Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2791
Tipo: Dissertação
Título: Adiposidade em idosos no município de Viçosa, MG: fatores individuais, ambientais e distribuição espacial
Título(s) alternativo(s): Adiposity in older adults in Viçosa, MG: individual, environmental factors and spatial distribution
Autor(es): Fogal, Aline Siqueira
Primeiro Orientador: Ribeiro, Andréia Queiroz
Primeiro coorientador: Franceschini, Sylvia do Carmo Castro
Primeiro avaliador: Pessoa, Milene Cristine
Segundo avaliador: Martins, Paula Andrea
Abstract: O ambiente pode preterir ou incentivar hábitos de vida saudáveis. Características como estado socioeconômico da vizinhança, indisponibilidade de alimentos saudáveis e locais para a prática de atividade física, influenciam a epidemia de obesidade em diversos países. O objetivo da presente investigação foi identificar os fatores individuais e ambientais associados à adiposidade em idosos no município de Viçosa, MG. Foram utilizados os dados referentes à pesquisa Condições de saúde, nutrição e uso de medicamentos por idosos do município de Viçosa (MG): um inquérito de base populacional , realizada em 2009. Trata-se de um estudo seccional, com amostra aleatória simples de 621 idosos com 60 anos ou mais residentes no município de Viçosa (MG). A coleta foi realizada por meio de entrevistas domiciliares aplicando-se questionário semiestruturado, com variáveis relativas a condições sociodemográficas e de saúde. No momento da entrevista, os domicílios foram georreferenciados por meio de GPS (Global Positioning System). Foram utilizadas informações georreferenciadas de estabelecimentos especializados na venda de alimentos (mercados e hortifrutis), locais para a prática de atividade física, infraestrutura urbana, walkability, e nível socioeconômico. O nível de agregação utilizado para analisar os dados foi o setor censitário. Estimou-se a adiposidade dos idosos por meio de diferentes índices antropométricos e foi avaliada a sua associação com fatores sociodemográficos e condições de saúde selecionadas. A análise dos dados individuais incluiu distribuição de frequências simples, testes t de student e a análise de variância complementada com teste de Bonferroni, além da análise multivariada por meio de regressão linear. Para análise dos dados pontuais foram construídos mapas de Kernel considerando um raio de influência de 300m, e função Kernel quadrática. Posteriormente, empregou-se a estatística espacial de varredura, utilizando o modelo probabilístico de Poisson. Para análise espacial de áreas procedeu-se à análise de autocorrelação espacial global das variáveis utilizando-se o índice de Moran Global seguida do indicador de associação espacial Moran Local (LISA). Dos participantes 53,3% (n=331) eram do sexo feminino, a mediana da idade foi de 69 anos (60 a 98 anos). Nas mulheres, se associaram ao IMC e ao IAC as variáveis idade, hipertensão e doenças osteomusculares. Já nos xhomens se associaram ao IMC o hábito tabágico e dislipidemia. Com exceção da idade, as variáveis que se associaram ao IMC, também foram associadas ao IAC. Verificou-se que o IMC apresentou melhor desempenho associando-se com mais variáveis relacionadas à adiposidade do que IAC. Com a análise espacial pôde-se notar a heterogeneidade espacial na distribuição da adiposidade, sendo as regiões centrais da cidade as mais atingidas. A região central também apresentou aglomerados com menor proporção de baixa renda, maior infraestrutura, e maior número de estabelecimentos que comercializam alimentos saudáveis. Verificou-se também que locais que apresentaram maior walkability tiveram menores prevalências de IMC aumentado. Indivíduos com excesso de peso estão mais expostos a fatores de risco cardiovasculares, consequentemente, a maior risco de morbidade e mortalidade quando não tratadas essas alterações. Demonstra-se a necessidade de prevenção e controle da adiposidade em programas voltados para a saúde do idoso e elevação de sua qualidade de vida, usando como estratégia as características ambientais da vizinhança em que as pessoas vivem.
The environment can omit or encourage healthy lifestyles. Characteristics such as socioeconomic status of the neighborhood, availability of healthy foods and places for physical activity, have been associated with the obesity epidemic in many countries. The objective of this research was to identify the individual and environmental factors associated with adiposity in elderly in Viçosa, MG. We used data concerning the search for "Health conditions, nutrition and medication use by the elderly, Viçosa (MG): A population-based survey" conducted in 2009. This is a cross-sectional study in a random sample of 621 elderly aged 60 or over resident in Viçosa (MG). Data were collected through home interviews by applying semi-structured questionnaire with variables related to sociodemographic and health conditions. At the time of interview, households were geocoded by GPS (Global Positioning System). Were used georeferenced information of retail food (markets and grocers), places for physical activity, urban infrastructure, walkability, and socioeconomic status. The level of aggregation used to analyze the data was the census tract. We estimated the adiposity of the elderly through Body Mass Index (BMI) and Body Adiposity Index (BAI), anthropometric índices and was evaluated the association with selected sociodemographic factors and health conditions. The analysis of individual data included simple frequency distribution, the Student t test and analysis of variance, with Bonferroni correction, in addition to multivariate analysis using linear regression. For analysis of the data points, were built Kernel maps. Subsequently, we used the spatial scan statistic using the Poisson probability model. For spatial analysis of areas proceeded to the analysis of global spatial autocorrelation of variables using the global Moran index then the indicator Local Moran spatial association (LISA). Of the total sample, 53.3 % (n = 331) were female, the median age was 69 years (60-98 years). In women, were associated with BMI and BAI, age, high blood pressure and musculoskeletal diseases. Already in men were associated, the smoking habit BMI and dyslipidemia. With the exception of age, the variables that were associated with BMI were also associated with the BAI. It was observed that BMI showed better performance by associating with more variables related to adiposity than BAI. With spatial analysis it xiiwas possible to notice the spatial heterogeneity in the distribution of adiposity, with the central areas of the city hardest hit. The central region also showed clusters with a smaller proportion of low income, greater infrastructure, and greater number of stores that sell healthy foods. It was also found that sites that had greater walkability had lower prevalence of increased BMI. Overweight individuals are more susceptible to cardiovascular risk factors, consequently, a higher risk of morbidity and mortality if left untreated these changes. Demonstrates the need for prevention and control of adiposity in programs for the elderly health and increase your quality of life, using a strategy the environmental characteristics of the neighborhood in which people live.
Palavras-chave: Obesidade - Idosos
Adiposidade
Fatores associados
Obesity - Elderly
Adiposity
Factors associated
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis
Programa: Mestrado em Ciência da Nutrição
Citação: FOGAL, Aline Siqueira. Adiposity in older adults in Viçosa, MG: individual, environmental factors and spatial distribution. 2014. 138 f. Dissertação (Mestrado em Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2791
Data do documento: 18-Fev-2014
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,78 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.