Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2913
Tipo: Dissertação
Título: Atividade antioxidante in vitro da fração fenólica, das oleorresinas e do óleo essencial de Pimenta rosa (Schinus terebinthifolius Raddi)
Título(s) alternativo(s): Antioxidant activity in vitro of phenolic extract, oleoresins and essential oil of Pink Pepper (Schinus terebinthifolius Raddi)
Autor(es): Bertoldi, Michele Corrêa
Primeiro Orientador: Stringheta, Paulo César
Primeiro avaliador: Pinto, Cleide Maria Ferreira
Segundo avaliador: Ramos, Afonso Mota
Terceiro avaliador: Minim, Valéria Paula Rodrigues
Quarto avaliador: Gomes, José Carlos
Abstract: Schinus terebinthifolius Raddi, pertencente à Família Anacardiaceae, é utilizada principalmente na medicina popular, no tratamento de doenças venéreas, reumatismo, dores, gengivite e febre. Muitos dos efeitos benéficos atribuídos à espécie estão associados à presença de compostos fenólicos, os quais conferem a ela propriedades antioxidantes. Além disso, a utilização dos frutos secos de Schinus terebinthifolius Raddi como condimento, conhecido como pimenta rosa, tem sido bastante difundida, apresentando elevada demanda e alto valor mercadológico. Neste contexto, o presente estudo teve por objetivo geral avaliar o rendimento e o potencial antioxidante da fração fenólica, do óleo essencial e da oleorresina de pimenta rosa. Para se determinar as melhores condições de extração de compostos fenólicos foram avaliados diferentes solventes (água, metanol, acetona, etanol, acetato de etila) em proporções variadas, a temperatura de extração e, o pH do meio (HCl concentrado). O conteúdo fenólico total foi quantificado pelo ensaio com o reagente Folin-Denis. Avaliou-se também o efeito de dois métodos de extração, em soxhlet (6h) e a frio (25°C/48h) e cinco solventes no rendimento e na atividade antioxidante da oleorresina. A fração fenólica foi extraída com acetona 70% (v/v) e a oleorresina com acetona a frio. O óleo essencial foi obtido por hidrodestilação, por um período de 3 horas. A atividade antioxidante das frações foi determinada pelo ensaio do radical DPPH (2,2-difenil-1- picrilhidrazil). A aceitabilidade da pimenta rosa foi avaliada em chocolate e em salmão, utilizando escala hedônica de nove pontos. O sistema extrator mais eficiente na ressuspensão de fenólicos totais foi acetona 70% (v/v) acidificada com 1% de HCl concentrado, o que sugere a predominância de compostos poliméricos de alto peso molecular na pimenta rosa, como os taninos. O efeito do solvente no rendimento e na atividade antioxidante da oleorresina foi dependente do método de extração utilizado. A oleorresina extraída com etanol em soxhlet apresentou a maior atividade antioxidante e o maior rendimento. Para a extração das oleorresinas em soxhlet, a ordem do rendimento e da atividade antioxidante das oleorresinas acompanhou a ordem de polaridade dos solventes: etanol > acetona > éter etílico > éter de petróleo = hexano. A maior contribuição à atividade antioxidante da pimenta rosa advém de compostos polares, principalmente compostos fenólicos. Em contrapartida, o óleo essencial apresentou a menor participação na atividade antiradical dos frutos. A pimenta rosa apresentou elevada aceitabilidade, tanto em chocolate quanto em salmão. O condimento aumentou a aceitabilidade do salmão. A média da aceitação do salmão situou-se entre os termos hedônicos gostei moderadamente e gostei muito e a média do salmão com a pimenta rosa entre os termos hedônicos gostei muito e gostei extremamente . Em chocolate preto a aceitabilidade da pimenta rosa situou-se entre os temos hedônicos gostei moderadamente e gostei muito . As propriedades antioxidantes da espécie poderão ser potencializadas através da aplicação do seu extrato fenólico, ou mesmo de outras frações como a oleorresina e o óleo essencial, em produtos farmacêuticos, alimentos e cosméticos. Além disso, a comercialização dos frutos na forma desidratada apresenta grande potencialidade de consumo quando utilizada na gastronomia, em razão de sua elevada aceitabilidade.
Schinus terebinthifolius Raddi, belongs to Anacardiaceae family, is used mainly in folk medicine, to treat venereal disease, rheumatism, pain, gingivitis e fever. Many of these beneficial effects attributed to specie are associated with phenolic compounds, which confer antioxidant properties. Moreover, the use of dried fruits of Schinus terebinthifolius Raddi as seasoning, knowed as pink pepper, had been much diffused, with high demand and market value. In this context, the general objectives of this study were to evaluate the yield and antioxidant potential of phenolic content, essential oil and oleoresins of dried fruits from pink pepper. To determine the best extraction conditions of polyphenolics, the type of solvent (water, methanol, acetone, ethanol, ethyl acetate) in varied ratios, the extraction temperature, and the medium s pH (HCl concentrated) were evaluated. The phenolic content was quantified by Folin-Denis reagent assay. The effects of two extraction methods, soxhlet (6h) and cold method (25°C/48h), and five solvents in the yield and antioxidant potential of oleoresin were investigated. The phenolic content was extracted with acetone 70% (v/v) and oleoresin with acetone by cold method. The essential oil was extracted for 3 hours by hydrodistillation. The antioxidant activity of fractions was measured by radical DPPH (2,2-difenil-1-picrilhidrazil) assay. The acceptability of pink pepper was evaluated in salmon and chocolate, using hedonic scale of nine points. Acetone 70% (v/v) acidified with 1% (v/v) of HCl concentrated was the best system to extract poliphenolics, which suggests the predominance of polymeric compounds of high molecular weight in pink pepper, like tannins. The effect of solvent on the yield and antioxidant activity of oleoresins depends of extraction method. The best yield and antioxidant activity of oleoresins was obtained with ethanol by Soxhlet. In Soxhlet, the order of yield and antioxidant activity of oleoresin followed the order of solvents polarity: ethanol>acetone> ethyl ether>petroleum ether=hexane. The best contribution to pink pepper s antioxidante activity was attributed to polar compounds, mainly polyphenolics. On the other hand, the essential oil had the minor participation in fruit s antiradical activity. The pink pepper had a good acceptability, as in chocolate as in salmon. The seasoning increased the acceptability of salmon. The acceptance media of salmon was between hedonic terms like moderately and like very much and the media of salmon with pink pepper were between hedonic terms like very much and like extremely . The acceptability of pink pepper in black chocolate was between hedonic terms like moderately and like very much . The antioxidant properties of specie could be potentialiized by application of extracts of phenolics or others fractions, like oleoresins and essential oil, in pharmaceutical products, food and cosmetics. Moreover, the marketing of fruits in dried form present high potential of consumption in gastronomy because of its good acceptability.
Palavras-chave: Atividade antioxidante
Compostos fenólicos
Pimenta rosa
Óleo essencial
Oleorresina
Antioxidant activity
Phenolic compound
Pink pepper
Essential oil
Oilresin
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::CIENCIA DE ALIMENTOS::QUIMICA, FISICA, FISICO-QUIMICA E BIOQUIMICA DOS ALIM. E DAS MAT.-PRIMAS ALIMENTARES
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos
Programa: Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citação: BERTOLDI, Michele Corrêa. Antioxidant activity in vitro of phenolic extract, oleoresins and essential oil of Pink Pepper (Schinus terebinthifolius Raddi). 2006. 116 f. Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2913
Data do documento: 3-Mai-2006
Aparece nas coleções:Ciência e Tecnologia de Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf354,8 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.