Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/28201
Tipo: Dissertação
Título: Datas de plantio e início da estação chuvosa no Oeste da Bahia no período de 2001 a 2019
Planting dates and beginning of the rainy season in Western Bahia in the period from 2001 to 2019
Autor(es): Fonseca, Humberto Paiva
Abstract: É incontroversa a importância econômica do agronegócio para o Produto interno Bruto brasileiro, devido em grande parte à expansão, tecnificação e mecanização em larga escala de regiões como o Oeste da Bahia. Para tanto, fazem-se necessários estudos que auxiliem a gestão agrícola de alto rendimento, principalmente na compreensão da forma com que as alterações da data de início da estação chuvosa afetam o calendário de semeadura, para culturas sob os sistemas de irrigação e sequeiro. Este estudo buscou avaliar a relação entre as datas de plantio e o início da estação chuvosa para agricultura irrigada e de sequeiro no Oeste da Bahia. Para isso, foram construídas curvas fenológicas a partir de séries temporais densas de Normalized Difference Vegetation Index, dos anos de 2001 a 2019, por meio das imagens MCD43A4 do sensor MODIS a bordo dos satélites Terra e Aqua. A partir das curvas fenológicas foram identificadas as datas de green-up e, posteriormente, a data de semeadura para cada pilha de pixels da série temporal. Neste estudo, também foram identificadas as datas de início de estação chuvosa por meio do método Anomalous Accumulation com dados de precipitação do produto CHIRPS. Por fim, foram calculadas as divergências interanuais existentes entre as datas de semeadura para sistemas de sequeiro e irrigação e o início da estação chuvosa a cada ano. Os resultados indicaram que a semeadura sob os sistemas de sequeiro e irrigação (primeira safra) é feita em média entre 26 de outubro e 15 de novembro, período condizente com o início das chuvas na região, que ocorrem em média entre 17 e 27 de outubro. Também foram observados anos anômalos, em que a semeadura de sequeiro foi realizada na primeira quinzena de dezembro, em decorrência de atrasos no início da estação chuvosa. Tais atrasos podem estar relacionados à conjunção de dois fatores: forte El Niño e o posicionamento da ZCIT ao norte de sua posição climatológica. Contudo, o mesmo não foi observado para a semeadura sob o sistema de irrigação, que ocorreu até 25 dias antes do início da estação chuvosa. Esse fato pode evidenciar certa autonomia dos produtores irrigantes em relação ao período das chuvas. Apesar de contraintuitivos, os resultados deste estudo também indicam que a semeadura no Oeste da Bahia é realizada no sentido leste-oeste, de encontro à estação chuvosa. Tal fato está relacionado ao perfil de plantio nas diferentes porções da região, pois na porção leste são plantadas culturas não oleaginosas, que estão fora das normativas da ADAB para o controle da ferrugem asiática e podem ser semeadas antes da data estipulada para o final do vazio sanitário. Conclui-se que a data de início da estação chuvosa exerce influência sobre a data de semeadura na agricultura de sequeiro e irrigação, em especial em anos de El Niño, em que as chuvas ocorrem após a segunda quinzena de dezembro. Palavras-chave: MODIS. Anomalous Accumulation. Semeadura. Sensoriamento Remoto.
The economic importance of agribusiness for the Brazilian Gross domestic product is undisputed, due in large part to the large-scale expansion, technification and mechanization of regions such as Western Bahia. To this end, studies are needed to assist high-yield agricultural management, especially in understanding how changes in the start date of the rainy season affect the sowing schedule, for crops under irrigation and rainfed systems. This study sought to evaluate the relationship between planting dates and the beginning of the rainy season for irrigated and rainfed agriculture in Western Bahia. For this, phenological curves were constructed from dense Normalized Difference Vegetation Index time series, from the years 2001 to 2019, using the MCD43A4 images from the MODIS sensor on board the Terra and Aqua satellites. From the phenological curves, the green-up dates and, subsequently, the sowing date were identified for each stack of pixels in the time series. In this study, the start dates of the rainy season were also identified using the Anomalous Accumulation method with precipitation data from the CHIRPS product. Finally, the interannual divergences between the sowing dates for rainfed and irrigation systems and the beginning of the rainy season were calculated each year. The results indicated that sowing under rainfed and irrigation systems is carried out on average between October 26 and November 15, a period consistent with the beginning of the rains in the region, which occur on average between October 17 and 27. Anomalous years were also observed, in which rainfed sowing was carried out in the first half of December, due to delays in the beginning of the rainy season. Such delays may be related to the conjunction of two factors: strong El Niño and the positioning of the ITCZ to the north of its climatological position. However, the same was not observed for sowing under the irrigation system, which occurred up to 25 days before the beginning of the rainy season. This fact may show a certain autonomy of irrigating producers in relation to the rainy season. Although counterintuitive, the results of this study also indicate that sowing in the West of Bahia is carried out in an east-west direction, against the rainy season. This fact is related to the planting profile in the different portions of the region, since in the eastern portion non-oil crops are planted, which are outside the ADAB regulations for the control of Asian rust and can be sown before the stipulated date for the end of the void. Restroom. It is concluded that the rainy season start date influences the sowing date in rainfed and irrigation agriculture, especially in El Niño years, when the rains occur after the second half of December. Keywords: MODIS. Anomalous Accumulation. Sowing. Remote sensing.
Palavras-chave: Sensoriamento remoto
Semeadura
MODIS (Espectrorradiômetro)
CNPq: Agrometeorologia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Titulação: Mestre em Meteorologia Aplicada
Citação: FONSECA, Humberto Paiva. Datas de plantio e início da estação chuvosa no Oeste da Bahia no período de 2001 a 2019. 2021. 60 f. Dissertação (Mestrado em Meteorologia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://locus.ufv.br//handle/123456789/28201
Data do documento: 23-Abr-2021
Aparece nas coleções:Meteorologia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo4,97 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.