Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3031
Tipo: Dissertação
Título: Potencial da madeira Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage visando à produção de celulose Kraft
Título(s) alternativo(s): Potential of Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage wood for kraft pulp production
Autor(es): Alves, Isabel Cristina Nogueira
Primeiro Orientador: Gomide, José Lívio
Primeiro coorientador: Colodette, Jorge Luiz
Segundo coorientador: Oliveira, Rubens Chaves de
Primeiro avaliador: Mokfienski, Alfredo
Segundo avaliador: Carvalho, Ana Márcia Macedo Ladeira
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade tecnológica da madeira de Eucalyptus benthamii para produção de celulose kraft. Suas características foram comparadas com as de um híbrido de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla que é, provavelmente, o clone mais plantado no Brasil e, portanto, de grande importância no setor nacional de celulose e papel. As características avaliadas na madeira foram a densidade básica, composição anatômica, dimensões das fibras e composição química. Foram realizados cozimentos em escala laboratorial onde se avaliou o teor de álcali efetivo no licor residual, o rendimento depurado e a viscosidade da polpa celulósica. As polpas foram branqueadas pela seqüência OD(EP)DP, a uma alvura final de 90±1% ISO, sendo, depois, refinadas e testadas suas propriedades físico-mecânicos e ópticas. A madeira do Eucalyptus benthamii apresentou estrutura anatômica bastante semelhante às outras espécies do gênero e, ainda, densidade básica e dimensões das fibras dentro dos parâmetros dos clones de Eucalyptus utilizados atualmente pela indústria nacional de celulose e papel. Do ponto de vista de constituição química, o Eucalyptus benthamii demonstrou possuir qualidade tecnológica inferior à do híbrido urograndis, pois apresentou maiores teores de extrativos e de lignina, menor teor de glucanas, maior teor de galactanas e menor relação S/G, características que possivelmente contribuíram para o menor rendimento em polpa apresentado pela espécie. Durante a deslignificação com oxigênio a polpa do Eucalyptus benthamii obteve maior ganho de alvura e maior queda do número kappa, entretanto apresentou menor seletividade. A diferença entre as viscosidades iniciais das polpas marrom e pré-O foi reduzida após o branqueamento. A madeira do Eucalyptus benthamii demonstrou ser menos atraente para a produção de celulose, pois proporcionou menor rendimento depurado, menor viscosidade e requerendo maior carga de álcali no cozimento. Entretanto, após branqueamento e o refino as desvantagens foram minimizadas, uma vez que as polpas apresentaram comportamentos bem semelhantes, inclusive para as propriedades físico-mecânicas das polpas.
The purpose of this study was to evaluate the quality of Eucalyptus benthamii wood for kraft pulp production. Probably the most planted Eucalyptus clone in Brazil, a hybrid of Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis, was also analyzed for comparison purposes. The wood characteristics analyzed were the basic density and chemical composition. Laboratory pulping was carried out to obtain pulps with kappa number 17 and their effectiveresidual alkali, screen yield and viscosity of pulp. The pulps were bleached by OD(EP)DP sequence to reach 90±1%ISO. The bleached pulps were refined and theiroptical and physica-mechanical properties were determined. The Eucalyptus benthamii wood presented an anatomical structure, basic density and fiber dimensions quite similar to those of other eucalypts species planted by the Brazilian pulp industry. However, it presented poorer wood quality characteristics when compared to the hybrid urograndis species, with higher amounts of extractives and lignin, lower amount of glucans, more galactans and lower S/G ratio, characteristics favoring lower pulping yield. During oxygen delignification Eucalyptus benthamii pulp resulted in higher brightness gain and higher kappa number decrease, but lower selectivity. The viscosity difference between the initial brown pulp and oxygen delignified pulp was reduced after bleaching. The Eucalyptus benthamii wood proved to be less attractive for kraft pulp production because presented lower screened yield, lower viscosity and requiring greater alkali charge for cooking. However, after bleaching and refining the disadvantages were minimized, since the bleached pulps behaved very similar, including physical and mechanical properties.
Palavras-chave: Eucalyptus benthamii
Celulose
Madeira
Kraft
Eucalyptus benthamii
Cellulose
Wood
Kraft
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::TECNOLOGIA E UTILIZACAO DE PRODUTOS FLORESTAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: ALVES, Isabel Cristina Nogueira. Potential of Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage wood for kraft pulp production. 2010. 76 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3031
Data do documento: 22-Fev-2010
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf837,19 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.