Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2821
Tipo: Dissertação
Título: Desidratação de abacaxi: modelos de secagem, avaliação de qualidade e efeito de embalagem
Título(s) alternativo(s): Pineapple dehydration: drying models, quality evaluation and packing effect
Autor(es): Quintero, Alfredo Carlos Fernandez
Primeiro Orientador: Ramos, Afonso Mota
Primeiro coorientador: Soares, Nilda de Fatima Ferreira
Segundo coorientador: Pereira, José Antonio Marques
Primeiro avaliador: Stringheta, Paulo César
Segundo avaliador: Fontes, Edimar Aparecida Filomeno
Abstract: O presente trabalho foi desenvolvido para caracterizar as propriedades físico-químicas, microbiológicas e sensoriais envolvidos na desidratação do abacaxi armazenados em quatro diferentes tipos de embalagem. Primeiramente se caracterizou a matéria prima, e realizou-se a desidratação de fatias de abacaxi, variedade perola utilizando-se a temperatura de secagem a 60 °C para obter um produto estável de teor de umidade intermediaria de 20 - 25 % base úmida. Avaliaram-se os efeitos de quatro embalagens: PT (polietileno transparente), PA (polietileno com folha de alumínio), PVDT (policloreto de vinilideno transparente sob vácuo) e PVDA (policloreto de vinilideno com folha de alumínio, sob vácuo) sobre as características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais de abacaxi desidratado, e armazenado à temperatura ambiente (23 ± 2 °C) e sob luz natural. Observaram-se diferenças significativas (p < 0,05) nos atributos umidade, acidez titulável, sólidos solúveis, ratio (relação sólidos solúveis/ acidez tituável), dureza e coordenadas de cor, para a variavel tempo de armazenagem e diferença significativa (p < 0,05) dos atributos umidade, carotenóides, atividade de água, dureza e as coordenadas de cor a* e b* para as embalagens. A perda de umidade sofreu um pequeno aumento nas embalagens de policloreto de vinilideno a vácuo. A atividade de água manteve-se dentro da faixa adequada de frutas desidratadas e diferiu entre as embalagens. As alterações nas coordenadas L*, a*, e b* demonstraram alterações na cor e no teor de carotenóides. O comportamento da degradação de carotenóides diferiu para as quatro embalagens utilizadas. O produto desidratado apresentou baixa contagem para fungos filamentosos e leveduras e coliformes fecais, indicando boas condições de processamento durante os 75 dias de armazenamento. Realizou-se, também, a desidratação de rodelas de abacaxi considerando cinco níveis de temperatura ( 40°C, 50°C, 60°C, 70°C e 80°C) para ajustar quatro modelos ( Lewis, Henderson e Pabis, Page e de dois termos) aos dados experimentais obtidos durante a secagem. Os quatro modelos se ajustaram bem aos dados experimentais, e podem ser utilizados para estimar a secagem de abacaxi.
The present work was developed to characterize the physio-chemical, microbiologic and sensorial properties involved in the dehydration of the pineapple stored in four different packing types. Firstly, the raw material was characterized fallowed by the dehydration of pineapple slices at temperature of 60 °C , using the cultivar Perola to get dried material at average of 23 % of humidity. The effects of four different packing typs were evaluated: PT (transparent polyethylene), PA (polyethylene with leaf of aluminum), PVDT (transparent polychloret of vinyldeno with vacuum) and PVDA (polychloret of vinyldeno with leaf of aluminum, with vacuum) on the characteristics physiochemical, microbiologic and sensorial characteristics of dehydrated pineapple, stored at room temperature (23 ± 2 °C) and under natural light. It was observed significant differences in the humidity, acidity, soluble solids, ratio, hardness and color coordinates, in relation with the storage and significant differences (P<0,05) among the humidity, carotenoids, water activity, hardness and color coordinates the a* and b * with regard to the packings types (P< 0,05). The humidity loss was smallest in the polychloret of vinyldeno packing at vacuum. The water activity, inside of the appropriate strip of dehydrated fruits stayed in average range. The color was altered as was verified by the coordinates L *, a *, and b * and carotenoids. The carotenoids degradation differet for the four packings typs. The dehydrated product presented low filamentous fungi and yeasts and fecal coliformes counting, indicating good manipulation conditions during the 75 days of storage. Additionally, was evaluated the dehydration of pineapple slices considering five temperature levels (40°C, 50°C, 60°C, 70°C and 80°C) to adjust four models (Lewis, Henderson and Pabis, Page and of two terms ) to the experimental data obtained during the drying. The four models were adjusted well to the experimental data, and they can be used to predict the pineapple drying process.
Palavras-chave: Alimentos
Desidratação
Curvas de secagem
Propriedades físico-químicas
Análise sensorial
Food dehydration
Drying curves
Physical-chemical properties
Sensory analysis
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos
Programa: Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citação: QUINTERO, Alfredo Carlos Fernandez. Pineapple dehydration: drying models, quality evaluation and packing effect. 2007. 98 f. Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2821
Data do documento: 29-Jun-2007
Aparece nas coleções:Ciência e Tecnologia de Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,06 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.