Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3140
Tipo: Dissertação
Título: Ocorrência de incêndios florestais e educação ambiental nos parques abertos à visitação pública em Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Forest fires occurrence and environment education in the parks open to public visitation in Minas Gerais
Autor(es): Bontempo, Gínia César
Primeiro Orientador: Lima, Gumercindo Souza
Primeiro coorientador: Ribeiro, Guido Assunção
Segundo coorientador: Doula, Sheila Maria
Primeiro avaliador: Ribeiro, Kátia Torres
Segundo avaliador: Gonçalves, Wantuelfer
Abstract: Este trabalho teve como objetivo geral levantar e conhecer as medidas educativas adotadas na prevenção de incêndios florestais nos parques estaduais e nacionais abertos à visitação pública em Minas Gerais. Por se tratar de uma pesquisa social, de caráter qualitativo, foram utilizados para a coleta de dados o levantamento, a pesquisa documental e a pesquisa de campo. Aos gerentes dos parques foi aplicada uma entrevista semi-estruturada e solicitado o material educativo. De posse do levantamento feito por meio das entrevistas e da coleta dos materiais educativos, selecionaram-se as cartilhas Queimada Controlada e Queima Controlada Orientações e Procedimentos, para a análise participativa envolvendo a comunidade do entorno do Parque Nacional do Caparaó. A pesquisa mostrou que os incêndios florestais constituem um desafio real e constante para os gerentes dos parques abertos em Minas Gerais. De forma geral, está havendo uma redução das áreas queimadas, muito em função dos avanços nas medidas de redução de propagação do fogo, como, por exemplo, a formação de brigadas, a construção do aceiro e o monitoramento, por satélite, de focos de calor. Com relação às medidas educativas, observou-se que, de forma geral, estas têm se limitado às campanhas de sensibilização, com a realização, principalmente, de palestras e distribuição de cartilhas e folhetos que instruem sobre a legislação, os riscos e os prejuízos relacionados ao uso do fogo, além de orientar a respeito da técnica da queima controlada. A análise participativa demonstrou que os produtores rurais detêm conhecimento sobre o uso do fogo, que é transmitido de geração em geração. O fogo que se torna incêndio e atinge as unidades de conservação nem sempre é resultado da falta de cuidado ou de informação a respeito da técnica por parte do produtor, e, sim, de sua relação conflituosa com a unidade, pela morosidade do processo de indenização ou pelo impedimento de antigas atividades econômicas. Considerando os princípios do Método de Compreensão Crítica de Paulo Freire, conclui-se que há, ainda, muito a ser feito com relação às medidas educativas, que podem, a médio e longo prazo, proporcionar resultados duradouros e permanentes. Para isto, é necessário que os órgãos gestores, IEF e IBAMA, invistam em recursos humanos, criando equipes multidisciplinares capacitadas a interagir com as comunidades-alvos por meio de metodologias participativas. Que se discuta, coletivamente, a origem dos incêndios e se proponha alternativas ao uso do fogo, já que foi apontado nesta pesquisa que a causa principal dos incêndios é criminosa. É preciso também que os órgãos gestores apóiem financeira e logisticamente as iniciativas das unidades de conservação na confecção de seu próprio material educativo, que, com certeza, será contextualizado às suas particularidades e, conseqüentemente, mais eficaz.
Our study aimed to compile and look into the educational actions targeting the prevention of forest fires in the public state and national parks of Minas Gerais. In view of the social nature and qualitative character of the study the data were collected in a survey as well as literature and field research. The park managers participated in semi-formal interviews and were asked for topic-related educational material. After the interviews underlying the survey and with the collected educational material, the manuals Controlled Burning (IBAMA, 2002) and Controlled Burning Orientation and Procedures (IEF/PROMATA, 2006) were chosen for a participative analysis involving a community from the surroundings of the National Park of Caparaó. The study showed that forest fires are in fact a constant challenge for the managers of the open parks in Minas Gerais. Generally speaking, the burnt areas are in decline, thanks to the headway made with the measures of reducing fire propagation, as for instance, the formation of fire brigades, the opening of forest aisles and hot spot detection by satellite monitoring. The educational actions were generally restricted to awareness campaigns, based mainly on lectures and the distribution of instructions and leaflets that inform on the legislation, hazard and damages related to the use of fire, besides providing orientation on the technique of controlled burning. The participative analysis showed that the farmers knowledge on the use of the fire is transmitted from generation to generation. A fire that grows into a forest fire and attains the conservation units is not always a result of carelessness or lack of technical information of the producer, but rather of his conflicting relation with the unit, owing to the tardy process of compensation or the impairment of former economical activities. Based on the principles of the Method of Critical Comprehension of Paulo Freire, it was concluded that there is still much to be done with regard to educational actions, with promising long-lasting and permanent results in the mean and long term. For this purpose, the concerned institutions, IEF and IBAMA, must invest in human resources with the creation of multidisciplinary teams that are able to interact with the target communities in a participative approach. The origin of forest fires must be collectively discussed and alternatives to the use of fire proposed since the main causes of fires are considered criminal offences, as showed here. The assigned institutions must further support the initiatives of the conservation units financially and logistically to establish proper educative material, adapted to local peculiarities and, consequently, more effective.
Palavras-chave: Unidades de conservação
Incêndios florestais
Educação ambiental
Conservation units
Forest fires
Environment education
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::CONSERVACAO DA NATUREZA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: BONTEMPO, Gínia César. Forest fires occurrence and environment education in the parks open to public visitation in Minas Gerais. 2006. 162 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3140
Data do documento: 20-Dez-2006
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,04 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.