Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3098
Tipo: Dissertação
Título: Parque Halfeld e Praça da Estação, Juiz de Fora MG: Uma leitura histórica, paisagística e urbanística
Título(s) alternativo(s): Parque Halfeld and Praça da Estação, Juiz de Fora MG: A historical, landscaping and urban analysis
Autor(es): Rangel Júnior, Vitor Hugo Vidal
Primeiro Orientador: Gonçalves, Wantuelfer
Primeiro avaliador: Abdalla, José Gustavo Francis
Segundo avaliador: Gomes, Elaine Cavalcante
Terceiro avaliador: Ribeiro, Guido Assunção
Quarto avaliador: Silva, Elias
Abstract: O objetivo do presente trabalho foi estudar a evolução de dois espaços públicos importantes do centro da cidade de Juiz de Fora-MG, o Parque Halfeld e a Praça da Estação, compreendendo sua evolução histórica e seus reflexos no uso, no desenho e na vegetação. Ambos foram construídos no início do século XX e estiveram presentes no dia-a-dia do centro da cidade. Para tal, foram realizadas visitas periódicas aos objetos de estudo, conversas informais com os freqüentadores, entrevistas semi-estruturadas com pessoas que acompanharam a evolução do Parque e da Praça, através do método da Bola de Neve onde um entrevistado indica o outro na pesquisa, além de revisão de literatura específica, análise de fotos e consultas a órgãos públicos municipais. Foi montado um relatório com três recortes temporais: o primeiro, na ocasião da construção; o segundo, ao final do período Vargas; e o terceiro, na virada do ano 2000. Nesses recortes foram apresentados um levantamento fotográfico em cada período; o formato de cada praça no decorrer dos tempos e os usos desenvolvidos. Concluiu-se que a migração da preferência do homem contemporâneo de utilizar o espaço privado em detrimento do espaço público, iniciado pela sociedade burguesa e acelerado com o advento do automóvel, não fez com que se diminuísse a importância dos objetos estudados. Constatou-se que aos dois espaços foram somados novos usos, diferentes daqueles para os quais foram originalmente planejados; por exemplo, local de passagem, banheiro e lazer para a terceira idade. Percebeu-se também, que é inadequado denominar de parque o objeto Parque Halfeld que, segundo conceitos estudados, possui mais características de praça do que de parque.
The objective of this work was to study the historical evolution of two important public spaces in downtown Juiz de Fora-MG: Parque Halfeld and Praça da Estação and its consequent reflection on use, design and vegetation. Both spaces were built in the early 20th Century and were part of downtown daily life. Thus, periodical visits to both areas were made and informal talks with people who frequented them were carried out as well as semi-structured interviews of people who followed the evolution of the park and the square. The snowball method was used whereby an interviewee indicates another person to be interviewed, besides review of specific literature, photo analysis and consultation of municipal public organs. A report was prepared covering three chronological periods: the first, time of construction; the second, the end of the Vargas period; and the third, the year 2000. A photographic assessment was presented of each period, highlighting the format of each space along time and their uses. It was concluded that the contemporary preference for using private spaces rather than public ones, which was initiated by the elite and accelerated with the invention of the car, did not diminish the importance of the spaces studied. New uses, different from those for which the spaces had been originally planned, were confirmed to have been conferred to the two spaces, such as: passage place, resting rooms, and leisure for the elderly. It was also observed that it is inadequate to name Parque Halfeld a park, since, according to the concepts studied, it presents characteristics of a square rather than of a park.
Palavras-chave: Arquitetura paisagística
Juiz de Fora (MG)
Cidades e vilas
Parques
Praças
Landscape architecture
Juiz de Fora (MG)
Cities and towns
Parks
Squares
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::CONSERVACAO DA NATUREZA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: RANGEL JÚNIOR, Vitor Hugo Vidal. Parque Halfeld and Praça da Estação, Juiz de Fora MG: A historical, landscaping and urban analysis. 2006. 96 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3098
Data do documento: 26-Abr-2006
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,18 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.