Locus  

Responsabilidades e riscos compartilhados? a comunicação de riscos na logística reversa de embalagens de agrotóxicos

Show simple item record

dc.contributor.advisor Lopes, Ivonete da Silva
dc.creator Leal, Daniela de Ulysséa
dc.date.accessioned 2020-02-12T12:39:39Z
dc.date.available 2020-02-12T12:39:39Z
dc.date.issued 2019-09-20
dc.identifier.citation LEAL, Daniela de Ulysséa. Responsabilidades e riscos compartilhados? a comunicação de riscos na logística reversa de embalagens de agrotóxicos. 2019. 117 f. Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2019. pt-BR
dc.identifier.uri https://locus.ufv.br//handle/123456789/27576
dc.description.abstract Esta dissertação tem por objetivo analisar como se configura o processo de logística reversa das embalagens de agrotóxicos na microrregião de Viçosa, e como os agricultores são alertados sobre os riscos inerentes a estes produtos quando chamados a assumir sua responsabilidade compartilhada. A logística reversa foi instituída no Brasil pelo Decreto 4704/2002, que estabelece que a responsabilidade pelo pós-consumo das embalagens deve ser compartilhada entre agricultores, revendedores e fabricantes. Esta pesquisa de caráter qualitativo, utiliza como método a hermenêutica de profundidade de Thompson (1998) por sua capacidade de abarcar espaços sociais mais complexos, integrando análises dos contextos sócio-histórico e espaço-temporal, com análises formais (discursivas, conteúdo, semiótica) e críticas/interpretativas. O estudo do contexto traz a trajetória da modernização do meio rural brasileiro e o papel da comunicação nesta transformação, bem como a sistematização do processo de logística reversa no Brasil e região. As primeiras análises formais se concentraram no conteúdo nas peças comunicacionais do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), da Empresa Brasileira de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG), do comércio local, bem como bulas de produtos agrotóxicos. Foram complementadas com entrevistas realizadas. Ao analisar os dados sobre o processo de logística reversa na microrregião de Viçosa, pode-se concluir que este ainda é falho, visto que a devolução local é baixa, muitos municípios da região não estão inseridos neste processo e muitas embalagens chegam ao posto de coleta contaminadas. Entre os principais resultados das análises formais das peças de comunicação, percebeu-se que estas não esclarecem os usuários sobre os riscos que envolvem a lida com o produto agrotóxico, omitindo informações que seriam cruciais para a saúde humana e para o bem do ecossistema. Palavras-chave: Agrotóxico. Comunicação de Risco. Logística reversa. pt-BR
dc.description.abstract This dissertation aims to analyse the reverse logistics process of pesticide packaging in the Viçosa microregion, and how farmers are warned of the risk inherent to these products when called upon to assume their shared responsability. Reverse logistics of pesticide packaging was introduced in Brazil by Presidential Decree 4704/2002, which states that the responsability for post-consumer packaging must be shared between farmers, dealers and industries. This qualitative research uses Thompson's (1998) depth hermeneutics as a method because of its ability to encompass more complex social spaces, integrating social, historical and spatiotemporal context analyzes with formal (discourse, content, semiotics) analyzes, and interpretation. The context study analyzes the modernization of the Brazilian countryside and the role of communication in this transformation, as well as the systematization of the reverse logistics process in Brazil and the Viçosa region. The first formal analyzes focused on the content of the Inpev (National Institute for Empty Packaging Processing) website, the Emater- MG (Brazilian Company of Technical Assitance and Rural Extension of Minas Gerais) primer, local commerce ads, and pesticide product leaflets. This part was complemented by interviews. After analyzing the data on the reverse logistic process in the Viçosa microregion, we concluded that this process is still flawed, as the packaging from many counties in the region is not returned, and many packages arrive at the collection point contaminated. Among the main results of the formal analysis of the communication of this process, we found that the risks involved in dealing with pesticide are not clear to the users, and that information which would be crucial for human health and for the ecosystem is omitted. Keywords: Pesticides. Risk Communication. Reverse Logistic. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Agrotóxicos pt-BR
dc.subject Comunicação de riscos à saúde pt-BR
dc.subject Logística reversa pt-BR
dc.title Responsabilidades e riscos compartilhados? a comunicação de riscos na logística reversa de embalagens de agrotóxicos pt-BR
dc.title Shared responsibilities and risks? Risk communication in reverse logistics of pesticide packaging en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Extensão Rural pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/5496505040162599 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Economia Rural pt-BR
dc.degree.program Mestre em Extensão Rural pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2019-09-20
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Extensão Rural [295]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Extensão Rural

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account