Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3187
Tipo: Dissertação
Título: Análise ergonômica das atividades de propagação vegetativa de Eucalyptus spp. em viveiros
Título(s) alternativo(s): Ergonomic analysis of the vegetative propagation activities of Eucalyptus spp. in nurseries
Autor(es): Alves, José Urbano
Primeiro Orientador: Souza, Amaury Paulo de
Primeiro avaliador: Minette, Luciano José
Segundo avaliador: Gonçalves, Wantuelfer
Terceiro avaliador: Fiedler, Nilton César
Quarto avaliador: Martins, Sebastião Venâncio
Abstract: A pesquisa foi desenvolvida a partir de dados coletados em viveiro florestal no Vale do Rio Doce-MG, para estudar os fatores ergonômicos relacionados às atividades exercidas nestes ambientes, visando a melhoria da saúde, do bem-estar, da segurança, do conforto e da produtividade dos trabalhadores. Os objetivos específicos foram: levantamento do perfil e das condições de trabalho; levantamento antropométrico; avaliação da carga de trabalho físico; avaliação biomecânica; análise de riscos de Lesões por Esforços Repetitivos-LER; e caracterização dos fatores do ambiente de trabalho, conforto térmico, luminosidade e ruído. Os dados foram coletados por meio de entrevistas individuais, medições e testes com os trabalhadores, as cargas, as máquinas, as ferramentas e os equipamentos utilizados. Os resultados indicaram que o tempo médio na empresa é relativamente longo para os homens (8 anos), e bem inferior para as mulheres (2,8 anos). O tempo na atividade é de 2,2 anos para os homens e 2 anos para as mulheres. O percentual de consumidores de cigarros e de bebidas alcóolicas era significativo. As maiores reclamações sobre dores no corpo foram relativas às lombalgias. As refeições comumente ingeridas eram o café da manha, fornecido pela empresa, o almoço e o jantar. A largura máxima para os estaleiro e as bancadas, para o percentil de 5%, foi de 84,4 cm e a altura das bancadas e dos estaleiros para a população estudada foi de 98 cm, no percentil 20%. A carga de trabalho física das atividades foram classificadas como: pesada para o transporte de mudas para os estaleiros; moderadamente pesada para o transporte de mudas para as casas de vegetação, o abastecimento do lavador de tubetes, a retirada de tubetes do lavador, a irrigação do jardim clonal e a irrigação dos estaleiros. A análise biomecânica apresentou força de compressão do disco da coluna acima da carga limite nas atividades de abastecimento do lavador de tubetes, retirada de tubetes do lavador e transporte de ramos para o preparo de estacas; Todas as atividades avaliadas sobre o risco de lesões por esforços repetitivos foram classificadas como de alto risco. O ambiente de trabalho apresentou valores do Índice de Bulbo Úmido Termômetro de Globo, nas casas de vegetação, acima do limite. A luminosidade encontrada foi considerada insuficiente nos postos de trabalho das atividades de estaqueamento e corte de macroestacas. Os níveis de ruídos encontrados foram elevados nas atividade de lavagem e desinfecção de tubetes.
This research was developed on data collected in a forest nursery in the Vale do Rio Doce, Minas Gerais State, Brazil. It was carried out to study the ergonomic factors related to the activities developed in this field, viewing the improvement of health, wellbeing, safety, comfort, and productivity of the workers. The specific objectives were a survey of the profile and work conditions; anthropometric survey; evaluation of the physical work load; biomechanic evaluation; analysis of risks of repetitive use injuries; and characterization of the work environmental factors , thermic comfort, illumination and noise. Data were collected by means of individual interviews, mensurations and tests with the workers, the loads, the machines, the tools and the equipment used. The results indicate that the mean working period in the enterprise is quite long for men (8 years), and a lot less for women (2,8 years).the time in the activity is of 2,2 years for men and 2 years for women. The percentage of cigarette and alcohol consumers was significative, the greater complains about body pains were those related with backaches. The meals usually eaten were breakfast, lunch and dinner. Breakfast was provided by the enterprise. Maximum width for the tables and benches, for a percentage of 5% was of 84,4 cm and the height of benches and tables for the population studied was of 98 cm, for a percentage de 20%. The physical work load of activities were classified as: heavy for the transportation of seedlings to the tables; moderately heavy for the transportation of seedlings to the greenhouses, for the supply of the seedling tube washing machine, for the remotion of the seedling tubes from the washer, for the irrigation of the clonal garden and the irrigation of tables. The biomechanic analysis showed a compression load upon the spinal disk above the load limits in the activities of supply and remotion of seedling tubes from the washers, and the transportation of branches for the preparation of cuttings. All the activities evaluated for the risk of repetitive use injuries were classified as high risk. The work environment presented values, by the Moist Bulb Thermometer, above the limits in the greenhouses. The illumination found was considered unsatisfactory in the work stations for stacking and cutting of macro cuttings. The noise levels found were considered high in the activities of washing and disinfection of seedling tubes.
Palavras-chave: Ergonomia
Trabalhadores rurais
Saúde e higiene
Engenharia de métodos
Eucalipto
Mudas
Ergonomy
Rural workers
Health and hygiene
Methods engineering
Eucalyptus
Seedlings
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::SILVICULTURA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: ALVES, José Urbano. Ergonomic analysis of the vegetative propagation activities of Eucalyptus spp. in nurseries. 2000. 106 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2000.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3187
Data do documento: 10-Mai-2000
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf293,71 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.