Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2789
Tipo: Dissertação
Título: Características clínicas, do consumo dietético e dos níveis séricos de fósforo de indivíduos com Doença Renal Crônica em hemodiálise
Título(s) alternativo(s): Clinical characteristics, dietary consumption and serum levels of phosphorus of individuals with Chronic Kidney Disease in hemodialysis
Autor(es): Silva, Sandra Tavares da
Primeiro Orientador: Ribeiro, Rita de Cássia Lanes
Primeiro coorientador: Rosa, Carla de Oliveira Barbosa
Segundo coorientador: Cotta, Rosângela Minardi Mitre
Primeiro avaliador: Bastos, Marcus Gomes
Abstract: O objetivo do presente estudo foi analisar características epidemiológicas, clínicas, bioquímicas, de consumo alimentar e dos níveis séricos de fósforo de indivíduos com Doença Renal Crônica (DRC) sob tratamento hemodialítico em acompanhamento multidisciplinar. Trata-se de um estudo observacional e analítico, conduzido num Serviço de Nefrologia, em Viçosa-MG, com participação de 75 indivíduos. As informações sobre dados clínicos, bioquímicos e antropométricos foram obtidas dos prontuários médicos. Aplicou-se o Miniexame do Estado Mental para avaliação da memória e cognição (MC), além de dois Recordatórios 24 horas (R24h) e Questionário de Frequência de Consumo Alimentar (QFCA) para caracterização de o consumo alimentar e entrevista sobre o diagnóstico da DRC. A análise estatística constou de testes de comparação (t de student, Mann Whitney, Kruskal Wallis, ANOVA e Qui- quadrado), correlações (Pearson e Spearman), post hoc de Tukey e Odds Ratio. A maioria dos indivíduos avaliados era do sexo masculino (60%) e as principais causas da DRC foram o diabetes mellitus e a hipertensão arterial. Oito indivíduos apresentaram comprometimento da MC e foram excluídos das demais análises. Não houve diferenças quanto às características clínicas e bioquímicas entre indivíduos com e sem comprometimento da MC. A maior parte dos participantes eram eutróficos (55,4%) e o consumo alimentar, segundo estado nutricional, mostrou-se próximo ao recomendado para energia e proteína. Em relação ao fósforo, 58,18% dos indivíduos apresentaram níveis séricos de fósforo superior a 5,5mg/dL, porém o consumo deste mineral esteve dentro do recomendado. Apenas 12 indivíduos foram considerados aderentes à medicação quelante pelo cálculo do percentual de adesão, mas não foram encontradas diferenças estatísticas quanto aos níveis séricos de fósforo entre indivíduos aderentes ou não à prescrição de quelantes. O diagnóstico de DRC de 40% dos participantes foi realizado em hospitais, local onde a maioria que não realizaram tratamento conservador (TC) recebeu diagnóstico. Indivíduos que realizaram TC apresentaram melhores parâmetros bioquímicos, especialmente, quando o tempo de acompanhamento pré- diálise foi superior a seis meses. Tempo de tratamento hemodialítico superior a 48 meses resultou em piora nos parâmetros bioquímicos e aumento na chance de mostrar índice de massa corporal menor que 23,5kg/m2 e valores de paratormônio sérico superiores a 300pg/dL, independente da realização do TC. A alimentação é um importante elemento do tratamento da DRC e orientações quanto ao adequado consumo calórico e de proteínas são essenciais, além da restrição de alimentos industrializados, principalmente, no sentido de reduzir a ingestão de fósforo. O cuidado com a medicação quelante de fosfato contribui para o tratamento da hiperfosfatemia, comum em hemodialíticos. Os efeitos do TC foram mais evidentes nos primeiros anos de HD, reforçando a importância dos cuidados interdisciplinares durante a HD para manutenção e prolongamento dos benefícios do TC e para melhor controle metabólico mesmo de indivíduos sem este tratamento prévio.
The aim of this study was to analyze epidemiological, clinical and dietary intake of individuals with Chronic Kidney Disease (CKD) on hemodialysis (HD) in multidisciplinary care. This study observational and analytical was conducted at Nephrology Service, in Viçosa-MG, with participation of 75 individuals. Information about clinical, biochemical and anthropometric dates were obtained from medical records. We applied the Mini Mental State Examination to avaluation memory and cognition (MC), and two 24-hour dietary recalls and Frequency Questionnaire Food Consumption for characterization of food intake and interview about the diagnosis of CKD. Statistical analysis consisted of comparison tests (Student t test, Mann Whitney, Kruskal Wallis, ANOVA and chi-square), correlation (Pearson and Spearman), post hoc Tukey and Odds Ratio. Most subjects studied were men (60%) and the main causes of CKD are diabetes mellitus and hypertension. Eight subjects had impaired MC and were excluded from further analysis. There were no differences in the clinical and biochemical characteristics between patients with and without impairment of MC. Most of the participants were normal weight (55.4%) and food consumption, according to nutritional status, was nearby to the energy and protein recommendation. Regarding phosphorus, 58.18% of the subjects had serum phosphorus levels greater than 5.5 mg / dL, but the intake of calcium was within recommended. Only 12 individuals were considered adherent to phosphate binders by calculating the percentage of adherence, but there were no statistical differences regarding serum phosphorus levels between individuals adherent or not to prescribed phosphate binders. The diagnosis of CKD in 40% of participants was done in hospitals, where the majority of individuals who did not performed conservative treatment (CT) received diagnosis. Individuals who underwent CT showed better biochemical parameters, especially when the weather monitoring predialysis was more than six months. Time hemodialysis more than 48 months resulted in worsening biochemical parameters and increase the chance of showing body mass index less than 23.5 kg / m2 and serum parathyroid hormone values above 300pg/dL, independent of the realization of TC. Food is an important element of treatment of CKD and guidance on appropriate caloric intake and protein are essential, in addition to the restriction of processed foods, mainly to reduce the intake of phosphorus. The care of phosphate binder medication contributes to treat hyperphosphatemia, common in HD. The effects of TC were most evident in early HD, reinforcing the importance of multidisciplinary care during HD for maintaining and extending the benefits of TC and improved metabolic control even individuals without such treatment.
Palavras-chave: Alimentos - Consumo
Insuficiência renal crônica - Tratamento
Fósforo
Nutrição - Avaliação
Terapia renal substitutiva
Cognição
Food - Consumption
Chronic renal failure - Treatment
Phosphorus
Nutrition - Evaluation
Renal replacement therapy
Cognition
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis
Programa: Mestrado em Ciência da Nutrição
Citação: SILVA, Sandra Tavares da. Clinical characteristics, dietary consumption and serum levels of phosphorus of individuals with Chronic Kidney Disease in hemodialysis. 2013. 181 f. Dissertação (Mestrado em Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2789
Data do documento: 15-Mar-2013
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,06 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.