Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2820
Tipo: Dissertação
Título: Suplementação de nitrogênio sobre a fermentação alcoólica para produção de cachaça, cerveja e vinho
Título(s) alternativo(s): Suplementation of nitrogen about the alcoholic fermentation for production of cachaça , beer and wine
Autor(es): Pereira, Alexandre Fontes
Primeiro Orientador: Silva, Paulo Henrique Alves da
Primeiro coorientador: Pereira, José Antonio Marques
Segundo coorientador: Barbosa, Marcio Henrique Pereira
Primeiro avaliador: Chaves, José Benício Paes
Segundo avaliador: Gomes, José Carlos
Abstract: A etapa de fermentação alcoólica é de grande importância na composição química e sensorial das bebidas alcoólicas. O processo fermentativo é influenciado pela linhagem de levedura, pela presença de substâncias nitrogenadas no meio, pela temperatura e por outros fatores. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de duas linhagens de levedura, de alta e baixa fermentação, três fontes nitrogenadas, sulfato de amônio, peptona de caseína e um pool de aminoácidos, em três concentrações, 0 (sem adição), 5 g/L e 25 g/L, na cinética de fermentação e na composição de três tipos de bebidas: cachaça, cerveja e vinho. Os parâmetros analisados para cálculo da cinética de fermentação foram o pH, a acidez total, o teor de sólidos solúveis (ºBrix) e o teor alcoólico (ºGL), em amostras coletadas em 12, 24, 48, 72 e 96 horas de fermentação em mostos para produção experimental de cachaça, cerveja e vinho. Os valores de pH nos mostos de cachaça, cerveja e vinho reduziram durante o processo fermentativo. No mosto para a fabricação de cachaça o pH variou de 5,4 a 3,0, no mosto de cerveja variou de 4,8 a 3,0 e no mosto de vinho variou de 3,6 a 3,0. A acidez aumentou nos três mostos com o tempo, mas não atingiu valores considerados fora dos limites legais. O maior rendimento da fermentação alcoólica, ou seja, maior produção de etanol por consumo de substrato foi obtido pela linhagem de levedura Saflager (baixa fermentação) utilizando como fonte de nitrogênio sulfato de amônio, na concentração de 5 g/L, nos mostos de cachaça, cerveja e vinho. As médias de concentração final de etanol nos mostos foram 7,7 ºGL em cachaça, 4,8 ºGL em cerveja e 14,6 ºGL em vinho. Os principais compostos voláteis e contaminantes orgânicos presentes nas amostras de cachaça, cerveja e vinho foram analisados por cromatografia gasosa (GC), sendo a análise de carbamato de etila confirmada por cromatografia gasosa com espectrometria de massa (GCMS). Os principais voláteis analisados foram: acetaldeído, acetato de etila, 1-propanol, álcool isobutílico, álcool isoamílico e ácido acético. Os contaminantes orgânicos analisados foram: metanol, 1- butanol, 2-butanol e carbamato de etila. Nas amostras de cachaça os álcoois superiores, 1-propanol, isobutílico e isoamílico tiveram comportamentos diferentes para as leveduras de baixa fermentação (Saflager) e alta fermentação (Safbrew) e a adição de 5 g/L das fontes nitrogenadas já foi suficiente para elevar consideravelmente suas concentrações. Nas amostras de cerveja, os compostos 1-propanol e álcool isobutílico tiveram seus valores elevados com o aumento da concentração do sulfato de amônio. Já o álcool isoamílico atingiu valores mais elevados com a adição do pool de aminoácidos. A levedura de alta fermentação induziu uma maior produção de álcool isobutílico e de álcool isoamílico. Já a levedura de baixa fermentação induziu uma maior produção de 1-propanol. Os valores de carbamato de etila aumentaram nas amostras de cachaça, cerveja e vinho com o aumento na concentração das fontes nitrogenadas. Nas amostras de cerveja e vinho os valores mais elevados de carbamato de etila foram maiores na baixa fermentação, enquanto que nas amostras de cachaça estes valores foram superiores na alta fermentação.
The alcoholic fermentation step is of major importance on the sensory and chemical composition of alcoholic beverages. The fermentation process is influenced by the yeast strain, by the presence of nitrogen compounds on the environment, by the temperature and other factors. The objective of this paper was to evaluate the influence of two different yeast strains, of high and low fermentation, three nitrogen sources, ammonium sulfate, casein peptone and a pool of amino acids, in three different concentrations, 0 (with no addition), 5 g/L and 25 g/L, on the fermentation kinetics and on the chemical composition of three different types of liquors: cachaça , beer and wine. The analyzed parameters for the fermentation kinetic evaluation were the pH, the total acidity, the total soluble solid content (°Brix) and the alcoholic content (°GL), on samples collected between 12, 24, 48, 72 and 96 hours of fermentation in musts for the experimental production of cachaça , beer and wine. The pH on the three musts had a falling tendency with time. On the must for cachaça production, the pH varied between 5,4 and 3; on the beer must, between 4,8 and 3,0 and on the wine must, it varied between 3,6 and 3. The acidity increased with time for the three musts, but did not reach the values considered out of the Brazilian legal standard. The higher productivity of the alcoholic fermentation, that is, the higher production of ethanol per consumption of substrate was obtained by the low fermentation (Saflager) yeast strain, using as nitrogen source ammonium sulfate 5 g/L, on the musts of cachaça , beer and wine. The final ethanol concentration average on the musts were 7,7°GL for cachaça , 4,8°GL for beer and 14,6°GL for wine. The major volatile compounds and organic contaminants contained on the cachaça , beer and wine samples were analyzed by gas chromatography (GC). The ethyl carbamate was also analyzed by gas chromatography with mass spectrometry (GCMS). The main volatile compounds analyzed were: acetaldehyde, ethyl acetate, 1-propanol, isobuthylic alcohol, isoamilic alcohol, acetic acid. The organic contaminants were methanol, 1-butanol, 2-butanol e ethyl carbamate. On the cachaça sample, the higher alcohols, 1- propanol, isobuthylic alcohol and isoamilic alcohol had different results for the low fermentation yeast (Saflager) and for the high fermentation yeast (Safbrew). The addiction of 5 g/L of the nitrogen source was enough to elevate considerably the concentrations of higher alcohols. On the beer samples, the compounds 1-propanol and isoamilic alcohol had their values increased with a higher concentration of ammonium sulfate. On the other hand, the isoamilic alcohol reached bigger values with the addiction of the amino acids pool. The high fermentation yeast induced a higher production of isobuthylic alcohol and isoamilic alcohol, while the low fermentation yeast induced a higer production of 1-propanol. The ethyl carbamate values increased on the cachaça, beer and wine samples with the increase of the nitrogen source concentration; on the beer and wine samples, the ethyl carbamate values were higher on the low fermentation, while on the cachaça sample these values were higher on the high fermentation.
Palavras-chave: Nitrogênio
Saccharomyces
Carbamato de etila
Nitrogen
Saccharomyces
Ethyl carbamate
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::CIENCIA DE ALIMENTOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos
Programa: Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citação: PEREIRA, Alexandre Fontes. Suplementation of nitrogen about the alcoholic fermentation for production of cachaça , beer and wine. 2007. 113 f. Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2820
Data do documento: 13-Ago-2007
Aparece nas coleções:Ciência e Tecnologia de Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf783,33 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.