Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2728
Tipo: Dissertação
Título: Efeito do resíduo da moagem a seco de milho micropulverizado no metabolismo lipídico, na glicemia e na composição corporal em ratos alimentados com dieta de cafeteria
Título(s) alternativo(s): Effect of residue from the dry milling of corn micropulverizado on lipid metabolism in blood glucose and body composition in rats fed the cafeteria diet
Autor(es): Moraes, Vanessa Barbosa de
Primeiro Orientador: Costa, Neuza Maria Brunoro
Primeiro coorientador: Martino, Hércia Stampini Duarte
Segundo coorientador: Paes, Maria Cristina Dias
Primeiro avaliador: Bressan, Josefina
Segundo avaliador: Moreira, Ana Vládia Bandeira
Abstract: O aumento da prevalência de sobrepeso e obesidade está relacionado ao estilo de vida sedentário e ao excesso de ingestão alimentar, maior ingestão de gordura saturada e carboidrato simples e redução no consumo de frutas, hortaliças e carboidratos complexos. A ingestão de fibra alimentar pode reduzir a absorção de lipídios, aumentar a saciedade, o volume do bolo fecal e acelerar o trânsitointestinal. O resíduo fibroso de milho é constituído da fração do pericarpo do milho, podendo ser fonte de fibra alimentar capaz de reduzir a digestão e absorção de lipídios diminuindo o ganho de peso e o acúmulo de gordura corporal. O objetivo do trabalho foi avaliar os efeitos funcionais do resíduo da moagem a seco de milho micropulverizado nas alterações de consumo alimentar e ganho de peso, deposição de gordura visceral e de lipídios no fígado, composição corporal, composição e peso das fezes, glicemia e perfil lipídico em ratos alimentados com dieta de cafeteria. As amostras de resíduo de milho foram coletadas aleatoriamente e fornecidas pela Unidade de Processamento de Milho da Cooperativa Integrada, localizada em Andirá, PR. Foram utilizados 52 ratos (4 grupos, n=13) machos Wistar, adultos, com peso inicial de 249±14 g. Os animais receberam dieta AIN-93M (Grupo 1) e dieta de cafeteria (Grupos 2, 3 e 4), cujos ingredientes foram: ração comercial, biscoito doce, batata palha, chocolate ao leite, bacon e patê de fígado de galinha. Nos grupos 3 e 4 foi adicionado o resíduo de milho na proporção equivalente a 100 e 50% do teor de fibra da dieta AIN-93M, respectivamente. Durante o experimento foi controlado o ganho de peso e consumo alimentar, as fezes foram coletadas durante os últimos cinco dias de experimento. Após 35 dias foi realizada a eutanásia, coletados os tecidos, o sangue e as carcaças para as análises. Os dados foram analisados pelo teste de Tukey para as comparações entre três ou mais grupos independentes, ao nível de significância de p<0,10. O grupo cafeteria teve ganho ponderal de 25,9%, enquanto os grupos que receberam resíduo de milho nas concentrações de 100 e 50% ganharam 20,8 e 22,0%, respectivamente, demonstrando que o resíduo de milho foi eficaz na modulação do ganho de peso. O consumo alimentar não diferiu entre os grupos. Os animais que receberam dieta de cafeteria apresentaram maior acúmulo de gordura visceral, no entanto, os grupos que receberam fibra de milho tiveram menor deposição de lipídios na região visceral, 48,8; 36,0; 43,4%, respectivamente para os grupos cafeteria, cafeteria + 100% de resíduo de milho e cafeteria + 50% de resíduo de milho. A adição de resíduo de milho às dietas de cafeteria não alterou estatisticamente o perfil lipídico dos ratos, no entanto, favoreceu menor acúmulo de lipídios no fígado, sendo 1,46; 1,37 e 1,38 mg/g, respectivamente para os grupos cafeteria, cafeteria + 100% e 50% de resíduo de milho. No estudo não foi encontrada diferença ao nível de 10% de significância para a composição corporal. O peso das fezes úmidas e secas foi diferente para todos os grupos, sendo que a presença de 100% de resíduo de milho aumentou o peso úmido e seco das fezes. Os Grupos cafeteria + 100% e 50% de resíduo de milho apresentaram maior concentração de nitrogênio e lipídios nas fezes. Diante dos resultados foi possível concluir que o resíduo da moagem a seco de milho micropulverizado pode ser uma fonte alternativa de fibra alimentar no controle do ganho de peso, acúmulo de gordura visceral e de lipídios no fígado, sendo que a adição de 100% do resíduo foi mais eficiente na redução das alterações provocadas pela dieta de cafeteria.
