Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2746
Tipo: Dissertação
Título: Aplicabilidade de parâmetros antropométricos e de bioimpedância elétrica na avaliação do estado nutricional de idosos
Título(s) alternativo(s): Applicability of anthropometric parameters and bioelectrical impedance in the nutritional status assessment of elderly
Autor(es): Mello, Amanda de Carvalho
Primeiro Orientador: Tinôco, Adelson Luiz Araújo
Primeiro coorientador: Koury, Josely Correa
Segundo coorientador: Rosado, Lina Enriqueta Frandsen Paez de Lima
Primeiro avaliador: Bressan, Josefina
Segundo avaliador: Ribeiro, Rita de Cássia Lanes
Terceiro avaliador: Ribeiro, Andréia Queiroz
Abstract: O presente estudo epidemiológico objetivou determinar a aplicabilidade do ângulo de fase (AF) e da análise vetorial por bioimpedância elétrica (BIVA) na avaliação do estado nutricional em idosos. Utilizou-se delineamento transversal, no qual foram avaliados 70 idosos de 60 a 98 anos (n=33 homens; n=37 mulheres) atendidos pelos Programas de Saúde da Família do município de Viçosa-MG. Para obtenção da amostra, realizou-se uma triagem nas treze unidades de saúde da família, onde foram aferidos massa corporal (MC), estatura, índice de massa corporal (IMC), circunferência da cintura (CC), panturrilha (CP) e altura do joelho (AJ) e obtidas informações sobre doenças e uso de medicamentos de 864 idosos de ambos os sexos. Destes idosos, incluiu-se na amostra 33 homens e 37 mulheres considerados saudáveis ou hipertensos controlados por uso de medicamentos, com IMC entre 22 e 27 kg/m2. Foram mensuradas MC, estatura, IMC, circunferência do braço (CB), circunferência muscular do braço (CMB), CP, dobras cutâneas triciptal (DCT), biciptal (DCB), subescapular (DCSE) e suprailíaca (DCSI), massa livre de gordura (MLG), gordura corporal (GC) e percentual de gordura corporal (%GC). A partir da bioimpedância elétrica (BIA), foram obtidos valores de resistência (R), reatância (Xc), calculado AF e aplicada BIVA. Como indicadores bioquímicos foram realizados hemograma completo e a determinação da concentração de albumina. A análise estatística constou dos coeficientes de correlação de Pearson e Spearman, test t de Student, Mann-Whitney, teste T2 de Hotteling e para análise da distância entre os vetores de BIA, foi calculada a distância D de Malahanobis. Os resultados demonstraram que os idosos encontravam-se saudáveis segundo os exames bioquímicos. Quanto à composição corporal, apesar do IMC semelhante, os homens apresentaram maiores valores de AF e indicadores de massa muscular, enquanto que as mulheres, de parâmetros de adiposidade. Observou-se uma tendência de redução dos parâmetros de massa magra e de gordura com o aumento da idade em ambos os sexos, exceto de MLG em homens. O AF foi significantemente menor nas mulheres mais velhas e mostrou associação positiva com MLG em homens e negativa com %GC nestes e em mulheres acima de 70 anos. A BIVA demonstrou que o vetor de impedância das mulheres situou-se significantemente mais à direita do gráfico RXc, no sentido de menos massa e estrutura , quando comparada aos homens. Concluiu-se que o AF e os vetores da BIVA são adequados para auxiliar na determinação do estado nutricional de idosos de ambos os sexos, uma vez que foi capaz de detectar as diferenças na qualidade da composição corporal e as alterações do avanço da idade. Devido à sua simplicidade e não-invasividade, sugere-se a utilização da BIA em programas de vigilância nutricional, na rotina geriátrica e prática clínica com idosos.
This study aimed to evaluate the applicability of phase angle (PA) and bioelectrical impedance vector analysis (BIVA) in the nutritional status assessment of elderly. There was an epidemiological study of cross design, in which 70 elderly individuals aged 60 to 98 years old (n=33 men; n=37 women) assisted by Family Health Program of the municipality Viçosa-MG were evaluated. To selection of the sample, it was made a screening in the thirteen units of Family Health Program. Weight, stature, waist circumference (WC), calf circumference (CC), knee height, body mass index (BMI) and informations about diseases and medicines consumption were obtained of the 864 volunteers of both sexes. Of these, were included in the sample 33 men and 37 women considered healthy or with hypertension controlled through medication, with BMI between 22 to 27 kg/m2. The anthropometric indicators evaluated were: weight, stature, BMI, CC, arm circumference (AC), arm muscle circumference (AMC), triceps (TST), Bicipital (BST), subscapular (SST) and suprailiac (SIST) skinfold thickness. The fat free mass (FFM), fat mass (FM) and percentage fat mass (%FM) were calculated. Resistence (R) and reactance (Xc) from bioelectrical impedance (BIA) were used to calculate PA. The BIVA was applied. Statistical analysis consisted of the coefficient correlation of Pearson and Spearman, the Student t test, Mann-Whitney, Hotteling s T2 test and the distance of the vectors of the impedance was calculated by Mahalanobis D distance. The biochemical analysis consisted of complete blood cell count and serum albumin concentration. The results presented that, although both sexes showed similars BMI, the body composition was different. The values for PA and muscle mass indicators were higher in the male group and fat mass indicators, were higher in the female group. A reduction trend of the muscle mass and fat mass indicators was observed in both sexes with advancing age, excepted of FFM in men. Women > 70 y showed significant minor values of PA. The PA had positive association with FFM in men and negative association %FM in men and women > 70 y. There was a significant displacement of the mean women s impedance vector to less mass and structure in RXc graph compared with men s vector. It concluded that the PA and BIVA are good indicators in the determination of the nutritional status of elderly individuals, a time that they were capable to detect the differences in the body composition quality and the modifications of the advancing age. Because of the simplicity and non-invasiveness, it is suggested the use of BIA in nutritional surveillance programs, geriatric routine and clinical practice in aged.
Palavras-chave: Idosos
Avaliação nutricional
Antropometria
Bioimpedância elétrica
Elderly
Nutritional assessment
Anthropometry
Bioelectrical impedance
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis
Programa: Mestrado em Ciência da Nutrição
Citação: MELLO, Amanda de Carvalho. Applicability of anthropometric parameters and bioelectrical impedance in the nutritional status assessment of elderly. 2009. 146 f. Dissertação (Mestrado em Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2746
Data do documento: 25-Set-2009
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.