Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/28329
Tipo: Dissertação
Título: As serpentes Bothrops wagler, 1824 (viperidae) da Zona da Mata Mineira: análise da influência de fatores abióticos sobre as populações da região, ofidismo e caracterização toxicológica das peçonhas das espécies
The snakes Bothrops Wagler, 1824 (viperidae) from Zona da Mata Mineira: analysis of the influence of abiotic factors on the populations of the region, snakebite and toxicological characterization of the venoms of species
Autor(es): Morais, Jonas Ferrari
Abstract: A Zona da Mata Mineira é uma das doze mesorregiões do estado brasileiro de Minas Gerais. Seu relevo é caracterizado pelo predomínio de colinas e vales, com altitudes variando de 1.889m até 100m. O clima é tropical, com médias térmicas anuais entre 24° C e 14° C, com valores anuais da pluviosidade de 3500mm. A vegetação nativa de Mata Atlântica, hoje se encontra com apenas 3% de sua cobertura original. As serpentes do gênero Bothrops são responsáveis por mais de 90% dos acidentes ofídicos no Brasil. Seu veneno contêm uma mistura complexa de proteínas e peptídeos, de ações proteolítica, necrosante, coagulante, hemorrágica e nefrotóxica. Para analisar a relação entre fatores abióticos e a ocorrência de serpentes do gênero Bothrops na Zona da Mata Mineira, foram coletados dados coleções herpetológicas, estações meteorológicas, e acrescidos dados de fragmentação de habitat e da topografia regional. Para as análises toxicológicas, foram comparadas as peçonhas das serpentes Bothrops ocorrentes na região, utilizando-se onze diferentes metodologias. As análises biogeográficas propiciaram o registro de cinco espécies de Bothrops na Zona da Mata Mineira. Os resultados indicaram que interações entre os diversos fatores abióticos e as espécies de Bothrops, podem refletir nas distribuições regionais das espécies. O número de registros apresentou relação com topografia regional, com maior volume próximos a fragmentos preservados em áreas mais elevadas. Foram observadas variações na composição dos venenos dentro do gênero e nos resultados da literatura para outras regiões amostradas. Em um aspecto mais amplo, observa-se que os fatores abióticos influenciam as populações de serpentes do gênero Bothrops tanto em aspectos comportamentais quanto na composição das toxinas, interagindo através do metabolismo destes animais.
Zona da Mata Mineira is one of the twelve mesoregions of the Brazilian state of Minas Gerais. Its relief is characterized by the predominance of hills and valleys, with altitudes varying from 1,889m to 100m. The climate is tropical, with annual thermal averages between 24 ° C and 14 ° C, with annual rainfall values of 3500mm. The native vegetation of the Atlantic Forest, today it is only 3% of its original cover. Bothrops snakes are responsible for more than 90% of ophidian accidents in Brazil. Its venom contains a complex mixture of proteins and peptides, proteolytic, necrotizing, coagulant, hemorrhagic and nephrotoxic. To analyze the relationship between abiotic factors and the occurrence of snakes of the genus Bothrops in the Zona da Mata Mineira, data were collected on herpetological collections, meteorological stations, and data on habitat fragmentation and regional topography were added. For the toxicological analyzes, the venoms of the Bothrops snakes occurring in the region were compared, using eleven different methodologies. The biogeographic analyzes allowed the registration of five species of Bothrops in the Zona da Mata Mineira. The results indicated that interactions between the different abiotic factors and the Bothrops species, may reflect in the regional distributions of the species. The number of records presented a relation with regional topography, with greater volume near fragments preserved in higher areas. Variations were observed in venom composition within the genus and in the literature results for other sampled regions. In a broader aspect, it is observed that abiotic factors influence the populations of Bothrops snakes both in behavioral aspects and in the composition of toxins, interacting through the metabolism of these animals.
Palavras-chave: Cobras venenosas - Veneno
Jararaca - ( Cobra )
Toxicologia
Populações animais - Fatores climáticos
CNPq: Ciências Biológicas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: MORAIS, Jonas Ferrari. As serpentes Bothrops wagler, 1824 (viperidae) da Zona da Mata Mineira: análise da influência de fatores abióticos sobre as populações da região, ofidismo e caracterização toxicológica das peçonhas das espécies. 2017. 70 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://locus.ufv.br//handle/123456789/28329
Data do documento: 12-Mai-2017
Aparece nas coleções:Biologia Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo2,22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.