Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/301
Tipo: Tese
Título: Estudo de formulações de fitoderivados e flavonoide na inflamação e cicatrização de feridas em coelhos
Título(s) alternativo(s): Study of phytoderivatives formulations and flavonoid in the inflammation and scarring of rabbit injuries
Autor(es): Araújo, Gabrielle Lück de
Primeiro Orientador: Oliveira, Tânia Toledo de
Primeiro coorientador: Pinto, Aloísio da Silva
Segundo coorientador: Nagem, Tanus Jorge
Primeiro avaliador: Silva, Sílvia Ribeiro de Souza e
Segundo avaliador: Rosa, Carla de Oliveira Barbosa
Terceiro avaliador: Pizziolo, Virgínia Ramos
Abstract: A inflamação é uma resposta protetora imediata que ocorre nos tecidos periféricos sempre que há lesão ou destruição célular. O processo inflamatório envolve uma série de fenômenos, que podem ser desencadeados não só por agentes infecciosos, como também por agentes físicos (radiação, queimadura e trauma), químicos (substâncias cáusticas), isquemia e interações antígeno-anticorpo. As úlceras dérmicas causam sérios transtornos para indivíduos com dificuldade de cicatrização e podem ser provocadas por doença, idade avançada, incapacidade motora ou utilização de fármacos. Plantas como marcela, assa-peixe, tanchagem, cânfora e bálsamo são utilizadas comumente na medicina popular como digestivos, antiespasmódicos, anti-inflamatórios, agentes hipoglicêmicos, redutores dos níveis de colesterol sanguíneo, entre outras. Tendo em vista esse uso popular, este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito dessas plantas quanto à sua ação anti-inflamatória tópica em feridas dérmicas provocadas em coelhos. Foram utilizados 30 coelhos, distribuídos em gaiolas individuais. Para indução das úlceras dérmicas, os animais foram anestesiados com a associação de tiletamina mais zolazepam (zoletil® 50) via intramuscular. Ao término dos experimentos, foram retiradas amostras de pele de todos os animais e realizada a histologia. Na análise hematológica, concluiu-se que o tratamento com o fitoderivado contendo extrato das supracitadas cinco plantas a 10% (grupo G6) foi o que apresentou maior aumento nos níveis plasmáticos de proteína e albumina, elevação considerável na concentração de ferro e provocou a mais alta redução no nível de cálcio. A formulação com o fitoderivado contendo extrato de quatro plantas a 3% teve melhor efeito antiinflamatório. Em todas as fotomicrografias, bservou-se que as plantas isoladamente não tiveram o mesmo efeito anti-inflamatório que as formulações de fitoderivados contendo extrato de quatro ou cinco plantas. Além disso, a presença de grande quantidade de queratina demonstra que a formulação de fitoderivado contendo extrato de cinco plantas numa concentração de 10% conseguiu reconstituir a queratina mais rapidamente e de maneira mais ordenada que a concentração de 1%. Provavelmente, a cânfora, presente apenas na formulação com extrato de cinco plantas, pode estar ajudando no processo de remodelamento da ferida e, assim, uma melhor reconstituição, porém não é possível afirmar isso somente com as análises qualitativas deste trabalho. Seriam necessárias análises histológicas quantitativas e outros testes clínicos para afirmar essa possibilidade. Foi estudado o efeito do flavonoide hesperidina em feridas provocadas em coelhos e o tratamento com formulações de uso tópico em três concentrações distintas do flavonoide. O estudo evidenciou apenas, de forma qualitativa, que a hesperidina tem atividade anti-inflamatória no tratamento e na cicatrização de feridas cutâneas em animais.
Inflammation is an immediate protective response that occurs in the peripheral tissues every time there is a injury or cellular destruction. The inflammatory process involves a series of phenomena that can be triggered not only by infectious agents, but also by physical agents (radiation, burns and trauma), chemical agents (caustic substances, ischemia and antigen and antibody interactions). Skin ulcers cause serious problems to individuals with scarring problems caused by diseases, advanced age, motion problems or using medicines that interfere in the scarring process. Plants such as Marcela, Assa Peixe, Tanchagem, Camphor and Balsam are commonly used in popular Brazilian medicine as digestives, anti spasmodics, anti-inflammatories, hipoglycemic agents, cholesterol reducers etc. The objective of this work is to evaluate the topical anti-inflammatory effect of these plants on rabbits. Thirty rabbits where used, distributed in individual cages. In order to induce the skin ulcers the animals were anesthetized with an association of tyletamin and zolazepan (zoletil 50 R), 30 mg/kg applied intramuscularly. The experiment lasted 21 days, with later sacrifice of the animals using anesthetics. Blood samples were collected by heart punction, and centrifuged to obtain the doses of blood parameters. At the end of the experiment skin samples were taken from all animals and histology was performed. In the hematologic analysis, it was concluded that 5 plants at 10% treatment (G6 group) presented a great increase in protein and albumin concentration, a considerable elevation in iron concentration and provoked the largest reduction in calcium. Possibly this concentration is toxic to the cells. The 4 plant formulation at 3% had the best anti-inflammatory effect. In treatments with 5 plants the best results were obtained with the extract at 10%. In all the micrographic pictures, it was observed that the plants, individually, did not present the same anti-inflammatory effect than the formulation containing 4 to 5 plants. This suggests that a synergism between the substances present in the plants had occurred, promoting a larger therapeutic effect. Besides, the presence of large amounts of keratin showed that the formulation containing 5 plants in a 10% concentration managed to reconstitute keratin faster and in a more orderly manner than the other concentrations. Probably the camphor present only in the 5 plants formulation could help in the remodeling process of the injury, resulting in a better reconstitution. But it is not possible to claim this evidence only with the qualitative analysis of this work. It would be necessary to do a cytological quantitative analysis and other clinical tests to confirm this evidence. The effects of the hesperidin flavonoid were also studied on rabbit injuries and the treatment using three distinct flavonoid topical formulations. It was possible to conclude that dose 3 was more effective in the reconstitution of the skin injury, demonstrating its effectiveness when compared to non-treated skins. This study evidenced, in a qualitative manner, the anti-inflammatory effect of hesperidins in the scarring of skin injuries on animals.
Palavras-chave: Fitoderivados
Flavonoides
Cicatrização
Phytoderivatives
Flavonoid
Scarring
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA::METABOLISMO E BIOENERGETICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal
Programa: Doutorado em Bioquímica Agrícola
Citação: ARAÚJO, Gabrielle Lück de. Study of phytoderivatives formulations and flavonoid in the inflammation and scarring of rabbit injuries. 2010. 134 f. Tese (Doutorado em Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/301
Data do documento: 10-Mar-2010
Aparece nas coleções:Bioquímica Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.