. Foram realizadas análises univariadas, bivariadas e multivariadas para verificar os possíveis fatores que melhor explicam a ocorrência deste tipo câncer. Foi verificada maior ingestão de α-tocoferol (p = 0,04) e β-caroteno (p = 0,011) pelo grupo DBM, quando comparado ao grupo CA. A concentração de α- tocoferol tecidual esteve significantemente reduzida no grupo CA. Não foram encontradas diferenças significantes ao se comparar o grupo CA e CO, considerando-se estas variáveis. Os mediadores inflamatórios, IL-10, IL-8 e IFNγ estiveram aumentados em 231%, 49,1% e 57,5%, respectivamente, no grupo CA em relação ao grupo DBM. A menor ingestão e consequente menor concentração tecidual de α-tocoferol podem aumentar a chance de desenvolvimento do câncer de mama. Os resultados encontrados no presente estudo sugerem a existência de efeitos biológicos dos nutrientes sobre o sistema imunológico. A maior concentração tecidual de mediadores pró-inflamatórios no grupo de mulheres com câncer de mama demonstra que esta doença envolve a resposta imune na tentativa de eliminar as células cancerígenas. Por outro lado, a maior síntese de IL-10, mediador anti-inflamatório, pode ser um mecanismo de proteção contra a ação exacerbada dos compostos pró-inflamatórios. Sugere-se o desenvolvimento de estudos voltados a esta temática com o intuito de melhor elucidar os potenciais fatores de risco e de proteção contra o câncer de mama, bem como os mecanismos envolvidos na interação nutrientes-sistema imunológico.
Tumoral cells and immune system cells can stimulate the secretion of several kinds of cytokines and free radicals aggravating the inflammatory process that may to lead to the propagation of cancer. Various environmental factors may protect the body against cancer. Among these, the increased consumption of antioxidants such as vitamins A and E seems to decrease oxidative stress by decreasing the cellular damage caused by free radicals formed during inflammatory reactions and moreover modulate the immune response. Evaluate plasmatic and tecidual levels of α-tocopherol, retinol and β-carotene and others inflammatory mediators in women with cancer. The sample was comprised of 75 women, so that, 25 with breast cancer (CA group), 26 with Benign Breast Disease (BBD group) and 24 in Control group (CO group). Were carried out socioeconomic analysis, beyond clinical, gynecological, obstetric, anthropometric, behavioral and intake of α-tocopherol, retinol and β-carotene. Were measured the plasmatic and tecidual concentrations of these compounds and of inflammatory markers IL-8, IL-10 and IFN-γ in mammary adipose tissue. Were performed univariate, bivariate and multivariate analysis to determine the possible factors that can explain the occurrence of this kind of cancer. Was found a higher ingestion of α-tocopherol (p = 0.04) and β-carotene (p=0.011) by BBD group, in comparison with CA group. The tecidual concentration of α-tocopherol was significantly reduced in CA group. No significant differences were found between CA and CO groups, considering these variables. Inflammatory mediators, IL-10, IL-8 and IFN were increased by 231 %, 49.1 % and 57.5 %, respectively, in CA group in comparison as DBM group. The lower ingestion and consequent lower tecidual concentration of α-tocopherol may increase the possibility of developing breast cancer. The results of this study suggest the existence of biological effects of nutrients on the immune system. The highest tecidual concentration of pro-inflammatory mediators in the group of women with breast cancer shows that this disease involves the immune response in an attempt to eliminate cancer cells. On the other hand, the enhanced synthesis of IL-10, anti-inflammatory mediator, may be a protective mechanism against the action exacerbated the pro-inflammatory compounds. The development of further studies involving this issue are necessary in order to elucidate the potential risk factors and of protection against breast cancer and the mechanisms involved in the interaction between nutrients and immune system.
Palavras-chave: Câncer de mama
Alfa-tocoferol
Retinol
Beta-caroteno
Marcadores inflamatórios
breast cancer
Alfa-tocopherol
Retinol
Beta-carotene
Inflammatory markers
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis
Programa: Mestrado em Ciência da Nutrição
Citação: ABRANCHES, Monise Viana. Antioxidant vitamins, cytokines and breast cancer: a case-control study. 2009. 117 f. Dissertação (Mestrado em Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2719
Data do documento: 29-Jun-2009
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,03 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.