Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/27838
Tipo: Dissertação
Título: Efeito da educação sobre os rendimentos provenientes do trabalho principal no Brasil: uma análise de pseudo-painel
Effect of education on earnings from main job in Brazil: a pseudo-panel analysis
Autor(es): Matos, Wiron José Saraiva
Abstract: Atualmente, a concepção de que a elevação do nível educacional resulta no aumento da produtividade e, em geral, da remuneração por parte dos indivíduos é amplamente consolidada. Tal concepção tem seus primórdios na criação da Teoria do Capital Humano, que, nas últimas décadas, vem sendo a base para diversos trabalhos que buscam analisar qual a magnitude do efeito da educação sobre os rendimentos dos indivíduos. Seguindo essa linha, esse estudo analisa o retorno salarial à educação para trabalhadores formais no Brasil, de forma separada para indivíduos do sexo masculino e feminino, utilizando como base a equação minceriana. No entanto, o modelo aqui proposto traz algumas inovações em relação aos estudos convencionais de retorno salarial à educação no Brasil. Uma destas novidades é a análise do efeito da educação sobre os salários em um intervalo de 20 anos. A segunda novidade implementada é a tentativa de se controlar os vieses de heterogeneidade não observada e de seleção amostral, de forma concomitante. Para tal, foram empilhados dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), dos anos de 1995 e 2015. Adicionalmente, foram criadas dummies de coorte e de tempo, formando um pseudo-painel com o intuito de captar os efeitos fixos e controlar os indivíduos no tempo. Em seguida, aplicou-se o procedimento em dois estágios de Heckman (1979). Os resultados apontaram um retorno crescente à educação em relação aos níveis de ensino analisados, tanto para homens quanto para mulheres. Porém, observou-se também que o retorno à escolaridade diminuiu com o passar dos anos, para ambos os gêneros. Além disso, o estudo mostrou que a experiência teve efeito maior sobre os salários dos homens no ano de 2015, enquanto para as mulheres o efeito foi maior no ano de 1995. Por fim, observou-se que o setor agrícola foi o mais penalizado em termos de retornos salariais e que houve diminuição do retorno salarial dos homens em todos os setores analisados no ano de 2015, enquanto para as mulheres houve acréscimo salarial em grande parte dos setores, o que ajudou a reduzir o gap salarial existente entre os gêneros. Palavras-Chave: Retorno salarial à educação. Pseudo-painel. Heckman. Desigualdade de gênero
The conception that raising the educational level results in increased productivity and, in general, the remuneration of individuals today is largely consolidated. Such conception has its beginnings in the creation of the Human Capital Theory, which, in the last decades, has been the basis for several studies that seek to analyze the magnitude of the effect of education on the income of individuals. Following this line, this study analyzes the wage return to education for formal workers in Brazil, separately for male and female individuals, using the Mincerian equation as a basis. However, the model proposed here brings some innovations in relation to conventional studies of wage return to education in Brazil, one of these novelties is the analysis of the effect of education on wages over a period of 20 years. The second novelty implemented is the attempt to control the biases of unobserved heterogeneity and sample selection concurrently. For this purpose, data from the Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), from 1995 and 2015, were stacked, forming a pseudo-panel. In addition, cohort and time dummies were created to capture fixed effects and control individuals over time. Then, Heckman's (1979) two-stage procedure was applied. The results showed an increasing return to education in relation to the levels of education analyzed, for both men and women. However, it was also observed that the return to schooling decreased over the years, for both genders. In addition, the study showed that experience had a greater effect on men's wages in 2015, while for women the effect was greater in 1995. Finally, it was observed that the agricultural sector was the most penalized in in terms of wage returns and that there was a decrease in the wage return of men in all sectors analyzed in 2015, while for women there was an increase in wages in most sectors, a result that helped to reduce the wage gap between genders. Keywords: Salary return to education. Pseudo-panel. Heckman. Gender inequality.
Palavras-chave: Renda - Distribuição - Brasil
Mercado de trabalho
Igualdade na educação
Sexo - Diferenças (Educação)
Retornos financeiros
CNPq: Economia da Educação
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: MATOS, Wiron José Saraiva. Efeito da educação sobre os rendimentos provenientes do trabalho principal no Brasil: uma análise de pseudo-painel . 2020. 58 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://locus.ufv.br//handle/123456789/27838
Data do documento: 20-Fev-2020
Aparece nas coleções:Economia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo728,11 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.