Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2962
Tipo: Dissertação
Título: Viabilidade econômica de implantação de uma unidade integrada de gerenciamento de resíduos sólidos no Pólo Moveleiro de Ubá - MG
Título(s) alternativo(s): Economic viability of the establishment of an integrated unit of management of solid residuals in the furniture industry of Ubá - Minas Gerais State Brazil
Autor(es): Pires, Vanessa Aparecida Vieira
Primeiro Orientador: Silva, Márcio Lopes da
Primeiro coorientador: Silva, Cláudio Mudado
Segundo coorientador: Jacovine, Laércio Antonio Gonçalves
Primeiro avaliador: Rezende, Ana Augusta Passos
Segundo avaliador: Carneiro, Angélica de Cássia Oliveira
Abstract: A indústria moveleira representa um importante papel para a economia do Brasil. Em 2004, suas exportações chegaram a US$940.57 milhões, de acordo com a ABIMOVEL (Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário). Entretanto, algumas dessas indústrias possuem alto potencial poluidor, sobretudo na geração de resíduos sólidos. O maior pólo moveleiro de Minas Gerais, localizado em Ubá, vem trabalhando em busca de soluções ambientais integradas. Muitas indústrias não possuem sequer qualquer tipo de gerenciamento ambiental e seus resíduos estão sendo muitas vezes lançados diretamente no ambiente, desconsiderando os impactos causados por essas ações, além de negligenciar o potencial econômico desses resíduos. Por isso, foi feito um levantamento dos resíduos gerados no Poló Moveleiro de Ubá, quantitativa e qualitativamente, para fins de subsidiar o gerenciamento destes. Com base nesse levantamento, o presente trabalho analisou a viabilidade econômica de implantação de uma unidade integrada de gerenciamento de resíduos, chamada neste trabalho de Central , em conjunto com uma Bolsa de Resíduos, com a identificação das diferentes alternativas de operação e gestão que atendam a realidade da região onde está situado esse pólo. A análise de viabilidade econômica foi feita com base na previsão de receitas e despesas do negócio, tendo sido avaliados a lucratividade, rentabilidade, prazo do retorno do investimento, ponto de equilíbrio, valor presente líquido (VPL), taxa interna de retorno (TIR), relação benefício/custo (B/C) e benefício periódico equivalente (B(C)PE). Foram analisadas três alternativas: na alternativa 1, a central não se responsabiliza por transportes; usa energia elétrica da companhia energética que atende a região; as refeições são preparadas e servidas por empresa terceirizada; os resíduos classe I são enviados para serem incinerados em empresas terceirizadas; os resíduos classe II são dispostos em aterro classe II de terceiros; a oficina de artesanato fica à disposição de comunidades carentes; e, por fim, são utilizadas sete briquetadeiras com capacidade produtiva de 1,5 tonelada por hora de trabalho; na alternativa 2, a energia elétrica é substituída pela energia a vapor; e na alternativa 3, além da energia a vapor, a central possui caminhões para o transporte dos resíduos a serem processados. Concluiu-se que é viável sua implantação nas três alternativas analisadas, tendo a lucratividade variado de 32,00% a 47,85%; a rentabilidade, de 2,62% a 4,87%; e o prazo de retorno do investimento, de 19,87 a 37 meses. A menor TIR apresentada foi de 37,49%, enquanto a maior foi de 58,62%, e o VPL foi maior que zero para as três alternativas, sendo o menor deles igual a R$5.851.762,26. A B/C foi maior que 1 em todos os casos e o (B(C)PE), que representa a remuneração (anual) do capital, foi de mais de R$900.000,00 para as três alternativas analisadas.
The furniture industry plays an important role in the economy of Brazil. In 2004 exportations reached US$ 940,57 millions, according to the ABIMOVEL (Brazilian Association of Furniture Industries). Nevertheless, some of these industries have a high pollution potential, mainly generating solid residuals. The greatest furniture industry center of the Minas Gerais State, located in Ubá, has been working to find integrated environmental solutions. Many industries do not yet have any kind of environmental management and their residuals many times are being disposed off directly on the environment, disregarding the impacts cause by these actions, and neglecting the economic potential of these residuals. Thus a qualitative and quantitative survey of the residuals generated in the Furniture Center of Ubá was made to help their management. Based on this survey, this work analyzed the economic viability of the establishment of an integrated unit of the management of the residuals, called central in this work, together with a Residual Stock, with the identification of the various alternatives of operation and management that meet the conditions of the region where this center is located. The economic viability analysis was made based on the prevision of incomes and expenses of the business, the following items being evaluated: profitability, rentability, time of investment return, balance point, net present value (VPL), internal return rate (TIR), benefit/cost relation (B/C) and equivalent periodic benefit (B(C)PE). Three alternatives were analyzed: in the alternative 1, the Central is responsible for the transportations, uses the electric power of the power plant of the region, the meals are prepared and served by third parties, the class I residuals are sent to be burned by third parties, the class II residuals are disposed off in class II embankments of third parties, the workmanship workshop is used by destituted communities, and, finally, seven briquette markers with a productive capacity of 1.5 ton per work hour were used. In the alternative 2, the electric power is replaced by steam power, and in the alternative 3, besides the steam power, the central has trucks for the transportation of the residuals to be processed. It was concluded that it is viable to establish the three alternatives analyzed, and the profitability varied from 32.00% to 47.85%; the rentability varied from 2.62% to 4.87% and the time of investment return varied from 19.87 to 37 months. The smallest TIR found was of 37.49% and the greatest was of 58.62%; and the VPL was greater than zero for the three alternatives, being the smallest of them equal to R$5,851,762.26. The B/C was greater than 1 in all the cases and the (B(C)PE), that represents the remuneration (annual) of the capital, was of more than R$900,000.00 for the three alternatives analyzed.
Palavras-chave: Indústria moveleira
Resíduos sólidos
Análise econômica
Furniture industry
Solid residuals
Economic analysis
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: PIRES, Vanessa Aparecida Vieira. Economic viability of the establishment of an integrated unit of management of solid residuals in the furniture industry of Ubá - Minas Gerais State Brazil. 2007. 95 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2962
Data do documento: 30-Jul-2007
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,13 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.