The increased prevalence of overweight and obesity is related to sedentary lifestyle and excess food intake, increased intake of saturated fat and simple carbohydrate and reduction in consumption of fruits, vegetables and complex carbohydrates. The intake of dietary fiber may reduce the absorption of fat, increase satiety, the amount of fecal weight and accelerate intestinal transit. The fibrous residue of corn consists of the fraction of the pericarp of the corn, may be a source of dietary fiber can reduce the digestion and absorption of lipids by lowering the weight gain and accumulation of body fat. The objective was to evaluate the functional effect of the residue of the dry milling of microfine corn food intake, body weight gain, visceral fat deposition, liver lipids, body composition, fecal composition and weight, blood glucose and lipid profile in rats fed cafeteria diet. Samples of residue of corn were collected randomly and provided by the Office of the Cooperative Corn Processing Integrated, located in Andirá, PR. We used 52 rats (4 groups, n = 13) male Wistar, adult, with initial weight of 249 ± 14 g. The animals received AIN-93M diet (Group 1) and the cafeteria diet (Groups 2, 3 and 4), whose ingredients were commercial chow, sweet biscuit, potato straw, milk chocolate, bacon and chicken-liver paté. In groups 3 and 4was added the residue of corn in the proportion of 100 and 50% of the dietary fiber content of AIN-93M, respectively. During the experimental period body weight gain and food consumption were monitored, the feces were collected during the last five days of the trial. After 35 days was performed euthanasia, collected tissues, blood and carcasses for analysis. Data were analyzed by the Tukey test for comparisons between three or more independent groups, the significance level of p <0.10. The cafeteria group had weight gain of 25.9%, while the groups receiving corn residue concentrations of 100 and 50% gained 20.8% and 22.0% respectively, showing that the residue of corn was effective in the modulation of weightgain. Food intake did not differ between groups. The animals that received the cafeteria diet had greater accumulation of visceral fat, however, the groups receiving corn fiber had lower deposition of fat visceral, 48.8, 36.0, 43.4%, respectively for groups cafeteria, cafeteria + 100% and 50% residue of corn. The addition of the corn residue to the cafeteria diet did not change statistically the lipid profile of rats, however, favored smaller accumulation of lipids in the liver, being 1.46, 1.37 and 1.38 mg / g respectively for groups cafeteria, cafeteria + 100% and 50% of corn residue. In the study there was no difference at 10% significance for body composition. The weight of wet and dry feces was different for all groups, and the presence of 100% residue of corn has increased the weight of wet and dry stool. Groups cafeteria + 100% and 50% of residue of corn had higher concentrations of nitrogen and lipids in the feces. The results alowed the conclusion that the residue of the dry milling of microfine corn may be an alternative source of dietary fiber in the control of weight gain, accumulation of visceral fat and lipids in the liver, with the addition of 100% of residue was more efficient in reducing the changes caused by the cafeteria diet.
Palavras-chave: Resíduo de milho
Obesidade
Fibra alimentar
Residue of corn
Obesity
Dietary fiber
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis
Programa: Mestrado em Ciência da Nutrição
Citação: MORAES, Vanessa Barbosa de. Effect of residue from the dry milling of corn micropulverizado on lipid metabolism in blood glucose and body composition in rats fed the cafeteria diet. 2009. 64 f. Dissertação (Mestrado em Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2728
Data do documento: 16-Jul-2009
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf374,95 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.