Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2817
Tipo: Dissertação
Título: Análise de equações para estimativa de estatura e percentual de gordura corporal em crianças de 6 a 10 anos
Título(s) alternativo(s): Analysis of equations for estimation of stature and body fat percentile for children from 6 to 10 years old
Autor(es): Vitorino, Santuzza Arreguy Silva
Primeiro Orientador: Franceschini, Sylvia do Carmo Castro
Primeiro coorientador: Priore, Sílvia Eloiza
Segundo coorientador: Cotta, Rosângela Minardi Mitre
Primeiro avaliador: Sant anna, Luciana Ferreira da Rocha
Segundo avaliador: Santos, Margarete Aparecida
Terceiro avaliador: Rosado, Gilberto Paixão
Abstract: O presente trabalho analisou equações disponíveis na literatura para estimativa de estatura e avaliação do percentual de gordura corporal de crianças com idade entre 6 a 10 anos. Foram avaliadas 404 crianças matriculadas na rede pública de ensino, eutróficas pelos parâmetros Índice de Massa Corporal/Idade e Estatura/Idade do Center for Disease Control and Prevention National Center for Health Statistics (CDC/NCHS 2000). Para analisar as equações de estimativa de estatura, coletaram-se dados de estatura, altura do joelho com o indivíduo sentado e deitado, comprimento da perna, altura e comprimento do braço e comprimento da ulna de 404 crianças com idade entre 6 e 10 anos incompletos. Para as equações de composição corporal, foram avaliadas 119 crianças, das quais obtiveram-se dados de idade, estatura, peso, pregas cutâneas tricipital, bicipital, subescapular, supra-ilíaca e da panturrilha e avaliadas a bioimpedância bipedal (Tanita) e tetrapolar, última considerada método de referência. A análise estatística constou de Coeficiente de Correlação de Pearson, Teste t-pareado, Teste t de Student, cálculo do Erro Padrão de Estimativa e análise de Bland-Altmam. Verificou-se que as equações de estimativa de estatura que melhor se correlacionaram com a estatura real da população infantil avaliada (r > 0,97; p < 0,001), cujas diferenças entre as médias estimada e real não foram estatisticamente significativas, foram aquelas desenvolvidas por Chumlea et al. (1994) para as crianças de raça branca [Meninos: E=40,54 + (2,22.AJ); Meninas: E=43,21 + (2,15.AJ)], utilizando a medida da altura do joelho direito com o indivíduo sentado ou a altura do joelho esquerdo com o indivíduo deitado, obtida com auxílio de um paquímetro. É importante cautela em relação à classificação do estado nutricional utilizando-se índices a partir dessas estimativas, como o Índice de Massa Corporal/Idade, pois podem desencadear condutas inadequadas dos profissionais de saúde devido à classificação errônea das crianças como apresentando sobrepeso ou baixo peso. Assim, é importante a avaliação de outros parâmetros de avaliação do estado nutricional bioquímicos, dietéticos e clínicos - para efetuar o diagnóstico nutricional. Observou-se que dentre todas as equações de estimativa da composição corporal analisadas neste estudo, aquelas que apresentaram melhor correlação com a bioimpedância método de comparação utilizado - foram as equações de Slaugther et al. (1988) que utilizam pregas cutâneas tricipital, subescapular e da panturrilha como variáveis preditoras. Para o sexo feminino, recomendase a equação que utiliza as pregas cutâneas tricipital e subescapular {[%GC = 1,33 (PCT + PCSe) 0,013 (PCT + PCSe)2 2,5] se &#8721; PCT + PCSe < 35 mm; e [%GC = 0,546 PCT + PCSe) + 9,7; se &#8721; PCT + PCSe > 35 mm]} e para o sexo masculino a que utiliza pregas cutâneas tricipital mais a da panturrilha [%GC = 0,735(PCT + PCPan) + 1,0]. Entretanto, vale ressaltar a necessidade de validação das equações de estimativa do percentual de gordura corporal em comparação com métodos mais precisos de avaliação da composição corporal, pois a bioimpedância é um método validado para a prática clínica e não para estudos populacionais.
The present work analyzed available equations in the literature for height estimate and evaluation of the percentile of children's body fat from 6 to 10 years old. The sample consisted of 404 children from public schools, whose were eutrophic for the Body Mass Index /Age and Stature/Age of the Center for Disease Control and Prevention National Center for Health Statistics (CDC/NCHS 2000). To analyze the equations of height estimate, were collected height data, knee height with the sitting and lying position, leg length, arm height and length and ulna length of 404 children from 6 to 10 incomplete years old. For the equations of body composition, there were analyzed 119 children, whom it was obtained data of age, body height, weight, triceps, biceps, subscapular, suprailic and the calf skinfold and analyzed leg-to-leg (Tanita) and tetrapolar bioelectrical impedance, being this last one considered as reference method. The statistical analysis consisted of Coefficient of Correlation of Pearson, paired t-test, Test t of Student, calculation of the Standard Error of the Estimate and test of Bland-Altman. It was verified that the equations of stature estimate that better were correlated with the real stature of the appraised infantile population (r > 0,97; p <0,001), whose differences among the averages esteemed and real was not statistically significant, it was the one developed by Chumlea et al. (1994) for the white children [Boys: E=40,54 + (2,22.AJ); Girls: E=43,21 + (2,15.AJ)], being used the right knee height measure in the sitting position or the left knee height in the lying position, obtained with a pachymeter. It is important caution in relation to the classification of the nutritional state using indexes starting from those estimates, as Body Mass Index /Age, because they can provoke inadequate conducts of the professionals of health due to the children's erroneous classification as presenting overweight or low weight. Like this, it is important the evaluation of other parameters of evaluation of the nutritional state - biochemical, dietary and clinical, to make the nutritional diagnosis. It was observed that among all of the equations of estimate of the corporal composition analyzed in this study, those that presented better correlation with the bioelectrical impedance - comparison method used, were the equations of Slaugther et al. (1988) that use triceps, biceps, subscapular and the calf skinfold as predictor variables. For the female sex is recommended the equation that uses the triceps and subscapular skinfold {[%GC = 1,33 (PCT + PCSe) 0,013 (PCT + PCSe)2 2,5] if &#8721; PCT + PCSe < 35 mm; and [%GC = 0,546(PCT + PCSe) + 9,7; if &#8721; PCT + PCSe > 35 mm]}, and for the male sex the one that uses the triceps and calf skinfold [%GC = 0,735(PCT + PCPan) + 1,0]. However, it is worth to emphasize the need of validation of the equations of estimate of the percentile of corporal fat in comparison with more accurate methods of evaluation of the corporal composition, because the tetrapolar bioelectrical impedance is a method validated for the clinical practice and not for population studies.
Palavras-chave: Gordura corporal
Crianças
Estatura
Estimativa
Nutrição
Body fat percentile
Children
Stature estimation
Nutrition
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis
Programa: Mestrado em Ciência da Nutrição
Citação: VITORINO, Santuzza Arreguy Silva. Analysis of equations for estimation of stature and body fat percentile for children from 6 to 10 years old. 2007. 5 f. Dissertação (Mestrado em Valor nutricional de alimentos e de dietas; Nutrição nas enfermidades agudas e crônicas não transmis) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2817
Data do documento: 9-Ago-2007
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
01 - capa_abstract.pdf97,37 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.