Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/27386
Tipo: Dissertação
Título: Níveis séricos de CA 15.3 em cadelas portadoras de tumor de mama com diferentes estadiamentos clínicos
Series levels of CA 15.3 in bitters of breast tumor with different clinical stability
Autor(es): Paganini, Alan Peruzzo
Abstract: Dada a frequência com que surgem na rotina veterinária e a importância que os cães possuem como animais de companhia, o estudo das neoplasias mamárias caninas ganha destaque na medicina veterinária. Portadores dessa afecção encontram-se em situação de risco para o desenvolvimento de metástases, mesmo após longos períodos de remissão. O antígeno cancerígeno (CA) 15.3 é atualmente considerado o marcador tumoral mais sensível no acompanhamento de mulheres com câncer de mama, principalmente na detecção de metástases, antes mesmo do surgimento de manifestações clínicas. Tendo em vista a falta de estudos com marcadores tumorais e a alta incidência das neoplasias mamárias e metástases em cadelas, o objetivo do presente trabalho foi realizar um estudo comparativo das concentrações séricas de CA 15.3 em cadelas sadias e com tumor de mama nos diferentes estágios da afecção, correlacionando sua expressão com os achados de hemograma e bioquímica sérica. Para tal, foram selecionadas 51 cadelas de idades e raças variadas, sendo 10 sadias, integrando o grupo controle, e as demais diagnosticadas com tumor de mama, atendidas no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Viçosa. As cadelas foram divididas em seis grupos, o controle (G0) composto por cadelas hígidas, G1, G2, G3, G4 e G5, composto por cadelas classificadas em TNM 1, 2, 3, 4 e 5 respectivamente. Foram feitas avaliações hematológicas e o soro obtido desses animais foi processado por meio de quimioluminescência para detecção da concentração sérica do CA 15.3. Observou-se que os valores do biomarcador tumoral avaliado apresentaram variação estatística significativa, aumentando a quantificação sérica de acordo com a elevação do estadiamento tumoral. Portanto, a expressão do CA 15.3 contribui para o diagnóstico precoce de metástases e monitoramento de recidivas, pois houve diferença estatística significativa entre os grupos. Quanto mais avançado o estadiamento tumoral, maior a quantificação sérica do marcador. A partir dos resultados encontrados pode-se sugerir a CA 15.3 como ferramenta importante no estadiamento clínico de neoplasias mamárias em cadelas.
Given the frequency with which they arise in veterinary routine and the importance that dogs have as pets, the study of canine mammary neoplasms is highlighted in veterinary medicine. Patients with this condition are at risk for the development of metastases, even after long periods of remission. The carcinogenic antigen (CA) 15.3 is currently considered the most sensitive tumor marker in the follow-up of women with breast cancer, especially in the detection of metastases, even before the appearance of clinical manifestations. In view of the lack of studies with tumor markers and the high incidence of mammary neoplasms and metastases in female dogs, the aim of this study was to perform a comparative study of serum CA 15.3 concentrations in healthy and breast tumor dogs in different stages of the disease. correlating its expression with the findings of blood count and serum biochemistry. For this, 51 dogs of different ages and races were selected, 10 healthy, integrating the control group, and the others diagnosed with breast tumor, attended at the Veterinary Hospital of the Universidade Federal de Viçosa. The bitches were divided into six groups, the control (G0) composed of healthy bitches, G1, G2, G3, G4 and G5, composed of bitches classified in TNM 1, 2, 3, 4 and 5 respectively. Hematological evaluations were performed and the serum obtained from these animals was processed by chemiluminescence to detect the serum concentration of CA 15.3. It was observed that the values of the tumor biomarker evaluated showed significant statistical variation, increasing the serum quantification according to the elevation of tumor staging. Therefore, the expression of CA 15.3 contributes to the early diagnosis of metastases and monitoring of relapses, as there was a statistically significant difference between the groups. The more advanced the tumor staging, the higher the serum quantification of the marker. From the results found, CA 15.3 can be suggested as an important tool in the clinical staging of mammary neoplasms in female dogs.
Palavras-chave: Cães - Doenças
Marcadores biológicos de tumor
Diagnóstico precoce
Prognóstico
Neoplasias da Mama
CNPq: Clinica Cirurgica Animal
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: PAGANINI, Alan Peruzzo. Níveis séricos de CA 15.3 em cadelas portadoras de tumor de mama com diferentes estadiamentos clínicos. 2018. 30 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://locus.ufv.br//handle/123456789/27386
Data do documento: 31-Jul-2018
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo226,79 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.