Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/28684
Tipo: Dissertação
Título: O diálogo e o trem: um estudo sobre a memória do Museu Ferroviário de Juiz de Fora
Dialogue and the train: a study on the memory of the Railway Museum of Juiz de Fora
Autor(es): Souza, Rojane de
Abstract: O objetivo desta pesquisa é investigar como a memória do Museu Ferroviário de Juiz de Fora se desenvolveu ao longo da sua história. Para encontrar essas respostas foi preciso estudar o processo histórico que formou o patrimônio do Museu Ferroviário de Juiz de Fora; estudar a relação do Museu com os ferroviários, a ferrovia e a cidade de Juiz de Fora, compreendendo como o Museu e seu entorno foi apropriado pela cidade tanto em termos práticos e discursivos; e entender como o presente influenciou/influencia a memória do Museu Ferroviário de Juiz de Fora. As metodologias de análise qualitativa e do discurso foram empregadas para compreender os dados obtidos a partir da “pesquisa-ação”. A memória do Museu Ferroviário de Juiz de Fora é de elite e ao mesmo tempo, de resistência. Traz uma memória romântica do período do transporte de passageiros feito pelos trens, especialmente a época da “Maria Fumaça”. É uma memória afetiva e nostálgica, sem conflitos e sem pontos negativos. O Museu precisa utilizar o espaço museal como um locus de diálogo sobre o caráter conflitivo da memória, sobre a pluralidade de memórias e de identidade, sobre a mudança funcional e semântica do patrimônio. Palavras-chave: Patrimônio cultural. Memória. Ferrovias - História - Juiz de Fora (MG). Museu Ferroviário de Juiz de Fora.
The aim of this research is to investigate how the memory of the Railway Museum of Juiz de Fora has developed over its history. To find these answers, it was necessary to study the historical process that formed the heritage of the Railway Museum of Juiz de Fora; to study the Museum’s relationship with railway workers, the railway and the city of Juiz de Fora, understanding how the Museum and its surroundings were appropriated by the city in both practical and discursive terms; and understand how the present influenced/influences the memory of the Railway Museum of Juiz de Fora. The qualitative and “discourse analysis” methodologies were used to understand the data obtained from the “action research”. The memory of the Railway Museum of Juiz de Fora is both elite and resistance. It brings a romantic memory of the period of passenger transport made by trains, especially the “Maria Fumaça” time. It is an affective and nostalgic memory, without conflicts and without negative points. The Museum needs to use the museum space as a locus of dialogue about the conflicting character of memory, about the plurality of memories and identity, about the functional and semantic change of heritage. Keywords: Cultural heritage. Memory. Railways - History - Juiz de Fora (MG). Railway Museum of Juiz de Fora.
Palavras-chave: Patrimônio cultural
Memória
Ferrovias - História - Juiz de Fora (MG)
Museu Ferroviário de Juiz de Fora
CNPq: História
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SOUZA, Rojane de. O diálogo e o trem: um estudo sobre a memória do Museu Ferroviário de Juiz de Fora. 2020. 354 f. Dissertação (Mestrado em Patrimônio Cultural, Paisagens e Cidadania) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://locus.ufv.br//handle/123456789/28684
Data do documento: 29-Jul-2020
Aparece nas coleções:Patrimônio Cultural, Paisagens e Cidadania

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo20,79 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.