Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3089
Tipo: Dissertação
Título: Seca de ponteiros e crescimento de clones de eucalipto em diferentes doses de adubação
Título(s) alternativo(s): Die-back and growth of eucalypt clones in different doses of fertilizer
Autor(es): Alves, Frederico de Freitas
Primeiro Orientador: Reis, Geraldo Gonçalves dos
Primeiro coorientador: Reis, Maria das Graças Ferreira
Segundo coorientador: Oliveira Neto, Silvio Nolasco de
Primeiro avaliador: Leite, Hélio Garcia
Segundo avaliador: Lima, Paulo César de
Abstract: O bioma Cerrado, com solos relativamente pobres e acentuada deficiência hídrica em parte do ano, tem sido amplamente utilizado para o estabelecimento de plantios de eucalipto. Este trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento de clones de eucalipto e sua susceptibilidade à seca de ponteiros quando submetidos a diferentes doses de adubação, na região de cerrado, em Vazante, MG (17°36 09 S e 46°42 02 W). A susceptibilidade dos clones de eucalipto à seca de ponteiros foi avaliada com base na: proporção de plantas afetadas e altura de copa atingida, aos 13 meses, índice de área foliar (IAF) aos 13 e 21 meses e crescimento em volume aos 11 e 19 meses de idade. O diâmetro e a altura total foram avaliados até a idade de 44 meses para estimar o crescimento em volume por hectare. Foi determinada a dose do adubo NPK 10-28-06 para máxima produção, por clone. Os clones 36, 02, 62, 10, e 280 apresentaram elevada ocorrência de seca de ponteiros e produção muito baixa. O clone E2 apresentou reduzida seca de ponteiros, porém, sua produção foi relativamente baixa. Houve menor ocorrência de seca de ponteiros em plantas da testemunha (aplicação apenas de fosfato natural). A seca de ponteiros influenciou negativamente o IAF, aos 13 meses, e este apresentou correlação positiva com o incremento periódico mensal. Houve diferença (p≤0,05) em crescimento em volume por hectare, entre os tratamentos que receberam as doses do adubo NPK 10-28-06 e a testemunha. A produção volumétrica foi maior para os clones GG100, 3487 e 02, sendo as doses ótimas do adubo para máxima produtividade desses clones, respectivamente, iguais a 110, 141 e 82 g planta-1. A aplicação de doses acima da recomendada pelo NUTRICALC não implicou em aumento da produção, sendo observado um comportamento quadrático com a aplicação de doses crescentes do adubo. O clone E1 se destacou em produção volumétrica até 25 meses de idade e foi pouco afetado pela seca de ponteiros, podendo ser recomendado para rotações curtas. Os clones GG100, 3487, 02, E2, I042, E5, E4 e 157 são recomendados para rotações mais longas em razão da maior produção após o terceiro ano.
The Cerrado biome has been widely used for the establishment of eucalypt plantations. This work aimed to evaluate the growth of eucalypt clones and susceptibility to die-back when subjected to different doses of fertilizer, in the cerrado region. The die-back was evaluated based on the proportion of plants and crown height with die-back at 13 months, leaf area index (LAI) at 13 and 21 months and volume at 11 and 19 months of age. The diameter and height were assessed up to 44 months to estimate the growth in volume per hectare. It was determined the dose of 10-28-06 NPK fertilizer to obtain the maximum production per clone. Clones 36, 02, 62, 10, and 280 presented high occurrence of die-back and very low production. The E2 clone showed reduced die-back, but its production was relatively low. It was observed low die-back in the control plants (phosphate application only).The die-back was negatively correlated to LAI, at 13 months. LAI, on the other hand, was positively correlated with the periodic monthly increment at 11 months. There was significant difference (p ≤ 0.05) in volume per hectare between the treatments that received doses of NPK 10-28-06 fertilizer and the control. The production was higher for the clones GG100, 3487 and 02, with optimal doses of fertilizer for maximum productivity of 110, 141 and 82 g plant-1, respectively. The application of fertilizer doses greater than that recommended by NUTRICALC did not result in increased production, producing a quadratic behavior with the application of increasing doses of fertilizer. Clone E1 presented the highest production up to 25 months of age and was little affected by the die-back, being recommended for short rotations. Clones GG100, 3487, 02, E2, I042, E5, E4 and 157 are recommended for longer rotations due to the increased production after the third year.
Palavras-chave: Índice de área foliar
Fertilização de eucalipto
Clones de eucalipto
Leaf area index
Fertilization of eucalyptus
Eucalypt clones
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::SILVICULTURA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: ALVES, Frederico de Freitas. Die-back and growth of eucalypt clones in different doses of fertilizer. 2011. 56 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3089
Data do documento: 29-Jul-2011
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf492,33 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.