Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2748
Tipo: Dissertação
Título: Fatores de risco para doenças cardiovasculares em adolescentes com triagem positiva para transtornos alimentares, de Viçosa, MG
Título(s) alternativo(s): Risk factors for cardiovascular disease in adolescents with positive screening for eating disorders, of Viçosa, MG
Autor(es): Cecon, Roberta Stofeles
Primeiro Orientador: Priore, Sílvia Eloiza
Primeiro coorientador: Franceschini, Sylvia do Carmo Castro
Segundo coorientador: Peluzio, Maria do Carmo Gouveia
Primeiro avaliador: Eisenstein, Evelyn
Abstract: Transtornos alimentares são distúrbios psiquiátricos caracterizados por comportamentos alimentares anormais e preocupação excessiva com o peso, sendo a anorexia e bulimia nervosas quadros clássicos. Comprometimento do estado nutricional e alterações do perfil bioquímico são complicações que acometem esses indivíduos. Objetivou-se conhecer a prevalência de triagem positiva para anorexia e bulimia nervosas e correlacionar fatores de risco cardiovascular e a composição corporal desses adolescentes com estudantes sem triagem positiva para transtornos, na faixa etária de 15 a 19 anos. Calculou-se o número amostral levando-se em consideração população na faixa etária de estudo, de 6.533 adolescentes, residentes na zona urbana de Viçosa-MG, prevalência de 8,33% para triagem positiva de anorexia nervosa, variação aceitável de 5% e intervalo de confiança de 95%, totalizando 138 adolescentes. Todos com escore maior ou igual a 20 pontos para o Eating Attitudes Test (EAT-26) e/ou escore maior ou igual a 15 pontos para o Bulimic Investigatory Test Edinburg (BITE) foram convidados a participar e para comparação foram sorteados 45 eutróficos e 22 com excesso de peso, segundo o Índice de Massa Corporal/Idade (IMC/I). Todos participaram da avaliação antropométrica; de composição corporal; clínica e bioquímica mediante assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas com Seres Humanos da Universidade Federal de Viçosa. Participaram 216 adolescentes divididos em grupos: grupo EAT+ (escore positivo para anorexia nervosa); grupo BITE+ (escore positivo para bulimia nervosa); grupo EAT e BITE+ (escore positivo para ambos os transtornos); grupo eutrófico (sem triagem positiva para transtornos, classificados como eutróficos pelo IMC/I) e grupo excesso de peso (sem triagem positiva, classificados como excesso de peso pelo IMC/I). Dos 216 adolescentes, 90,7% (n=196) eram do sexo feminino, com idade média de 16,3 ± 1,0 anos. O grupo com triagem positiva para anorexia nervosa apresentou composição corporal e perfil antropométrico semelhante ao de eutróficos, com exceção do IMC (p=0,018) e gordura central (p=0,023). Já o grupo com triagem positiva para bulimia nervosa apresentou valores intermediários aos dois grupos (eutróficos e excesso de peso). O perfil bioquímico desses dois grupos mostrou-se semelhante ao de excesso de peso. O grupo com triagem positiva para ambos os transtornos apresentou todas as variáveis semelhantes ao de excesso de peso. Nos grupos com triagem positiva para algum transtorno verificou-se mais de 23% de excesso de peso e de 60% de porcentagem de gordura corporal elevada. A insatisfação corporal variou de 90 a 100%, predizendo a ocorrência de triagem positiva para todos os transtornos explicando, isoladamente, mais de 60% de chances desse evento. Assim, pode-se inferir que o perfil antropométrico, de composição corporal apesar de não ter apresentado associação direta com triagem positiva para anorexia e bulimia deve ser monitorado com atenção, pois é fator desencadeante da insatisfação corporal, característica principal na ocorrência de comportamentos alimentares anormais. O perfil bioquímico também deve ser estudado, pois o excesso de gordura corporal é responsável por alterar níveis de insulina, HOMAIR, colesterol e favorece o desenvolvimento do processo aterosclerótico.
Eating disorders are psychiatric disorders characterized by abnormal eating behaviors and preoccupation with weight, and anorexia and bulimia classical paintings. Compromised nutritional status and changes in clinical chemistry profile are complications that affect these individuals. The objective was to identify the prevalence of screening positive for anorexia and bulimia and correlating cardiovascular risk factors and body composition of adolescent students with no positive screen for disorders, ranging in age from 15 to 19 years. We calculated the sample size taking into account the population aged study of 6,533 adolescents in the urban area of Viçosa-MG, a prevalence of 8.33% for positive screening of anorexia nervosa, the acceptable range of 5% and confidence interval 95% to 138 adolescents. All with a score greater than or equal to 20 points for the Eating Attitudes Test (EAT-26) and/or scores greater than or equal to 15 points for the Bulimic Investigatory Test Edinburgh (BITE) were invited to participate and 45 were randomly selected for comparison and eutrophic 22 overweight, according to body mass index/age (BMI/A). All participated in the anthropometric, body composition, clinical and biochemical by signing the consent form (ICF). The study was approved by the Ethics in Research with Human Beings of the Federal University of Viçosa. Participants 216 adolescents divided into groups: EAT+ (positive score for anorexia nervosa), group BITE+ (positive score for bulimia nervosa), group EAT and BITE+ (positive scores for both disorders), group eutrophic (no positive screening for disorders classified as eutrophic by the BMI/A) and overweight group (no screening positive were classified as overweight by BMI/A). Of the 216 adolescents, 90.7% (n=196) were female, mean age 16.3 ± 1.0 years. The group who screened positive for anorexia nervosa showed body composition and anthropometric profile similar to that of normal weight, with the exception of BMI (p=0.018) and central fat (p=0.023). The group who screened positive for bulimia nervosa showed intermediate values for the two groups (normal and overweight). The biochemical profile of these two groups was similar to that of overweight. The group who screened positive for both disorders showed all variables similar to that of overweight. In the group who screened positive for any disorder was found more than 23% overweight and 60% of high body fat percentage. The body dissatisfaction ranged from 90 to 100%, predicting the occurrence of positive screening for all disorders explaining alone, more than 60% chance of this event. Thus, it can be inferred that the anthropometric profile, body composition despite not having had a direct association with positive screening for anorexia and bulimia should be closely monitored because it is a triggering factor for body dissatisfaction, the main characteristic in the occurrence of abnormal eating behaviors . The biochemical profile should also be studied, because excess body fat is responsible for changing insulin levels, HOMA-IR, cholesterol, and promotes the development of atherosclerosis.
Palavras-chave: Adolescente
Transtornos alimentares
Adolescents
Eating disorders
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis
Programa: Mestrado em Ciência da Nutrição
Citação: CECON, Roberta Stofeles. Risk factors for cardiovascular disease in adolescents with positive screening for eating disorders, of Viçosa, MG. 2011. 147 f. Dissertação (Mestrado em Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2748
Data do documento: 22-Set-2011
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,25 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.