Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2997
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação ergonômica de móveis para subsidiar a definição de critérios de conformidade para o pólo moveleiro de Ubá, MG
Título(s) alternativo(s): Ergonomic evaluation of furniture to subsidize the definition of conformity criteria for the furniture industry of Ubá, MG
Autor(es): Fialho, Patrícia Bhering
Primeiro Orientador: Souza, Amaury Paulo de
Primeiro avaliador: Minette, Luciano José
Segundo avaliador: Silva, José de Castro
Terceiro avaliador: Jacovine, Laércio Antonio Gonçalves
Quarto avaliador: Gomes, Elaine Cavalcante
Abstract: Este trabalho teve como objetivo geral realizar uma avaliação ergonômica de móveis residenciais para subsidiar a definição de critérios de conformidade para o pólo moveleiro de Ubá MG. O material utilizado foi proveniente de 50 indústrias de móveis, associadas ao INTERSIND. Ao todo, foram avaliados 107 móveis montados, sendo 31 guarda-roupas, 21 camas, 15 cadeiras, 14 mesas de jantar e 26 estofados. Os critérios de conformidade ergonômica foram avaliados para cada linha de móvel fabricado, de acordo com os princípios ergonômicos de antropometria e com base em aspectos de segurança para o usuário. Foram realizadas entrevistas com proprietários de lojas que comercializam móveis provenientes das fábricas associadas ao INTERSIND, com o objetivo de destacar as vantagens e desvantagens dos móveis adquiridos. Foi realizada, ainda, uma pesquisa com responsáveis por projetos de móveis, com o objetivo de identificar os critérios adotados por eles na determinação das dimensões do mobiliário que projetam. Os principais resultados deste trabalho mostraram que a cama é o principal tipo de móvel fabricado, com predominância dos padrões mogno e marfim; o aglomerado seguido do MDF, são os materiais mais utilizados na fabricação dos móveis no pólo moveleiro de Ubá. O uso de tecidos claros em revestimentos de sofás e cadeiras também se mostrou predominante. Os sofás analisados apresentaram conformidade com as recomendações da NBR 15164/2004, quanto à altura de encosto, à largura e a profundidade útil de assento; no entanto, quanto à altura do assento, todos os sofás estavam em não conformidade com esta norma, uma vez que apresentaram valores superiores à máxima recomendada. Embora a maioria das camas não atendesse à recomendação da ABIMÓVEL (2003), quanto à altura da face superior do estrado ao piso, de uma maneira geral apresentaram conformidade com as recomendações desta entidade, quanto às dimensões internas e espessura das barras laterais. A maior parte dos guarda-roupas analisados não atendeu às recomendações da ABIMÓVEL (2003), quanto à profundidade interna, vãos livres adequados para o cabideiro e o calceiro e quanto às dimensões internas das gavetas. Todos os assentos das cadeiras apresentaram alturas superiores às máximas recomendadas e aos valores relacionados com dados antropométricos, podendo ocasionar desperdício de matéria prima e problemas de ordem ergonômica nos usuários. A maioria das mesas analisadas, também, apresentou alturas superiores às recomendadas. Os resultados demonstraram que, de uma maneira geral, os aspectos ergonômicos, como conforto, adaptação antropométrica, funcionalidade e segurança, não estão sendo priorizados em projetos de mobiliário fabricados no pólo moveleiro de Ubá e região.
In general, the acquisition of a furniture is made mainly in function of the visual appearance and of the durability of the product. However, a furniture that seems aesthetic pleasant, can present inadequacies to its function, that happens for not being projected in agreement with the due ergonomic patterns. To the furniture present ergonomic quality, should have norms that regulate its minimum characteristics, seeking to adapt the product to the users needs. And to evaluate if this product is in agreement with the established norms, an evaluation of the conformity is accomplished, seeking to the best quality of furniture and consequently it turns them more competitive in the market. This work had a general objective to accomplish an ergonomic evaluation of residential furniture to subsidize the definition of conformity criteria for the furniture industry of Ubá-MG. For that has been used some material originated from 50 industries of furniture associated to INTERSIND. To the whole work were appraised 107 mounted furnitures, being 31 wardrobes, 21 beds, 15 chairs, 14 dining tables and 26 sofas. The criteria of ergonomic conformity were appraised for each line of manufactured furniture, according to the ergonomic anthropometrical principles and based on aspects of safety for the user. Were also made interviews with owners of stores that sell furniture of the factories associated to INTERSIND with the objective of take the advantages and disadvantages that the furniture presents. It was still accomplished by research with people responsible to projects furniture with the objective of identify the criteria adopted by them in the determination of the dimensions of the furniture that they project. The main results of this work pointed out that the bed is the main furniture manufactured by the associated of INTERSIND. The pattern mahogany and ivory prevail in this furniture industry. The agglomerate followed by MDF is the material more used in the furniture s production in the furniture industry of Ubá. The use of woven clear to cover sofas and chairs was also shown predominant. The analyzed sofas were presented in conformity with the recommendations of NBR 15164/2004 in relation to the prop height, the width and the useful depth of seat. However, in relation to the seat s height, all the sofas were not in conformity with this norm, once they presented superior values to the maxim recommended. Although most of the beds didn't assist to the recommendation of ABIMÓVEL (2003) in relation to the height of the superior face of the bed frame to the floor, in a general way they were in conformity with the recommendations of this entity in relation to the internal dimensions and thickness of the lateral bars. Most of the analyzed wardrobes didn't assist the recommendations of ABIMÓVEL (2003) in relation to the depth interns, empty spaces free from the place to put shirts, pants and as the internal dimensions of drawers. All the seats of the chairs presented superior heights to the maxims recommended by authors and the ones related with anthropometrical values that had been given, could cause matter waste and problems of ergonomic order in the users. Most of the tables analyzed also presented superior heights to the recommended by authors. In this way the results demonstrated that in general, ergonomic aspects, as comfort, anthropometric adaptation, functionality and safety are not being prioritized in furniture projects manufactured in the furniture industry of Ubá and area.
Palavras-chave: Ergonomia
Mobiliário
Projetos
Normas
Controle de qualidade
Ergonomics
Furniture
Projects
Standards
Quality control
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::TECNOLOGIA E UTILIZACAO DE PRODUTOS FLORESTAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: FIALHO, Patrícia Bhering. Ergonomic evaluation of furniture to subsidize the definition of conformity criteria for the furniture industry of Ubá, MG. 2005. 154 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2997
Data do documento: 29-Jul-2005
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,87 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.