Locus  

Desempenho da soja cultivada em sucessão a milho e a sorgo

Show simple item record

dc.contributor Pimentel, Leonardo Duarte
dc.contributor.advisor Dias, Luiz Antônio dos Santos
dc.creator Paixão, Mateus Queiroz da
dc.date.accessioned 2019-12-02T19:07:52Z
dc.date.available 2019-12-02T19:07:52Z
dc.date.issued 2019-08-14
dc.identifier.citation PAIXÃO, Mateus Queiroz da. Desempenho da soja cultivada em sucessão a milho e a sorgo. 2019. 31 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2019. pt-BR
dc.identifier.uri https://locus.ufv.br//handle/123456789/27472
dc.description.abstract O sorgo (Sorghum bicolor) vem se destacando como opção vantajosa no cultivo de segunda safra, em sucessão com a soja no cerrado brasileiro. Todavia, estudos mostram evidências de efeito alelopático do sorgo capaz de interferir no desempenho da soja quando semeada em sucessão. Porém, pouco se sabe sobre a interferência da rebrota do sorgo sobre o desempenho da soja, e se ocorre alteração desse efeito com o tempo em condição de campo. Objetivou-se com esse trabalho avaliar o possível efeito alelopático da rebrota do sorgo sobre a soja em sucessão, em diferentes épocas de plantio após dessecação do sorgo. O experimento foi conduzido no delineamento de blocos casualizados, com 2 ambientes de semeadura da soja: após cultivo do milho e após do sorgo, sobre a rebrota (culturas antecessoras), e 5 épocas de semeadura da soja: 10, 18, 26, 34 e 42 dias após dessecação da área (DAD), com quatro repetições. Foram avaliados na soja: emergência (E), índice de velocidade de emergência (IVE), altura de plantas (AP), altura de inserção da primeira vagem (AV), número de vagens por planta (NVP), palhada (PA), produtividade de grãos (PG) e os teores foliares de N, P, K, Ca, Mg e S. Não houve interação entre os ambientes e as épocas de semeadura para análise conjunta. A soja apresentou os maiores valores para AP, AV, PA e PG quando cultivada em sucessão a rebrota de sorgo. Houve diferença entre AV entre as datas de semeadura da soja após dessecação, com os maiores valores encontrados em 34 e 42 DAD. As características E e IVE tiveram diferença apenas para as datas de semeadura, porém, não manteve um padrão esperado ao longo do tempo. Para os nutrientes foliares avaliados na soja, o N teve o maior acúmulo no ambiente de rebrota de sorgo. Já o Mg, acumulou mais no ambiente do milho. A variação dos nutrientes influenciou na produtividade da soja, que teve seus maiores valores no ambiente de rebrota de sorgo. A comparação dos ambientes dentro de cada época de semeadura da soja, não teve diferença entre E e IVE. Em contrapartida, todas épocas de plantio tiveram as maiores médias no ambiente com sorgo para AV, NVP, AP, PA e PG. Conclui-se que o desenvolvimento da soja foi beneficiado na presença da palhada da rebrota do sorgo, não evidenciando efeito alelopático tóxico nas condições do experimento sobre a cultura da soja. Palavras-chave: Sorghum bicolor. Glicine max. Aleloquímicos. Zea mays. pt-BR
dc.description.abstract The Sorghum (Sorghum bicolor) has been highlighted as an advantageous option in second crop cultivation, in succession with soybeans in the Brazilian cerrado. However, studies show evidence of an allelopathic effect of sorghum that can interfere with soybean performance when sown in succession. However, little is known about the interference of sorghum regrowth on soybean performance, and whether this effect changes over time under field conditions. The objective of this study was to evaluate the possible allelopathic effect of sorghum regrowth on soybean in succession at different planting times after sorghum desiccation. The experiment was conducted in a randomized block design with 2 soybean sowing environments: after corn cultivation and after sorghum, on regrowth (predecessor crops), and 5 soybean sowing times: 10, 18, 26, 34 and 42 days after area desiccation (DAD), with four repetitions. The following were evaluated in soybean: emergence (E), emergence speed index (LVI), plant height (AP), first pod insertion height (AV), number of pods per plant (NVP), straw (PA), grain yield (PG) and leaf contents of N, P, K, Ca, Mg and S. There was no interaction between environments and sowing dates for joint analysis. Soybean presented the highest values for AP, AV, PA and PG when cultivated in succession to sorghum regrowth. There was a difference between VA between soybean sowing dates after desiccation, with the highest values found at 34 and 42 DAD. Characteristics E and IVE differed only for sowing dates, but did not maintain an expected pattern over time. For the leaf nutrients evaluated in soybean, N had the highest accumulation in the environment of sorghum regrowth. Already Mg, accumulated more in the environment of corn. The variation of nutrients influenced soybean yield, which had its highest values in the environment of sorghum regrowth. The comparison of environments within each soybean sowing season had no difference between E and IVE. In contrast, all planting seasons had the highest averages in the environment with sorghum for AV, NVP, AP, PA and PG. It was concluded that soybean development benefited in the presence of sorghum regrowth straw, showing no toxic allelopathic effect under the conditions of the experiment on soybean crop. Keywords: Sorghum bicolor. Glicine max. Allelochemicals. Zea mays en
dc.description.sponsorship Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Sorghum bicolor pt-BR
dc.subject Glicine max pt-BR
dc.subject Aleloquímicos pt-BR
dc.subject Zea mays pt-BR
dc.title Desempenho da soja cultivada em sucessão a milho e a sorgo pt-BR
dc.title Performance of soybean grown in succession to corn and sorghum en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Fitotecnia pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/4519499632139072 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Fitotecnia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Fitotecnia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2019-08-14
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Fitotecnia [884]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account