Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2870
Tipo: Dissertação
Título: Potencial antimicrobiano de extratos e óleos essenciais de vegetais não tradicionais sobre patógenos de origem alimentar
Título(s) alternativo(s): Antimicrobial effect of nontraditional extracts and essential oils from plants on foodborne pathogens
Autor(es): Ciolfi, Fernanda
Primeiro Orientador: Mendonça, Regina Célia Santos
Primeiro coorientador: Gomes, José Carlos
Segundo coorientador: Stringheta, Paulo César
Primeiro avaliador: Pereira, José Antonio Marques
Segundo avaliador: Fontes, Edimar Aparecida Filomeno
Terceiro avaliador: Martins, Aurélia Dornelas de Oliveira
Abstract: As contaminações dos alimentos podem provocar infecções ou intoxicações nos seres humanos e são causadas por diversos agentes, entre os quais estão incluídos diversos micro-organismos. O aparecimento de cepas microbianas resistentes a uma grande variedade de antibióticos tem se tornado um problema para a saúde pública. A principal causa dessa resistência deve-se ao uso excessivo de antibiótico nas rações animais e também ao tratamento indiscriminado de pessoas e animais por prescrição médica e veterinária. Nos últimos anos tem sido crescente a demanda dos consumidores por produtos mais seguros, em vista disto, há cada vez mais a necessidade de se buscar formas alternativas de controle de micro-organismos em alimentos de modo a alcançar este propósito. O presente estudo teve por objetivo geral avaliar o poder antimicrobiano de extratos vegetais frente a patógenos de origem alimentar dando preferência a plantas da biodiversidade de Viçosa, Minas Gerais e subprodutos da indústria de alimentos. Foram utilizadas as seguintes plantas: fruto de Caryocar brasiliense (Pequi); folha de Caryophyllus aromaticus (Cravo-da-Índia); folha de Citrus limonium (Limão); folha de Corymbia citriodora (Eucalipto); folha de Cymbopogon citratus (Capim Cidreira); folha de Eucalyptus camaldulensis (Eucalipto); folha de Eugenia uniflora (Pitanga); folha de Euterpe edulis (Palmito); semente de Helianthus annuus (Girassol); semente de Mabea fistulifera (Canudo-de-pito); folha de Melaleuca alternifolia (Tea tree); folha de Melaleuca quinquenervia (Melaleuca); folha de Murraya paniculata (Falsa murta); casca de Musa X Paradisiaca L. (Banana nanica); folha de Myrciaria cauliflora (Jabuticaba); semente de Passiflora edulis (Maracujá); folha e caroço de Persea gratissima (Abacate); semente de Psidium guajava (Goiaba); folha de Schinus terebinthifolius (Aroeirinha); folha de Spondias dulcis (Cajá-manga) e folha de Xanthosoma violaceum (Taioba) para a obtenção dos extratos. Os extratos foram obtidos por extração em etanol (EOH), hexano (EHX) ou água (EAq) e avaliados quanto ao potencial antimicrobiano frente a diferentes patógenos de origem alimentar. Os resultados obtidos mostraram que os extratos herbáceos que apresentaram maior ação inibitória tanto para as bactérias gram-negativas quanto as grampositivas avaliadas, foram: EAq e o EOH de folha de cajá-manga, EOH de folha de taioba e EHX de folha de cravo-da-Índia. Todos os óleos essenciais avaliados mostraram alguma ação inibitória tanto contra os micro-organismos gram-positivos quanto gram-negativos. Nenhum dos EPs mostraram expressivo efeito inibidor. A avaliação da composição química dos extratos estudados permitiu observar diversos constituintes, dentre eles, ácidos graxos (ácido palmítico, oléico, linoléico), alcoóis, aminas, hidrocarbonetos, ésteres, cetonas e ácidos. Na avaliação da composição química dos óleos essenciais foi possível observar a presença de terpenos, aldeídos, alcoóis e fenóis.
Contamination of food can cause infection or intoxication in humans and are caused by several agents, among which are included different micro-organisms. The emergence of microbial strains resistant to a wide variety of antibiotics has become a problem for public health. The main cause is due to the overuse of antibiotics in animal feed and also to the blanket approach of people and animals by veterinary prescription and, respectively. In recent years there has been growing consumer demand for safer products, in view of this, there is increasingly a need to seek alternative ways to control micro-organisms in food in order to achieve this purpose. This study aimed to evaluate the overall antimicrobial power of plant extracts against the foodborne pathogens giving preference to plant biodiversity of Viçosa, Minas Gerais and spinoff of food industry. We used the following plants: fruit of Caryocar brasiliense (Pequi); leaves of Caryophyllus aromaticus (Glove); leaves of Citrus Limonium (Lemon); leaves of Corymbia citriodora (Eucalyptus); leaves of Cymbopogon citratus (Lemon Balm grass), leaves of Eucalyptus camaldulensis (Eucalyptus), leaves of Eugenia uniflora (Pitanga); leaves of Euterpe edulis (heart of palm); seed of Helianthus annuus (Sunflower); seed of Mabea fistulifera (Canudo-de-pito); leaves of Melaleuca alternifolia (Tea tree); leaves of Melaleuca quinquenervia (Melaleuca); leaves of Murraya paniculata (False myrtle), bark of Musa x paradisiaca L. (Banana nanica); leaves of Myrciaria cauliflora (Jaboticaba); leaves of Passiflora edulis (passion fruit), leaf and whole Persea gratissima (avocado); seed of Psidium guajava (Guava), leaves of Schinus terebinthifolius (Aroeirinha); leaves of Spondias dulcis (Caja-manga) and leaves of Xanthosoma violaceum (Taioba) to obtain the extracts. The extracts were obtained by pressing (EP) and extraction in ethanol (EOH), hexane (EHX) or water (EAq). The results showed that the herbal extracts that showed the highest inhibitory effect for both gramnegative and gram-positive evaluated were: EAq and EOH leaves of cajá-manga, EOH leaves of taioba and EHX leaves of clove. All essential oils tested showed some inhibitory action against both micro-gram-positive and gram-negative. None of the EPs showed a significant inhibitory effect. The evaluation of the chemical composition of the extracts were allowed to observe the various constituents, among them, fatty acids (palmitic acid, oleic acid, linoleic acid), alcohols, amines, hydrocarbons, esters, ketones and acids. In assessing the chemical composition of essential oils was possible to observe the presence of terpenes, aldehydes, alcohols and phenols.
Palavras-chave: Antimicrobiano
Patógeno
Extratos e óleos vegetais
Segurança alimentar
Antimicrobial
Pathogens
Extracts and vegetable oils
Food safety
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::CIENCIA DE ALIMENTOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos
Programa: Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citação: CIOLFI, Fernanda. Antimicrobial effect of nontraditional extracts and essential oils from plants on foodborne pathogens. 2010. 68 f. Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2870
Data do documento: 22-Fev-2010
Aparece nas coleções:Ciência e Tecnologia de Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf364,89 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.