Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2890
Tipo: Dissertação
Título: Caracterização fenotípica e genotípica de Staphylococcus spp. isolados de diferentes nichos em unidade de abate de aves
Título(s) alternativo(s): Phenotypic and genotypic characterization of Staphylococcus spp. isolated from different niches in a poultry processing unit
Autor(es): Ferreira, Andreza Angélica
Primeiro Orientador: Mendonça, Regina Célia Santos
Primeiro coorientador: Vanetti, Maria Cristina Dantas
Segundo coorientador: Paula, Sérgio Oliveira de
Primeiro avaliador: Martins, Maurilio Lopes
Segundo avaliador: Fontes, Edimar Aparecida Filomeno
Terceiro avaliador: Carmo, Luiz Simeão do
Quarto avaliador: Pinto, Cláudia Lúcia de Oliveira
Abstract: O controle de patógenos de origem alimentar no processamento de alimentos não é uma tarefa simples. Staphylococcus aureus é um patógeno que pode estar presente na superfície de carcaças de animais e tem acesso à planta de abate da indústria por meio de animais vivos. Esse micro-organismo pode desencadear processos de adesão e formação de biofilme, que constitui uma estratégia de sobrevivência e importante fonte de contaminação cruzada. O objetivo deste trabalho foi isolar e caracterizar fenotípica e geneticamente estirpes do gênero Staphylococcus spp. oriundas de uma unidade de abate de aves e determinar as principais fontes e os mecanismos envolvidos na permanência deste micro-organismo na indústria. As colônias isoladas conforme descrito na Instrução Normativa n° 62, foram confirmadas como Staphylococcus spp. e S. aureus por meio da técnica de Reação em Cadeia de Polimerase (PCR). Avaliou-se a sensibilidade dos isolados aos antimicrobianos pelo método de discos impregnados com as seguintes substâncias: ácido clavulânico e amoxacilina (30 μg), ácido nalidíxico (30 μg), ampicilina (10 μg), cefalotina (30 μg), cefoxitina (30 μg), ciprofloxacina (5 μg), clindamicina (2 μg), cloranfenicol (30 μg), eritromicina (15 μg), estreptomicina (10 μg), gentamicina (10 μg), oxacilina (1 μg), penicilina G (10 U), rifampicina (5 μg ), sulfonamida (300 μg), tetraciclina (30 μg) e vancomicina (30 μg). As características fenotípicas e genotípicas de formação de biofilmes foram x avaliadas pelo crescimento em Ágar Vermelho Congo (CRA) e pela identificação dos genes atl, icaA e icaD. Dentre os 120 isolados estudados, 75 foram identificados como Staphylococcus, em que 63,7 % foram coagulase positiva e 37,3 % coagulase negativa. Por meio da técnica de PCR confirmouse que 86,67 % dos isolados eram do gênero Staphylococcus e 77,33 % da espécie S. aureus. Verificou-se ainda a presença do gene sec em duas estirpes, uma delas estafilococos coagulase negativa. A maioria dos isolados foram resistentes à sulfonamida (98,5 %), ácido nalidíxico (89,3 %) e penicilina G (87,70 %). Dentre os isolados resistentes à penicilina 4,60 % foram oxacilina resistentes e 1,5 % vancomicina resistentes. Das 65 estirpes de Staphylococcus spp. estudadas na produção de exopolissacarídeo (EPS) em CRA, 100 % formaram colônias de cor preta e opacas. A variação do teor de sacarose foi crítica para a produção de EPS em CRA, uma vez que em baixas concentrações de sacarose, todas as estirpes apresentaram resultado característico de não produção de EPS. O gene atl foi encontrado em todas as estirpes e os genes icaA e icaD em 97 % delas. Estes dados sugerem que Staphylococcus spp. isolados de abatedouro de aves apresentam potencial para formação de biofilme. Formas eficientes de controle desse microorganismo no ambiente de processamento de alimentos são necessárias visto que podem representar risco em potencial ao consumidor. Portanto, devem-se adotar medidas de controle higiênico-sanitário, bem como treinamento e conscientização dos profissionais envolvidos.
The control of foodborne pathogens in food processing is not a simple task. The Staphylococcus aureus is a pathogen that can be present on the surface of animal carcasses and enter the slaughter plant of the industry by means of live animals. This microorganism can initiate adhesion processes and biofilm formation, which is a survival strategy and an important source of cross contamination. The aim of this study was to isolate and characterize the phenotypic and genetically strains of Staphylococcus spp. from a poultry processing plant and determine the main sources and the mechanisms involved in the permanence of this microorganism in the industry. The isolated colonies as described in Instruction No. 62, were confirmed as Staphylococcus spp. and S. aureus using the technique of Polymerase Chain Reaction (PCR). The sensibility of isolates to antimicrobial agents was evaluated by the detection method using paper disks impregnated with the following substances: amoxicillin and clavulanic acid (30 mg), nalidixic acid (30 mg), ampicillin (10 mg), cephalothin (30 mg), cefoxitin (30 g), ciprofloxacin (5 mg), clindamycin (2 mg), chloramphenicol (30 mg), erythromycin (15 mg), streptomycin (10 mg), gentamicin (10 mg), oxacillin (1 mg), penicillin G (10 U ), rifampicin (5 g), sulfonamide (300 mg), tetracycline (30 mg) and vancomycin (30 mg). The phenotypic and genotypic characteristics of biofilm formation were evaluated by the growth in Congo Red Agar(CRA) and by the identification of theatl, icaA and icaD genes. Among the 120 studied isolates 75 were identified as Staphylococcus, in which 63.7 % were coagulase positive and coagulase negative 37.3 %. Through the technique of PCR it was confirmed that 86.67 % of the isolates were Staphylococcus and 77.33 % of the S. aureus species. It was also noticed the presence of the sec gene in two strains, a staphylococci coagulase negative. Most isolates were resistant to sulfonamide (98.5%), nalidixic acid (89.3%) and penicillin G (87.70%). Among the penicillin-resistant isolates were oxacilin resistant 4.60 % and 1.5 % vancomycin resistant. Of the 65 strains of Staphylococcus spp. studied in the production of exopolysaccharide (EPS) in CRA, 100 % formed colonies and opaque black. The variation of sucrose content was critical for the production of exopolysaccharide (EPS) in CRA, since at low concentrations of sucrose, all strains showed a characteristic result was no production of EPS. The atl gene was found in all strains and the icaA and icaD genes were found in 97 % of them. The data suggest that Staphylococcus spp. isolated from poultry slaughter show potential for biofilm formation. An efficient control of this microorganism in the food processing environment is necessary as they may represent a potential risk to consumers. Therefore, measures to control the sanitary-hygiene must be adopted, as well as the awareness and training of the professionals that are involved.
Palavras-chave: Biocontrole
Biofilme
Staphylococcus aureus
Bacteriófagos
Biocontrol
Biofilm
Staphylococcus aureus
Bacteriophages
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::CIENCIA DE ALIMENTOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos
Programa: Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citação: FERREIRA, Andreza Angélica. Phenotypic and genotypic characterization of Staphylococcus spp. isolated from different niches in a poultry processing unit. 2011. 70 f. Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2890
Data do documento: 7-Fev-2011
Aparece nas coleções:Ciência e Tecnologia de Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,76 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.