Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3011
Tipo: Dissertação
Título: Crescimento e qualidade da madeira para serraria em clone de Eucalyptus grandis [HILL EX MAIDEN] submetido à desrama artificial
Título(s) alternativo(s): Growth and wood quality evaluation of Eucalyptus grandis [HILL EX MAIDEN] submitted to artificial pruning
Autor(es): Polli, Henrique Quero
Primeiro Orientador: Reis, Geraldo Gonçalves dos
Primeiro avaliador: Reis, Maria das Graças Ferreira
Segundo avaliador: Pezzopane, José Eduardo Macedo
Terceiro avaliador: Vital, Benedito Rocha
Quarto avaliador: Oliveira Neto, Silvio Nolasco de
Abstract: O presente estudo teve como objetivo avaliar a influência de desrama da copa viva de plantas de clone de Eucalyptus grandis sobre o crescimento e a qualidade da madeira para serraria. O experimento foi desenvolvido em povoamento estabelecido em novembro de 1998, no espaçamento 3 x 3 m, com o clone 24504 de Eucalyptus grandis [HILL EX MAIDEN], na Companhia Agrícola e Florestal Santa Bárbara (CAF/Santa Bárbara), no Município de Abaeté, MG, localizado na latitude 19º15 94 S e longitude 45º44 56 W. Foram utilizados seis tratamentos de desrama artificial, com três repetições, combinando diferentes intensidades de desrama (altura de remoção dos galhos a partir do solo) e freqüências (número de intervenções necessárias para atingir 6 m de altura livre de galhos) para plantas submetidas à primeira intervenção aos 16 e 20 meses de idade, e, quatro tratamentos de desrama para as plantas submetidas à primeira intervenção aos 28 meses de idade. Aos 55 meses de idade, foram avaliados o crescimento em diâmetro, altura e volume e também a conicidade, o achatamento, o encurvamento, a extensão de madeira limpa, o diâmetro do núcleo nodoso, a extensão da oclusão do galho, o ângulo de inclinação do galho e a variação da densidade ao longo do tronco. Aos 55 meses de idade, o crescimento em diâmetro, altura e volume das plantas e, a conicidade, o achatamento e a encurvamento da primeira tora não diferiram significativamente, ao nível de 5 %, entre os tratamentos de desrama, independentemente da idade da primeira intervenção de desrama. Com o aumento da idade da primeira intervenção, houve aumento do núcleo nodoso e, redução no ganho de extensão de madeira limpa em relação à testemunha, que foi de 93,7 %, 46,07 % e 28,69 %, para a primeira tora de plantas submetidas à primeira intervenção aos 16, 20 e 28 meses de idade, respectivamente, indicando que a desrama deve ser efetuada o mais cedo possível. Maior extensão de madeira limpa e menores valores de núcleo nodoso foram observados em ferimentos da desrama de menor diâmetro, indicando que o galho grosso deve ser removido o mais cedo possível. Para as plantas submetidas à primeira intervenção aos 16 meses de idade, os ferimentos de diâmetros inferiores a 1,5 cm apresentaram uma menor extensão da oclusão do galho indicando maior facilidade de cicatrização para os ferimentos de galhos de menor diâmetro. Para as plantas que tiveram a primeira intervenção de desrama aos 20 e aos 28 meses de idade, nota-se que, em alguns casos, os ferimentos de menor diâmetro apresentaram maior extensão da oclusão do galho devido à ocorrência de cotós. O ângulo de inclinação do galho foi maior para os galhos finos indicando que estes encontravam-se mais próximos da horizontal, principalmente entre 0 e 1,5 m de altura no tronco. A densidade da madeira ao longo do tronco não foi afetada pela desrama artificial em nenhuma das situações estudadas, porém, decresceu do ápice até a base e aumentou da medula para a casca. Os resultados, em conjunto, indicam que o material genético para produção de madeira serrada deve apresentar galhos mais finos, principalmente na altura da primeira tora e, a desrama artificial deve ser realizada o mais cedo possível, para obtenção de maior extensão de madeira limpa.
The present study aimed the evaluation of the influence of artificial pruning of Eucalyptus grandis [HILL EX MAIDEN] clone on growth and wood quality for sawnboard production, in Southeastern Brazil. Plants were submitted to different artificial pruning combining pruning intensities (heights of branch removal, from the ground), frequencies (number of interventions to reach a trunk with 6 m free of branches) and, ages for the first pruning intervention (16, 20 and 28 months). At the age of 55 months, it was evaluated the growth in diameter, height and volume and the following wood quality parameters: the taper, the flatness, the bow, the clear wood production, the diameter over occlusion, the extension of branch occlusion, the branch angle and wood density along and across the trunk. At the age of 55 months, it was not observed significant differences (p>.05) in growth, taper, flatness and bow. The clear wood production of the pruning treatments were, in average 93,7 %, 46,07 % and 28,69 % greater than for the control, in the first log, respectively, for the first pruning intervention at the age of 16, 20 and 28 months. Diameter over occlusion (knotty core) decreased with increasing clear wood production. For plants with first pruning intervention at age of 16 months, the wounds smaller than 1.5 cm of diameter presented faster wound closure than larger ones. When first pruning intervention occurred at the age of 20 and 28 months, sometimes, smaller wounds took longer than for pruning at 16 months due to the presence of remaining parts of the branch naturally pruned. The branch angle was bigger for the thinner branches. The wood density along the trunk was not affected by artificial pruning treatment, however, it decreased from the top to the base of the first log and increased from the pith to bark. The overall results indicate mainly that the genetic material for sawnwood production must present thinner branches, at least up to the height of the first log, and that pruning must be carried through as early as possible to attain larger clear wood extension.
Palavras-chave: Eucalipto
Crescimento
Desrama
Madeira
Qualidade
Eucalyptus
Growth
Pruning
Wood quality
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::SILVICULTURA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: POLLI, Henrique Quero. Growth and wood quality evaluation of Eucalyptus grandis [HILL EX MAIDEN] submitted to artificial pruning. 2005. 117 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3011
Data do documento: 23-Fev-2005
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.