Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/28325
Tipo: Dissertação
Título: Variação Intrapopulacional e Geográfica de Castoria angustidens (Winge, 1887) (Rodentia: Cricetidae) em caracteres cranianos e moleculares
Intrapopulation and Geographic variation in Castoria angustidens (Winge, 1887) (Rodentia: Cricetidae) based on molecular and skull characters
Autor(es): Barros, Pollyanna Alves de
Abstract: Castoria angustidens é um roedor sigmodontineo endêmico do bioma Mata Atlântica com lacunas no estudo de sua taxonomia alfa, beta e gamma. Esse trabalho estudou a variação intrapopulacional e geográfica da espécie com base em caracteres morfológicos crânio- mandibulares e moleculares, reavaliando seu posicionamento filogenético dentro da Divisão Akodon. O estudo Intrapopulacional utilizou a maior população da espécie catalogada em museus, pertencente ao Parque Estadual da Serra do Brigadeiro, Minas Gerais, Brasil. As análises quantitativas e qualitativas baseadas em 23 medidas crânio-mandibulares confirmaram a presença de cinco classes etárias. Foi detectado a presença de anteroflexo mediano nas duas primeiras classes etárias. Ossos e regiões do viscerocrânio aumentaram significativamente em comprimento e largura ao longo do desenvolvimento ontogenético. Além disso, o estudo intrapopulacional apontou ausência de dimorfismo sexual. As análises geográficas detectaram dois grupos morfológicos, um ao norte, com maiores medidas crânio-mandibulares, composto por populações de Minas Gerais e do Espirito Santo; e outro ao sul, com medidas menores, representados pelas populações do Rio de Janeiro. Dentre as 30 amostras do gene mitocondrial (citocromo b) sequenciadas, foram delimitados 18 haplótipos divididos em dois grupos, um sul, com indivíduos do Paraná, Santa Catarma e Rio Grande do Sul; e um norte, formado por populações de Minas Gerais, Espirito Santo e Rio de Janeiro. Tanto a análise de Inferência Bayesiana quanto a de Máxima Verossimilhança sugeriram o mesmo padrão regional com dois clados para a espécie. O intron B-fibrinogênio apresentou padrão conservado detectando um haplótipo dentre as nove sequências obtidas ao longo da distribuição de Castoria. O sequenciamento do éxon rag! gerou três sequências e três haplótipos, todos do Parque Estadual da Serra do Brigadeiro, não sendo possível observar o padrão regional de acordo com esse gene. As análises do gene mitocondrial indicaram que o gênero é grupo irmão de Deltamys. Tanto as análises da morfologia quantitativa crânio-mandibular quanto as moleculares sugeriram a formação de dois grupos dentro de Castoria. De acordo com as evidências, sugere-se a manutenção de um gênero monoespecífico, e uma possível ocorrência de duas sub-espécies, sendo uma delas restrita à porção norte (Castoria angustidens leucogula) e a outra à porção sul (Castoria angustidens serrensis).
Castoria angustidens 1s a sigmodontine rodent endemic of the Atlantic Forest lacking studies on its alpha, beta and gamma taxonomy. This research studied the intrapopulation and geographic variation of €. angustidens based on skull and jaw morphological and molecular characters. We also evaluated the phylogenetic position of the genus inside the 4kodon Division according to four previous hypotheses. The intrapopulation analyses were based on Castoria's greatest sampled population that belongs to Serra do Brigadeiro State Park, mn Minas Gerais State, Brazil. The occlusal wear evaluation of the upper molar toothrow established six age classes, in which the first three have a vestigial anteromedian flexus. On the other hand, quantitative analyses based on 23 skull and jaw measurements certified only five among those classes. Bones and regions of viscerocranium increased significantly both mm length and breadth along with the ontogenetic development. In adittion, the mtrapopulational study pointed to the absence of sexual dimorphism. Geographic analyses proposed two morphological groups, one belonging to the north of the species distribution, composed by the biggest-skull populations from Minas Gerais, and Espirito Santo States; and the other to its south, composed by the smallest skull-populations from Rio de Janeiro. Among 30 samples of mitochondrial genes (cytochrome b) sequenced, 18 haplotypes were also divided into two groups, one up north contaming Minas Gerais, Espírito Santo and Rio de Janeiro States; and the other, down south including populations of Paraná, Santa Catarina, and Rio Grande do Sul States. Both Bayesian Inference and Maximum Likelihood analyses suggested the same two clades as a pattern for the species regional approach. The conserved pattern of intron p-fibrinogen detected only one haplotype in a group of nine sequences along with Castoria geographic distribution. The ragl exon produced three sequences and three haplotypes, all from Serra do Brigadeiro State Park. Consequently, a geographical pattern of this gene could not be observed for Castoria. Cytochrome b investigations accepted the hypothesis accounting for Deltamys as the sister group of Castoria. Skull and jaw morphological and molecular data suggested the existence of two clades inside the species. According to the evidences, the genus 1s monotypic but we are suggesting that 1t could be divided into two subspecies: one restricted to the north of species distribution (Castoria angustidens leucogula), and the other restricted to the south (Castoria angustidens serrensis).
Palavras-chave: Castoria angustidens
Filogenia
Biogeografia
Taxonomia
CNPq: Morfologia dos Grupos Recentes
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: BARROS, Pollyanna Alves de. Variação Intrapopulacional e Geográfica de Castoria angustidens (Winge, 1887) (Rodentia: Cricetidae) em caracteres cranianos e moleculares. 2017. 105 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://locus.ufv.br//handle/123456789/28325
Data do documento: 25-Jul-2017
Aparece nas coleções:Biologia Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo3,47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.