Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2754
Tipo: Dissertação
Título: Indicadores antropométricos e de composição corporal na identificação de alterações metabólicas em homens idosos
Título(s) alternativo(s): Anthropometric and body composition indicators in the identification of metabolic alterations in elderly men
Autor(es): Anunciação, Pamella Cristine
Primeiro Orientador: Ribeiro, Rita de Cássia Lanes
Primeiro coorientador: Peluzio, Maria do Carmo Gouveia
Segundo coorientador: Cotta, Rosângela Minardi Mitre
Primeiro avaliador: Lima, Luciana Moreira
Abstract: O presente estudo objetivou avaliar o poder discriminatório de diferentes indicadores antropométricos e de composição corporal na predição de alterações metabólicas em homens idosos. Trata-se de estudo de delineamento transversal, conduzido no município de Viçosa- MG, onde foram avaliados 69 idosos do sexo masculino (60 a 92 anos), cadastrados no Programa de Saúde da Família do município em questão. O cálculo amostral considerou o total de homens idosos cadastrados (n = 2318) e a frequência esperada de síndrome metabólica (30,9%). A avaliação antropométrica incluiu peso, altura, diâmetro abdominal sagital (DAS) e os perímetros da cintura (PC), do quadril e da coxa, e índices derivados. O PC e o DAS foram aferidos em quatro locais anatômicos distintos. A composição corporal foi avaliada por meio do DEXA. A pressão arterial foi aferida por meio de um esfigmomanômetro aneroide. Os indicadores bioquímicos analisados foram colesterol total, HDL-c, LDL-c, triglicerídeos (TG), glicemia de jejum (GJ) e insulina, e calculado o índice de resistência à insulina (HOMA-IR). A análise estatística constou de testes de comparação (t de Student ou Mann Whitney e ANOVA), correlações (Pearson, Spearman e parciais) e regressão linear entre as medidas antropométricas e de composição corporal com os fatores de risco cardiometabólico. Dentre os fatores de risco investigados, destacaram-se os baixos níveis de HDL-c (30,4%) e os níveis pressóricos elevados (24,6%). Os indicadores antropométricos PC, DAS, índice de conicidade (ICO), relação cintura-estatura, relação cintura-quadril, percentual de gordura corporal e a gordura corporal relacionaram-se significativamente com três fatores de risco cardiometabólico. Na análise de regressão linear o DAS foi preditor significativo para GJ e TG, enquanto o PC e IMC foram preditores para HDL-c. Foram encontradas correlações positivas entre TG, glicemia e as quatro medidas de PC e DAS; e correlações negativas entre HDL-c e PC e DAS. Destaca-se que as maiores correlações foram entre PC aferido na menor cintura e TG; PC acima das cristas ilíacas e GJ e HDL-c; DAS no ponto médio entre as cristas ilíacas e TG, GJ e HDL-c. O DAS (r = 0,680; p < 0,01), o %GC (r = 0,651; p < 0,01) e o PC (r = 0,591; p < 0,01) apresentaram as maiores correlações com o índice HOMA-IR. Diante dos resultados encontrados, os indicadores antropométricos foram significantemente associados com fatores de risco cardiometabólico e com o índice HOMA-IR, independentemente da idade, destacando-se o diâmetro abdominal sagital. O DAS e o PC, aferidos em distintos pontos anatômicos, estiveram significativamente correlacionados com os fatores de risco cardiometabólico. Sugere-se que a medida do DAS seja adotada na avaliação de idosos tanto na prática clínica como em estudos epidemiológicos.
This study aimed to evaluate the discriminatory power of different anthropometric and body composition in the prediction of metabolic alterations in elderly men. It is cross-sectional study, conducted in Viçosa-MG, were evaluated 69 elderly males (60-92 years) included in the Programa de Saúde da Família. The anthropometric measurements included weight, height, sagittal abdominal diameter (SAD) and waist (WC), hip and thigh circumferences, and derived indices. WC and SAD were measured at four different anatomic sites. Body composition was assessed by DEXA. Blood pressure was measured by an aneroid sphygmomanometer. Biochemical indicators analyzed were total cholesterol (TC), HDL-C, LDL-C, triglycerides (TG), glucose and insulin, and calculated the index of insulin resistance (HOMA-IR). Statistical analysis consisted of comparison tests (Student's t or Mann Whitney), correlations (Pearson, Spearman and partial) and linear regression between anthropometrical and body composition indices with markers of cardiometabolic risk factors. Risk factors, such as low levels of HDL-c (30.4%) and high blood pressure (24.6%) were highlighted. Anthropometric indicators such as WC, SAD, conicity index, waist-to-height ratio, waist-tohip ratio and percentual of body fat and body fat were significantly correlated with three cardiometabolic risk factors. In linear regression analysis, the SAD was significant predictor of glucose and TG, while the WC and BMI were predictors for HDL-c. Positive correlations were found between TG, glucose and the four measures of PC and DAS; and negative correlations between HDL-c and WC and SAD. The strongest correlations were between PC measured at the smallest waist and TG; WC above the iliac crests and glucose and HDL-c, SAD at the midpoint between the iliac crests and TG, glucose and HDL-c. The SAD (r = 0.680, p < 0.001), BF% (r = 0.651, p < 0.001) and WC (r = 0.591, p < 0.001) showed the strongest correlations with HOMA-IR. Given these results, the anthropometric indicators were significantly associated with cardiometabolic risk factors and HOMA-IR, regardless of age, highlighting the SAD. The DAS and PC, measured in different anatomic sites, were significantly correlated with cardiometabolic risk factors. It is suggested that measurement of the SAD is adopted on the elderly evaluation in both clinical practice and epidemiological studies.
Palavras-chave: Antroprometria
Alterações metabólicas
Idosos
Anthropometria
Metabolic alterations
Elderly
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis
Programa: Mestrado em Ciência da Nutrição
Citação: ANUNCIAÇÃO, Pamella Cristine. Anthropometric and body composition indicators in the identification of metabolic alterations in elderly men. 2012. 118 f. Dissertação (Mestrado em Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2754
Data do documento: 31-Jul-2012
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,65 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.